Entrevista com Anderson Zuchieri, da AZ Hand Engraving por 01/05/2020

Escudos e plates personalizados para instrumentos musicais é a especialidade da AZ Hand Engraving. Confira.

A gravação ou “engraving” é uma técnica artística milenar que consiste em aplicar manualmente um desenho sobre superfícies sólidas utilizando ferramentas pontiagudas. Geralmente, é utilizada para decorar uma miríade de objetos, como: troféus, medalhas, joias, armas, talheres, dentre outros.

Formado em artes visuais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Anderson Zuchieri, por sugestão da esposa – uma designer de joias – começou a estudar técnicas de gravação e aplicá-las nos produtos criados por ela. Como sempre foi apaixonado por música, certo dia resolveu confeccionar um escudo utilizando a técnica para adorná-lo. Surgia assim a AZ Hand Engraving – empresa paulistana que se dedica a customizar peças e partes de instrumentos musicais a partir da gravação.

Para conhecer melhor os produtos e empresa, conversamos com o Anderson, que nos contou sobre sua relação com as artes, como e quando começou a fazer os trabalhos de customização em escudos e plates para instrumentos musicais, qual é a proposta da AZ Hand Engraving, quais produtos são oferecidos ao público, dentre outros assuntos.

 

Escudo Rockabilly

 

Quando você começou a trabalhar com artes?

Anderson Zuchieri: Eu trabalho com arte desde os 15 anos (estou com 45), me formei em Artes Visuais na UNESP, e após 30 anos, parece que finalmente encontrei a “minha” arte. Então este convite realmente me emociona, pois já percorri tantos caminhos nessa profissão, muitas vezes sem qualquer reconhecimento. Já fui professor de Arte no Ensino Fundamental e Ensino Médio por 10 anos, trabalhei em escolas e empresas como designer, e hoje ganho a vida como designer gráfico e web designer. Graças a Deus consegui me manter trabalhando com arte, o que no Brasil é quase um milagre. Mas sentia falta de desenvolver um trabalho que refletisse de alguma maneira quem eu sou e me trouxesse uma satisfação a mais, além do tão necessário retorno financeiro.

Qual é a sua ligação com a música?

Anderson Zuchieri: Sempre fui apaixonado por música, rock, e claro, guitarras! Sabe aquela sensação de entrar em uma loja de instrumentos e olhar tudo como obras de arte, assim como se faz em um museu? Ficar admirando as madeiras, os acabamentos, as cores… Então por ser artista visual, a parte física dos instrumentos sempre me chamou muito a atenção.

Na adolescência estudei violão clássico por um tempo, depois logo parti para a guitarra, tive banda, mas a vida foi caminhando para as artes visuais e tocar passou a ser um hobby que cultivo com muito amor.

E os trabalhos com gravações? Quando começou a fazê-los?

Anderson Zuchieri: Há algum tempo, cerca de dois anos, minha esposa (que é designer de joias) me propôs fazer gravações nas peças que ela cria (algumas clientes pedem um nome ou data gravada no verso da joia, tipo as que se faz em alianças), e ali começou essa história. Como me interesso muito por caligrafia e lettering, topei o desafio!

Comecei a pesquisar sobre esse assunto e descobri um vasto universo de possibilidades de gravação em metal. Vi que nos EUA e Europa há uma tradição muito forte (e já secular) de personalizar objetos. A esta técnica se dá o nome de “Engraving” ou “Metal Engraving”. Lá fora o engraving é muito apreciado em motos e carros antigos.

Eu também ando de skate desde os 13 anos, então minha primeira ideia foi gravar em trucks (os eixos do skate). Todos gostaram e tal… Mas no final das contas, skate foi feito pra bater e ralar, não pra ficar “bonito” (risos)!

Pouco tempo depois tive a ideia de fazer um escudo em alumínio e a receptividade foi ótima! Pra minha felicidade, o feedback da galera tem sido muito bom, e minha ideia é me especializar na customização de instrumentos, sempre buscando a excelência nos produtos que ofereço, com qualidade, originalidade e claro, personalidade!

Qual é a proposta da AZ Hand Engraving?

