Varejo musical: Sim, existe luz no fim do túnel

Varejo musical: Sim, existe luz no fim do túnel

por 04/06/2020

Varejo musical: Acredite em você, quem abaixa a cabeça é atropelado pelos que vem de cabeça erguida, seja um dos que conseguem ver oportunidades nisto tudo.

Tenho ouvido que o mercado online de instrumentos musicais subiu impressionantes 200% em dois meses, fabuloso e muito significativo pra nós que vivemos deste mercado.

Ouvi também que as lojas que não tiverem a sua operação online vão quebrar ou ficar fora do mercado. Gente, calmaaaa….

Vamos fazer uma análise destes números.

Digamos que até agora as vendas online representam de 20 a 30% de tudo que é comercializado no nosso segmento, da música. Isso é verdade e este crescimento assustador é em cima destes percentuais.

E os outros 70% do mercado musical? São todas as lojas físicas de áudio e instrumentos que tem o seu movimento diário, em todas as partes do nosso Brasil. Movimento físico, consumidores vivendo a experiência mágica de estar numa loja de música, conversando com músicos, ouvindo música, fazendo parte daquela tribo.

Meus amigos, são estes 70% que estão confinados neste momento.

Quando a flexibilização começar a acontecer (e vai acontecer), estes consumidores voltarão para as lojas, podem acreditar, o ser humano de hoje vive de realizar pequenos sonhos, e os realiza através do consumo, vivemos neste mundo capitalista onde a realização pessoal acontece muito pelo ter.

Leia também:

Aí me disseram, “Mas muita gente ficou sem emprego, muita empresa fechando, o pessoal não tem mais grana” Acredito que muitos perderam o seu poder de compra, temporariamente, mas todos vamos nos adaptar.O que deve mudar nesta retomada é o perfil dos produtos, produtos de menor valor assumirão a ponta das pesquisas de consumo.

Mas o mundo não vai acabar, nunca acaba, a vida segue, se organiza, se adapta e segue em frente.

Continuem acreditando na sua capacidade de fazer as coisas acontecerem, ser lojista no nosso país é pra  poucos e nunca nada foi fácil, nem será agora. Mas todos já nos acostumamos com isso, somos empreendedores brasileiros, com este emaranhado tributário e mesmo assim sempre seguimos em frente.

Acredite em você, quem abaixa a cabeça é atropelado pelos que vem de cabeça erguida, seja um dos que conseguem ver oportunidades nisto tudo. Elas existem, podem apostar.

Voltando aos números, quem sabe este crescimento da venda online no varejo musical não seja apenas uma migração da venda física ou seja temos uma quantidade absurda de novos consumidores que tiveram tempo pra entender a magia do nosso mercado de música e agora fazem parte dele também.

Pareço otimista demais, talvez, mas estou há 35 anos no mercado, em várias posições, e já passei por inflação beirando os 80% ao mês, quase uma pandemia por mês.

Logo ali na frente vem a vacina e isso vai passar. Vamos voltar aos nossos negócios com tudo, pode acreditar, é uma questão de tempo.

Esteja preparado pra surfar nesta nova onda que vem por ai.

Não gaste energia demais pensando no que você perdeu, mas olhe pra o que você tem, se é pra começar do zero que seja com o que você tem hoje, nada mal, hein?

Fé e força, vamos vencer mais esta.