Guitarras Fender e Leo Fender: a criatura e seu criador

Guitarras Fender e Leo Fender: a criatura e seu criador

por

Leo Fender:  De luthier a poderoso empresário, fundador da Fender Guitars, uma das companhias mais importantes da história e das guitarras mais conhecidas, objeto de desejo de músicos de todos os tempos.

Clarence Leonidas Fender nasceu no dia 10 de agosto de 1909 em Anaheim, Califórnia, curiosamente lugar onde hoje é realizada a famosa expo NAMM Show a cada mês de janeiro.

Captura de pantalla a lasFoi um inventor e luthier norte-americano que fundou a companhia de instrumentos elétricos Fender (ou Fender Electric Instrument Manufacturing Company), hoje conhecida como Fender Musical Instruments Corporation, e mais tarde, a companhia G&L Musical Products (G&L Guitars).

Desde criança se interessou pela eletrônica. Com os anos, estudou para ser contador e ao mesmo tempo era autodidata na eletrônica, brincando com partes de rádios e outros componentes. Embora tenha trabalhado para várias empresas como contador — nessa época, uma banda pediu a ele que fabricasse seis sistemas de PA —, sua paixão continuava sendo a eletrônica. Depois de tempos difíceis devido à guerra e à recessão, decidiu ir para a cidade de Fullerton junto com a mulher Esther Klosky — com quem se casou em 1934 — e abriu sua própria oficina de conserto de rádios.

Pouco tempo depois, músicos e cantores se aproximaram para conhecer os sistemas de PA de Leo, que começou a construí-los, vendê-los e alugá-los. Sua amplificação para violões também começava a ser vista na cena musical do sul de Califórnia.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Leo conheceu Clayton Orr “Doc” Kauffman e começaram a trabalhar com design e fabricação de amplificadores e guitarras havaianas amplificadas. Ambos perceberam que fabricar instrumentos era muito mais rentável que consertá-los.

Em 1948, o engenheiro George Fullerton foi contratado por Leo, iniciando uma amizade que duraria mais de 40 anos. Começaram a trabalhar no design de uma guitarra de estilo espanhol, que depois conheceríamos como a Esquire.

Leo e sua paixão

Suas guitarras, baixos e amplificadores criados desde 1950 continuavam dominando a música popular mais de meio século depois. Leo Fender e o guitarrista Les Paul são citados, frequentemente, como as duas pessoas mais influentes no desenvolvimento dos instrumentos elétricos do século XX.

Captura de pantalla a lasCostumam dizer que a marca de Les Paul, a Gibson, tem sido a mais séria concorrente da Fender na fabricação de guitarras, tratando-se, na verdade, de designs e filosofias de construção muito diferentes, e com sucesso alternante ao longo da história.

Em 1950, junto a George Fullerton, Fender apresentou seu primeiro modelo, a Esquire, e depois a Broadcaster, a primeira guitarra elétrica produzida pela Fender Electric Instrument Manufacturing Company. Devido a um conflito de marca com a Gretsch, outra companhia fabricante de instrumentos, a Broadcaster foi renomeada como Telecaster.

Mais tarde, seguiriam outros sucessos de design, entre os que se destaca a Stratocaster, modelo amplamente imitado desde seu lançamento no mercado, em 1954, e o Precision Bass, o primeiro baixo elétrico comercialmente viável.

Em 1965, Leo Fender vendeu sua companhia à Columbia Broadcasting System (CBS) por US$ 13 milhões, concordando em não participar da indústria de instrumentos musicais por dez anos após a compra.

Music Man & G&L

Mas, já em 1970, Leo Fender começou a criar guitarras, baixos e amplificadores para a companhia Music Man. Em 1979, junto com seus velhos amigos George Fullerton e Dale Hyatt, fundou uma nova empresa chamada G&L (de George & Leo, embora durante um tempo tenha sido muito popular a crença de que o acrônimo significava ‘Guitars by Leo’) Musical Products. Nos anos seguintes, Fender continuou produzindo guitarras e baixos elétricos, melhorando seus próprios designs de décadas atrás e registrando novas patentes com designs inovadores de captadores magnéticos, sistemas de vibrato, construção de braços etc.

Leo morreu no dia 21 de março de 1991 em Fullerton, Califórnia, por complicações da doença de Parkinson. Fender revolucionou a indústria desse tipo de instrumentos e sabe de uma coisa? Ele nunca aprendeu a tocar guitarra!

Guitarras Fender

 

 

Comentários