Luen renova sua imagem e estratégia no mercado

Luen renova sua imagem e estratégia no mercado

por 03/08/2016

 

A fabricante de percussão passa por um processo de atualização interna em cada setor da empresa. Saiba do que se trata neste artigo

luenTudo começou há quase 35 anos, quando a empresa iniciou a fabricação de esteiras de caixa, especializando-se no ramo musical de percussão.

A Luen evoluiu e foi se envolvendo cada vez mais na fabricação de instrumentos de percussão, sendo hoje uma das principais e maiores no mercado.

Em 2015, a empresa inaugurou seu novo galpão e estrutura, e agora está atualizando também suas estratégias e planos para continuar fortalecendo sua posição.

 

Planejamento estratégico interno

A Luen identificou alguns pontos-chave nos quais focar, então investiu em profissionais especializados para as diferentes áreas, somando assim com os profissionais gabaritados que já faziam parte do quadro da empresa. O objetivo passou a ser “tornar-se uma empresa referência em percussão”.

Após essa renovação, iniciou o planejamento estratégico envolvendo toda a empresa, detalhando o que devia ser melhorado em todo o processo, as etapas de ação e, enfim, a implantação. “Criamos e definimos novos processos internos, seguidos de treinamento e conscientização dos funcionários sobre a importância da qualidade dos produtos. Então, mais profissionais experientes se juntaram ao quadro para participar e executar tais ações”, disse Tiago Daniel, do departamento de marketing.

luen 2Como primeiro passo, a Luen fez um estudo de posicionamento da marca e verificou que esta precisava de uma nova “cara” para que pudesse transmitir todo o projeto; para isso desenvolveram uma nova identidade visual, novos catálogos, fotos e redes sociais.

Paralelamente focaram nos produtos, realizando pesquisas e trazendo músicos gabaritados, como Caio Ignacio e Malli para dentro da fábrica — os quais se tornaram consultores técnicos, apontando todos os pontos de melhoria para a linha atual e participando do desenvolvimento dos novos produtos. Os pontos identificados passaram a fazer parte do novo processo de produção.

A logística também foi melhorada com novos profissionais e está sendo implantado um sistema automatizado de conferência para a separação de pedidos.

 

Equipe encarregada das vendas

Comercialmente também houve definição de objetivos claros para a equipe comercial e representantes, avaliando de perto o desempenho e substituindo boa parte dos profissionais. Até o momento já foram cinco novas contratações.

IMG_0087-pbNesse sentido, a Luen acabou de oficializar a contratação de Marcos Guirra, que atenderá as regiões de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre e Rondônia.

Iniciaram também treinamentos especializados para os representantes, junto com materiais de apoio técnico. Além disso, criaram novas campanhas e gestão do mix de vendas, praticando ações internas para acompanhar, dar suporte e monitorar o desempenho. Foram criadas ainda projeções mais detalhadas de venda e produção, melhorando consideravelmente o prazo de entrega dos produtos.

 

Onde? Quando? Como?

Tiago Daniel destaca que a empresa sempre trabalhou com base em muito planejamento e “pé no chão”, crescendo de maneira estruturada. Atualmente conta com uma sede própria localizada em Cajamar (SP), com mais de 7 mil m² de fábrica e mais uma sede em Osasco. “Muitas pessoas não sabem, mas temos a maior estrutura do segmento de percussão do Brasil e uma das maiores da América Latina. Temos em nossa fábrica os principais setores e departamentos, o que nos dá muita agilidade e autonomia. Toda essa estrutura foi construída na contramão em que andava o mercado. Enquanto havia uma grande migração para a China, nós investimos em nossa estrutura, automação e pessoas”, destacou Tiago.

InícioHoje a empresa trabalha com cerca de 110 funcionários. Houve uma redução significativa, resultado da situação econômica do mercado, mas nesse processo a Luen percebeu que reduzindo e trabalhando, treinando e preparando as pessoas não só mantiveram como aumentaram sua produtividade. Importante citar também que recentemente adquiriram maquinários de ponta e todas as ferramentas e tecnologias são desenvolvidas dentro da própria empresa, visto que contam com um setor de ferramentaria exclusivo para essa finalidade.

 

Em outros países

Atualmente a marca está presente em mais de dez países e continua fazendo novas parcerias, como no Chile, Reino Unido e Israel. Além desses contatos efetivados, estão em negociação com alguns outros.

Tiago reforçou:Atualmente as exportações já possuem grande representatividade em termos percentuais no nosso faturamento — os países que apresentam maior participação são Espanha, Portugal, Holanda e Chile. É um mercado em expansão e nós possuímos um departamento exclusivo especializado para essa área. Esse foi um dos fatores que também contribuiu para a criação da nova identidade visual, reforçando ainda mais o fato de sermos uma empresa 100% brasileira”.

luen 3

 

 

Comentários