App usa inteligência artificial para extrair voz e instrumentos de qualquer música

App usa inteligência artificial para extrair voz e instrumentos de qualquer música

por 05/10/2020

App ou plugin para extração de voz e instrumentos em música já se tornaram comuns. A novidade do Moises é que ele foi criado por um brasileiro

 

Se por qualquer motivo você já buscou por um software de extração de voz em músicas e não encontrou, saiba que existe uma opção bastante eficiente à mão: o app Moises.

Criado pelo desenvolvedor brasileiro Daniel Ramos em parceria com um grupo de programadores, o Moises oferece uma solução simples para separar e extrair voz/instrumentos de músicas, ajustar o volume/balanço do áudio, remixar bateria, guitarra, baixo, piano e demais instrumentos, entre outras coisas.

Tudo isso é possível graças à inteligência artificial, usada para fazer a extração de voz e instrumentos em músicas ou áudios e vídeos em geral.

Para aproveitar esses recursos, basta subir uma música para o app, separar as faixas e, a partir daí, navegar pelos ajustes do mixer de música para realizar tudo isso que acabamos de falar. É possível, ainda, extrair a compartilhar sua criação em diversos formatos.

Para aproveitar esses recursos, basta subir uma música para o app, separar as faixas e, a partir daí, navegar pelos ajustes do mixer de música para realizar tudo isso que acabamos de falar. É possível, ainda, extrair a compartilhar sua criação em diversos formatos.

É possível importar arquivos para o app via Dropbox, iCloud, Google Drive, iTunes ou a partir da web. Os formatos de áudio aceitos são: MP3, AAC3, AAC, AIFC, OGG, WMA, AIFF, FLAC e WAV. Além disso, é possível enviar arquivos de vídeo nos seguintes formatos: MP4, M4V, MOV, MKV, M4R, M4A, FLV, MPEG (MPG) e WebM.

Para aproveitar todos os recursos supracitados, é preciso adquirir uma assinatura (R$17/mês ou R$165/ano). A versão gratuita do Moises, contudo, disponibiliza até cinco envios por mês (cada um com até cinco minutos de duração), armazenamento por até três dias e exportação em MP3, além de algumas limitações nas opções do mixer.

O que acharam? 😊

(ps: encontramos esta matéria enquanto navegavamos pela MacMagazine)