Encontro de Negócios: Stay Music traz nova pintura para seus suportes

Encontro de Negócios: Stay Music traz nova pintura para seus suportes

por 12/10/2016

A Stay continua fazendo mudanças em seus produtos e agora usa uma nova pintura, sempre cuidando ao máximo dos detalhes

Equipe da Stay (Alan no meio)

Equipe da Stay (Alan no meio)

A pedido dos músicos, a Stay mudou alguns detalhes nos produtos com melhorias também no ajuste. A empresa lançou uma nova linha de pintura, que consiste em uma pintura líquida automotiva com o mesmo tratamento dispensado à superfície de um carro, tornando-a muito mais resistente a riscos. Se a pintura riscar, dependendo do risco, você consegue polir e tirá-lo. Além disso, possui um brilho perolizado que só existe nesse tipo de pintura.

Para o Brasil, a Stay está pensando em realizar, no próximo ano, algumas modificações nas embalagens para os produtos também, além de pequenas melhorias que todos os anos buscam fazer. “Estamos procurando investir cada vez mais em ferramentas de trabalho para os nossos representantes. Para as lojas, estamos investindo na web, pois tem muita loja física passando a virtual e muita loja virtual que passa a física. Clientes estão sendo atraídos pela loja virtual, e depois migram para a loja física”, contou Alan Cavalheiri, gerente da Stay Music. “Estamos tentando ao máximo criar experiências e ferramentas que facilitem o trabalho dos vendedores, sem que o cliente tenha primeiro contato ao vivo. Até estamos faland com a Sino3D para ver se no começo do próximo ano conseguP1020567imos ter alguma ferramenta feita em 3D para adicionar à web, que é muito importante.”

Já em relação à exportação, o executivo está bem entusiasmado. “Estamos torcendo para que continue no ritmo que está indo, conquistando países novos e levando a qualidade 100% nacional para outros países também.”

Sobre o Encontro, Alan confirma que foi a primeira vez que a Stay participou: “Gostei muito. A Stay sempre participou da Expomusic, mas sentimos que a feira estava perdendo um pouco seu foco nas vendas, nos negócios, e estava fazendo jus ao nome: era só uma expo para produtos de música. Como o mercado nacional está passando por muita mudança, de dois anos para cá resolvemos também mudar, investir menos, mas focando mais nas vendas. No Encontro, conseguimos atingir um número de vendas maior do que nos cinco dias da Expomusic”, concluiu Alan.

Mais informações www.staymusic.com.br

Comentários