Mulheres luthiers: Monicky Ellys Zaczeski por 15/09/2020

Hoje apresentamos Monicky Ellys Zaczeski, luthier que na sua oficina em Curitiba/PR faz e restaura violões, além de restaurar também outros instrumentos antigos.

Quando era criança Monicky Ellys Zaczeski leu um livro que contava a história, adaptada para o público infantil, do luthier Stradivari, desde então ela ficou com essa curiosidade sobre a luteria. 

No final do ensino médio Monicky descobriu o curso de Tecnologia em Luteria na Universidade Federal do Paraná e decidiu se dedicar a esse mágico mundo.

Conheça mais nesta entrevista.

M&M: Você tem sua própria oficina de luteria?

Monicky: Sim. Tenho uma oficina de luteria junto com outros três amigos luthiers, trabalhamos individualmente mas dividimos o espaço, como um coworking.

M&M: Que instrumentos você faz?

Monicky: Trabalho com a construção de violões e restauro de violões e instrumentos antigos.

M&M: Faz tudo, desde o design até a fabricação mesmo?

Monicky: Sim, faço todas as etapas do instrumento. Desde o design até o acabamento.

M&M: Por que escolheu esse tipo de instrumento?

Monicky: Quando ingressei no curso era o instrumento obrigatório para construção no primeiro ano. Acabei gostando e decidi continuar.

M&M: É difícil (ou tem sido difícil) ser mulher e trabalhar neste segmento, que normalmente é ocupado por homens?

Monicky: A minha experiência profissional tem sido muito boa. Tirando casos isolados e sem grande relevância, posso dizer que não tive nenhum tipo de problema ou discriminação pelo fato de ser mulher.

M&M: Uma mulher cria para outra mulher ou os conceitos podem atrair também público masculino?

Monicky: Eu crio instrumentos para músicos, o gênero de quem irá fazer uso do instrumento não é algo que influencia no processo de construção. Recebi feedbacks positivos tanto de homens quando mulheres, então creio que os conceitos podem atrair a todos.

M&M: O que faz seus designs diferenciados?

Monicky: Acredito que o fato de me inspirar em muitas referências, porém buscar criar algo pessoal e não cópias de modelos consagrados.

M&M: Gostaria de destacar algum modelo feito por você?

Monicky: Eu gosto muito do desenho da mão do meu último violão. Sempre gostei das mãos com relevos/entalhes e queria trazer isso para os meus instrumentos também, então já no processo de criação da logo tinha em mente que gostaria de aplica-lá em relevo na pala dos violões, algo que me lembrasse das minhas referências, porém que fosse único. No final das contas deu certo!

Mais informações no Instagram ou no e-mail monickyz@gmail.com.