Frente Parlamentar da Indústria da Música entrará contra a Resolução nº150/2019

Frente Parlamentar da Indústria da Música entrará contra a Resolução nº150/2019

por 07/12/2019

Músicos, cantores, produtores musicais, professores e Dj’s estão fora do MEI – Micro Empreendedor Individual à partir de 2020.

O Deputado Federal Roberto Pessoa e o Conselho da FREMÚSICA – Frente Parlamentar Suprapartidária em Defesa da Indústria da Música, que reúne 226 Deputados Federais e um Conselho de Entidades que buscam a defesa e proposições para o mercado da música, se reunirão com lideranças de diversas instâncias para avaliar a situação e propor alternativas e pautar as ações para tornar a profissionalização do mercado musical mais efetiva. “A Frente é dirigida para defender e pautar o Congresso e Executivo sobre a classe. Estamos unindo a todos que buscam o melhor mercado para a cadeia produtiva da música”, enfatiza o Deputado Federal Roberto Pessoa, Presidente da Frente Parlamentar.

Já no início da semana (09 de dezembro de 2019) a FREMÚSICA entrará com um Projeto de Decreto Legislativo sustando a Resolução. A Frente está aberta a trabalhar com diversas organizações e entidades que queiram se juntar ao movimento.

fremusica diagrama“Será um trabalho árduo, mas é papel da Frente colocar as demandas do setor e fazer esta interlocução. O mercado desmembrado, com cada parte falando com um tom de voz, só causa ruído e abre vaga para o enfraquecimento das demandas”, explica Daniel Neves, presidente do Conselho da Frente. “Não podemos deixar nada prejudicar a música, músicos e o desenvolvimento deste setor”, reforça Neves.

Categorias que foram excluídas de Micro Empreendedor Individual

OCUPAÇÃOCNAEDESCRIÇÃO SUBCLASSE CNAEISSICMS
CANTOR(A)/MÚSICO(A) INDEPENDENTE9001-9/02PRODUÇÃO MUSICALSN
DISC JOCKEY (DJ) OU VIDEO JOCKEY (VJ) INDEPENDENTE9001-9/06ATIVIDADES DE SONORIZAÇÃO E DE ILUMINAÇÃOSN
INSTRUTOR(A) DE MÚSICA INDEPENDENTE8592-9/03ENSINO DE MÚSICASN

Para falar com a Fremúsica, entre em contato com  (61) 3215-5219 ou [email protected]

 

Comentários