Como escolher sua bateria por 07/06/2021

3 fatores importantes de analisar no momento de comprar sua bateria. Confira.

Se você toca bateria, ou pretende um dia tocar, e está querendo investir seu rico dinheirinho em um novo instrumento, cada dia mais vai pairar sobre sua cabeça uma dúvida cruel: Qual comprar?

Essa dúvida tem sido difícil de ser respondida pelo fato de que instrumentos de entrada tem sido embelezados de tal forma a se parecerem cada vez mais com instrumentos realmente profissionais. E muitas vezes se paga “gato por lebre” pela falta de conhecimento ou de pesquisa.

Nesse artigo vou levantar 3 fatores que podem lhe ajudar a escolher da melhor forma, e talvez da que também lhe dê menos dor de cabeça.

Vamos então a alguns questionamentos para analisar na hora de investir.

1- Bateria nova ou usada? 

 

 

Sim, ao meu ver isso é um fator importantíssimo a se pensar. Pois instrumento novo está cada vez mais caro, e independente do seu investimento sempre haverão escolhas muito bacanas nos dois tipos de compra. Um instrumento novo, se você já sabe tudo sobre ele, pode comprar online e pedir que te enviem do lugar onde você encontrar a melhor oferta. Instrumento usado eu te aconselho a sempre olhar de perto. Há muito golpe por aí, e você só terá a certeza de um bom investimento se ver pessoalmente o estado do instrumento que vai adquirir. A vantagem do instrumento usado é que se você garimpar bem pode conseguir uma boa oferta por um instrumento de melhor qualidade do que aquele que você compraria novo pelo mesmo preço. E o usado em geral não vai se desvalorizar se você comprar por um preço justo. Já um instrumento novo é igual carro zero. Tirou da loja, o preço já cai automaticamente.  Mas caso você não seja um profissional experiente, a compra de um instrumento usado pode se tornar um desafio, pois não adianta só ler algo na internet pra saber de todos os detalhes importantes. Peça ajuda de um profissional (isso pode e DEVE ter algum custo). Senão, melhor adquirir realmente algo novo. E claro, se você tem condições de comprar algo bacana e novo, essa sempre será uma experiência especial. Nada como sentir aquele cheirinho de instrumento novo, recém saído do plástico. 

2- Bateria acústica ou eletrônica?

 

 

Bem, eu não conheço a tua necessidade e nem onde tu pretendes tocar teu instrumento. Mas pensar nesse detalhe pode te ajudar na continuidade ou no travamento do uso do que tu vais comprar. Se mora em apartamento, condomínio fechado ou vai ter que tocar em um local que não pode fazer barulho, te aconselho adquirir uma bateria eletrônica. Se vai tocar em um local onde possa sentar a mão sem dó, ou onde tenha isolamento acústico, vai de bateria acústica sem pensar duas vezes. Além da questão de volume, você também pode pensar na bateria eletrônica como uma aliada de quem está começando a tocar. Pense bem, esse é um instrumento caro por natureza, mesmo se for uma bateria de entrada. E em uma bateria eletrônica você pode adquirir já um kit completo. De repente vai investir em um banco, um fone, e não muito mais do que isso. Em uma acústica você precisa dos pratos, que com certeza serão caros, e provavelmente também vai querer trocar as peles, pois de maneira geral as peles originais que vem com as baterias novas não são muito bacanas. Baterias que vem com pratos então, nem se fala. Outro bom motivo pra se analisar no tópico 1, pois você muitas vezes consegue uma bateria usada já com peles bacanas e pratos. E já que voltei a falar sobre isso, bateria eletrônica eu acho algo mais perigoso de se comprar usado. Só compraria se pudesse testar ou se conhecesse de perto a procedência e cuidado com o instrumento. Isso por se tratar de algo eletrônico, com muitos fios. A possibilidade de um cabo quebrar, ou de um pad estar falhando, é infelizmente grande. Bateria eletrônica dura muito mais e corre menos perigo quando se compra pra deixar montada e sempre parada em um mesmo lugar. Por conta desses motivos é importante sempre perguntar e também analisar no que tu pretende utilizar tua bateria. 

3-Bateria bonita ou boa? 

 

 

Como falei em nossa introdução existem cada vez mais instrumentos feitos pra se comprar com os olhos. E quanto menos se entende sobre o instrumento que se compra, mais acabamos inclinados a cair nessa cilada. E aí você precisa parar e me responder à pergunta desse tópico. O que tu preferes? E sim, a bateria pode ser as duas coisas. Mas tudo depende de quanto tu estás disposto a investir. E te digo que é difícil até mesmo fazer uma tabela baseada em valores, pois além de mudarem rapidamente, também existem marcas que vendem como “grife” instrumentos bem acabados e lindos, mas de qualidade inferior ao que estão te cobrando. Pense que um instrumento com acabamento laqueado é sim muito bonito, mas ele será sempre mais caro que um instrumento com acabamento revestido. E ele pode ser laqueado mas por baixo ter madeira em basswood ou poplar, que eu pessoalmente desaconselho. Enquanto um revestido pode ser em maple ou birch. A ferragem de uma bateria de marca famosa pode ser simples e frágil no setup do preço que você quer pegar, mas a marca mais desconhecida pode ter ferragens de pés duplos, mais robusta pra você usar com segurança. Você também deve pensar se quer uma bateria com muitos tambores só por bonito, ou se precisa realmente. Uma bateria com 3 tons e 2 surdos com acabamento laqueado e madeira em basswood pode custar um valor que você compraria uma bateria de melhor qualidade, mas com menos tambores e acabamento revestido e a madeira em birch, só pra usar como exemplo. E se liga, muitas baterias misturam madeiras só pra dizer que são algo que elas NÃO SÃO. Também é MUITO IMPORTANTE você testar as conexões de

Daniel Batera

toda a bateria. Tudo que tem borboletas ou parafusos que sustentam os tambores, sejam os pés de bumbo e surdo, sejam os ton holders. Você precisa ter certeza que tudo está funcionando perfeitamente e que segura de maneira firme.

Conclusão  

Comprar uma boa bateria e saber que você fez o melhor investimento, ou adquiriu o instrumento no melhor “custo x benefício” não é tarefa fácil. E eu poderia falar sobre o assunto por horas a fio. Mas talvez com essas dicas acima tu já consigas ficar mais ligado e isso ajude na compra. Ou, você pode buscar a ajuda de um profissional da tua confiança pra te ajudar na hora de fazer um investimento tão importante e pesado. Entenda que quanto mais você puder investir, melhor a chance de conseguir um resultado satisfatório e duradouro. E se você não tem um profissional da tua confiança escreve pra mim que eu vou tentar te ajudar da melhor maneira possível, ok! Mande um e-mail para: danielbatera@hotmail.com

*Autor: Daniel Batera. Músico de Porto Alegre-RS, baterista há 33 anos, professor há 26 anos, criador do Portal Daniel Batera e também do curso Music Marketing Brasil. Precursor em ministrar aulas on-line ao vivo. Endorsee das Istanbul Mehmet, Pitbull Hardbags, Ric Cortez Gold Pro e Studio 10 Poa.