Quer ser feliz no seu negócio?

Quer ser feliz no seu negócio?

por 11/12/2015

O momento, apesar de difícil, é mágico! Mágico porque exige criatividade. Então, ponha a sua criatividade em ação e vença os desafios

Não lembro onde, tampouco o autor, desta pequena “poesia incidental”:

Quer vencer os desafios? Confie em você.

Quer ser bom no que faz? Pratique!

Quer alcançar o objetivo? Jamais desista!

Quer crescer? Tenha raízes.

Quer ver resultados? Persevere.

Quer ser feliz? Esqueça o passado.

Quer falar bem? Escute melhor.

Quer aprender? Persista em ler.

Quer realização pessoal? Sirva!

Quer fazer diferença? Pague o preço.

Aqueles que nada fazem e esperam algum tipo de vitória estão enganados. A vitória é dos que lutam, dos que agem, dos que “saem do porto”. Vamos navegar?

Sucesso na sua loja

Momento de crise, momento de criatividade em alta, e a pergunta é: Você quer ser feliz no seu negócio? Então me responda:

1. Quem procura um instrumento musical, procura pelo quê? Nunca se esqueça: quem compra uma furadeira não quer uma furadeira, quer simplesmente furos! Quem procura instrumentos musicais, procura o quê?

2. A forma como você vende instrumentos musicais é diferente e melhor do que a dos seus concorrentes? Não basta saber vender; é necessário vender e vender melhor do que os ‘outros’. Melhor ainda: atrair mais e mais clientes para a sua loja, para o seu negócio.

3. Como os seus clientes percebem que você trabalha diferente? Você tem de ser melhor sob a ótica do cliente, não a sua. Ele é que precisa saber que a sua loja, os seus vendedores, a sua ação de marketing de relacionamento é melhor do que a dos outros.

4. Essa ‘diferença’ atrai o meu cliente? Também não adianta ter ideias geniais se essas ideias não sensibilizam o seu cliente. Ele precisa se sentir atraído; caso contrário, vira desperdício!

Entretanto, não se esqueça: vendemos instrumentos musicais. Isso significa que vendemos o sonho da grande maioria da população. Portanto, atraia o seu cliente com o que você já tem: música!

5. Essa ‘diferença’ é melhor sob o ponto de vista dos clientes? Reforçando: pense sob o ponto de vista do cliente. Ele tem se sentido atraído pelos diferenciais que você tem perante o concorrente? Se você, e somente você, enxerga que a sua loja é melhor, então o seu produto ou serviço não é melhor sob o ponto de vista do seu cliente. Pelo menos, não ainda!

6. Esse diferencial de vendas está claro, bem divulgado, para o meu cliente? Como você está aplicando o seu marketing de relacionamento? Mailing, internet, blog, ferramentas das mídias sociais, e-commerce, YouTube, relacionamentos? De que forma você se comunica com o seu cliente para alertá-lo sobre as suas ‘diferenças’?

7. O que faço para que o meu público perceba essa diferença? O primeiro requisito para vender é ser conhecido. Se você não é conhecido dos seus clientes potenciais, não há mágica que faça com que eles apareçam à sua porta.

8. Esse diferencial gera, realmente, aproximação do cliente, principalmente de novos clientes? A palavra é confiança. O seu cliente confia no seu negócio? Como você faz para que ele confie em você?

9. Que tipo de segurança o seu cliente tem para comprar com você? Se você é conhecido e tem a confiança dos seus clientes potenciais, só resta fazê-los sentir segurança para que eles venham à sua porta comprar. Simples assim!

10. Que tipo de ação eu utilizo para fazer mais e novos negócios com aqueles que acabaram de comprar comigo? Já que o cliente comprou com você, como você faz para que ele volte mais vezes para comprar, e comprar, e comprar na sua loja?

O momento, apesar de difícil, é mágico: você não tem confiança em você?