Anderson Zuchieri: Meu trabalho é customizar peças e partes de instrumentos musicais, ampliando o elo simbólico do músico com seu instrumento. Quando se diz “customizar” um instrumento, isso pode significar muita coisa, desde mudar a cor, trocar componentes etc. Eu não sou luthier, então minha proposta é customizar partes de metal que em geral não costumam ser feitas pelos luthiers, já que o engraving requer outras técnicas e ferramentas. Assim que comecei esse trabalho, passei a admirar imensamente o trabalho dos luthiers, e os brasileiros têm feito coisas fantásticas, tanto na construção quanto na customização. Tenho tido o prazer de conhecer e trabalhar com alguns deles, como o Gabriel Orosco, da Bela Vista Luthieria, um cara jovem e talentosíssimo, que faz instrumentos incríveis.

Atualmente quais produtos você oferece ao público?

Anderson Zuchieri: Os produtos mais procurados para customização são os escudos, tampas de tensor, neck plates, control plates e logo plates. Mas também é possível customizar back plates (as tampas traseiras), covers de captador humbucker e até mesmo pontes e tarraxas. Muitas vezes a necessidade do cliente cria um novo produto, como em um trabalho recente onde fiz uma peça em metal para ser incrustrada no corpo da guitarra (inlay). Mas tudo parte da necessidade do cliente, e meu trabalho é criar em cima disso.

Todos os produtos são feitos à mão?

Anderson Zuchieri: A maioria dos produtos é cortada e gravada à mão, exceto peças prontas, onde só faço a gravação, como nas capas de captador, pontes e tarraxas. Mas a gravação é sempre handmade.

Existe algum limite na customização dos produtos ou o cliente pode dar asas à imaginação?

Anderson Zuchieri: Costumo comparar meu trabalho ao do tatuador, que sempre cria em cima da proposta trazida pelo cliente. O trabalho dele é dar forma à ideia, transformá-la em uma imagem atraente e bela, e depois “gravar” isso.

Existem algumas limitações técnicas, mas quando surgem, são discutidas e esclarecidas caso a caso, como por exemplo, a produção de itens em série. Por tratar-se de um trabalho totalmente artesanal, reproduzir manualmente um mesmo desenho em várias peças é impraticável.

Em relação à temática, a proposta é justamente traduzir visualmente a ideia do cliente, e algumas vezes sou solicitado a dar sugestões para complementar visualmente a peça, mas me dou o direito de recusar trabalhos que desrespeitem o direito autoral (não copio nem reproduzo peças ou desenhos) ou onde o tema seja de conteúdo discriminatório ou que viole os direitos humanos.

Quais são os diferenciais dos produtos AZ Hand Engraving?

Anderson Zuchieri: A cultura custom é algo que veio para ficar. Personalizar é dar vida nova a um objeto ou instrumento musical, é torná-lo único.

No meio musical, o fator da originalidade é algo muito importante (principalmente no caso dos instrumentos antigos), e eu respeito demais isso.

Na maioria dos instrumentos, é possível customizar peças em metal e guardar as originais, que podem ser recolocadas quando houver necessidade. Muitos músicos admiram meu trabalho, mas preferem manter as características originais do seu instrumento, e eu entendo perfeitamente.No entanto, outros sentem a necessidade de justamente criar esse elo visual personalizando sua guitarra, baixo, violão… E aí entra meu trabalho: entender e transformar isso em realidade.

O engraving é uma técnica milenar que tem conquistado aqueles que buscam customizar um instrumento. E o hand engraving traz esse fascínio que temos pelo trabalho manual, onde se sente e se vê o relevo, o caminho percorrido pela fresa e pelo buril, o traçado do artista e o tempo que ele se dedicou a criar algo único.

Os escudos e plates podem ser confeccionados utilizando qual tipo de material?

Anderson Zuchieri: Eu trabalho com alumínio, latão ou cobre, e não existe um metal melhor ou “mais nobre” que o outro. A opção por um ou por outro vai do gosto do cliente. Geralmente segue-se a cor das ferragens que já estão no instrumento, mas isso não é uma regra.

Qual é a melhor forma para o público interessado nos produtos AZ Hand Engraving entrar em contato?

Anderson Zuchieri: Estou à disposição de todos para dúvidas e orçamentos através do email [email protected] ou pelas redes sociais: Facebook ou Instagram.

 

*Autor: Álvaro Silva, apaixonado por música, guitarra e luteria. Criador do blog Guitarras Made In BraSil, espaço dedicado à divulgação dos trabalhos de profissionais brasileiros que produzem guitarras, contrabaixos e violões custom shop.