Carro-chefe da JBL no primeiro semestre: EON 615 por 30/06/2021

A Harman do Brasil anuncia o produto da JBL mais vendido no primeiro semestre do ano: a caixa EON 615. Conheça todos os detalhes a seguir.

Como falamos em um artigo publicado no início do ano, a JBL é pioneira na criação de caixas acústicas ativas. No início da década de 1990, era muito comum as caixas serem todas passivas com amplificação externa. A primeira caixa amplificada confiável foi a linha EON, originalmente lançada em 1995. Desde então foram vendidas mais de 1 milhão de unidades do primeiro modelo e foi assim que a JBL começou a batalha de mercado de caixas passivas versus ativas.

A JBL garante esse sucesso em nosso país também, pois o modelo EON 615 virou o carro-chefe da marca durante o primeiro semestre deste ano, reportando uma grande procura e altas vendas, para ser usado em espaços pequenos e médios, como igrejas, restaurantes, salas de shows ou palcos pequenos e salas de ensaio.

A EON 615 é uma caixa de 15” com 500 W de potência contínua, dispersão de 90ºx60º, máximo SPL de 127 dB e amplificador Classe D. Seu desempenho extraordinário resulta de uma abordagem inovadora ao design de guia de ondas. Os engenheiros da JBL examinaram as características de radiação de alta e baixa frequências dos drivers do EON em 36 pontos diferentes, empregando as técnicas de medição modernas e exclusivas da JBL. Então projetaram o “Waveguide Image Control” — ou Guia de Ondas de Controle de Imagem —, garantindo que a radiação do som e o padrão de cobertura correspondessem às altas frequências, ao crossover e às baixas frequências. O resultado é a resposta consistente pelo seu padrão de cobertura de 110°. A qualidade e a consistência entre a resposta do eixo e fora dele propiciam cobertura uniforme e alta inteligibilidade por meio da área de cobertura, o que significa que o som suave e límpido do EON615 é o mesmo para o público todo.

“Quando a gente ouve uma música, a presença ou a localização de cada instrumento, ou vocal, depende de alguns recursos acústicos que temos de controlar. Então, temos na linha EON 600 esse guia que é o mesmo que a JBL utiliza nos monitores de estúdio. Quando costumamos dizer que uma caixa tem uma dispersão, por exemplo, de 90°, isso se refere às altas frequências, só que as baixas frequências não estão na mesma dispersão, porque quem faz isso é o alto-falante e a maioria dos fabricantes não tem controle sobre a dispersão do alto-falante. Mas, no nosso caso, desenvolvemos esse design que vai na frente do alto-falante com a finalidade de deixar os agudos e os médios com a mesma dispersão. Por isso a linha EON tem uma dispersão mais ampla”, conta Adilson Silva, especialista de produto da Harman do Brasil.

Outra característica encontrada neste modelo, e nos restantes da linha EON 600, é o design dos gabinetes, que foi otimizado para ressonância acústica ideal, resultando em um grande aumento no volume de gabinetes, que possibilita melhor desempenho acústico enquanto mantém a mesma área de atividade. Duas alças estrategicamente posicionadas facilitam seu transporte e manuseio, e olhais integrados, projetados no interior dos gabinetes, permitem que cada modelo seja carregado usando apenas uma das mão. Bases moldadas posicionadas nos gabinetes facilitam o armazenamento e o transporte, possibilitando empilhamento para monitor de palco, configurações verticais tradicionais e configurações acústicas exclusivas.

Além disso, graças ao fato de que o EON 615 é uma caixa inteligente — ou smart —, com DSP integrado, temos também integração com Bluetooth, pois os engenheiros da JBL desenvolveram uma interface para v4.0 Bluetooth compatível com iOS e Android — smartphone ou tablet — para controlar o volume principal, ajustar as cinco vias de equalizador paramétrico definível por usuário, além de salvar e memorizar as pré-seleções do usuário, ajudando a adequar a caixa segundo a aplicação. Tudo isso em uma unidade com menos de 18 kg.