Grande final do 1º Festival Musical de Ilhabela

Grande final do 1º Festival Musical de Ilhabela

por 29/10/2014

Indústria musical concedeu produtos e instrumentos para a premiação do 1º Festival Musical de Ilhabela. Grande final teve a participação de mais de 600 pessoas e o principal objetivo foi o de despertar e estimular a educação musical nas crianças e adolescentes: alcançado com sucesso!

Em clima descontraído, a fase final do 1º Festival de Música na Escola de Ilhabela provou que a música tem o poder natural de diminuir as distâncias entre as gerações. O evento reuniu um público mais de 600 pessoas, entre estudantes, pais e professores, na manhã do dia 25 de outubro, na Escola Municipal Paulo Renato no alto da Barra Velha.

Organizado pela Associação dos Músicos de Ilhabela em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria da Educação, o evento atingiu diretamente as crianças e os adolescentes; mas envolveu muitos professores, pais, familiares e músicos locais que, além de acompanharem as apresentações com muita euforia na torcida, fizeram parte do processo de criação das canções.

Na cidade, 4 mil estudantes das 14 escolas municipais de Ensino Fundamental I e II aprendem música na disciplina de Arte. A primeira edição do festival surge em um momento em que a música pulsa mais que nunca na cidade que tem se voltado a eventos que aliam música e outras atrações, como o Festival do Camarão, as atrações da Semana Internacional de Vela, o Festival de Internacional de Jazz, dentre outros eventos, que atraem cada vez mais turistas para o arquipélago.

“Nosso intuito com a prática da música nas escolas é criar mais espaços para que os alunos possam se expressar e comunicar com seus pais e com a comunidade. Em toda criança mora um potencial talento. Despertar, descobrir e incentivar faz parte do dia-a-dia do educador. Os talentos vão surgir e outros novos virão, podendo formar uma corrente de despertar talentos”, comentou o músico e educador João Santana, organizador do evento.

A importânica da indústria

O festival contou com os seguintes apoiadores: Roland, Pearl, Giannini, Meteoro, Anafima (Associação Nacional da Indústria da Música), Revista Música & Mercado, Power Clic, Landscape Áudios Systems, Borne, Philharmonie, Soft Case, Studio R, Krest, Solid Sound Bags, Spanking, Lost Dog, Spalla Instrumentos Musicais. Além de apoiadores locais: LBS alarmes monitorados, A Musical e a Come Together, escola de inglês.

A marcas da indústria musical concederam diversos instrumentos e produtos para garantir a premiação dos ganhadores e também para equipar escolas da ilha, o intuito era um só: estimular a aprendizagem musical entre as crianças e adolescentes.

Todos os alunos participantes ganharam kits musicais com instrumentos e as escolas foram também premiadas com instrumentos musicais como violões, teclados, trompa, clarinete, pratos, caixa de guerra, shekerê, baquetas, cases, bags, palhetas e equipamentos como amplificadores, pedais de efeito, microfones, potências, pedestais, testadores de cabo, dentre outros.

Ganhadores

As premiações tiveram o intuito de incentivar todos os participantes, mas os prêmios de “Aclamação Popular, “Revelação Surpreendente” e “criatividade Poética” foram os destaques. Os prêmios levaram em seu nome as qualidades que um artista precisa ter.

O prêmio “Aclamação Popular” foi entregue para Hellen Lara Silva, da E.M. José Antônio Verzegnassi, pela canção “Direito das crianças”. “Revelação Surpreendente” ficou com Gustavo Vieira, da E.M. Leonardo Reale pela canção “Mergulhar”. “Criatividade Poética” foi conquistada pela canção “Conto de fadas” apresentada pelas irmãs gêmeas Lara e Luiza dos Santos Oliveira, da E.M. Mércia do Nascimento.

O prêmio “Futuro Virtuoso” ficou com Carlos André, Matheus Oliveira, Lucas Nunes, Bruno Oliveira Cascais dos Santos, da E.M. Ruth Cardoso, pela canção “Eu tô aqui na escola”. O prêmio “Tema original” foi entregue para Guilherme dos Passos de Carvalho, Cauê Batista Medeiros, Patrick dos Santos Batista, Pedro Henrique dos Santos Leal, da E.M. Eurípedes “É preciso ter paciência”. O Prêmio “Coragem e Determinação” foi entregue para Jayne Helena e Emanuel de Araújo Silva, da E.M. Eva Esperança pela canção “Andar na Praia”.

O prêmio “Melodia Envolvente” foi entregue para as alunas Renata Pereira, Larice Velozo, Larissa Sousa e Ana Clara dos Santos, da E.M. José Benedito, pela canção “Eu e você”. O Prêmio “Atitude Elegante” foi para Bianca Alves de Souza, Isabel Cristina da Silva Diniz e Vitória Barnabé, da E.M. Ophélia Reale, com a canção “A vida”.

“Sintonia Exemplar” foi a premiação entregue para Liriel Silva Oliveira, Alanna Cruz Batista, Amanda Gomes Silva, Isadora Soares Pereira, Julia Rodrigues dos Santos, Pedro Emanuel Santos, Julia Garcia e Daphny de Jesus, alunos da E.M. Maria Thereza pela canção “Tudo liberado”

O Prêmio “Interpretação Cativante” foi para Sandylla da Silva, Isabela da Silva Garcês, Beatriz Barbosa, Adriana Agustinho, Gabriela Costa e Gabriela de Jesus, pela canção “Sé é amor”, da E.M. Mércia do Nascimento.  “Desempenho primoroso” foi para o aluno Edilon José Gildo Junior, da E.M. Anna Leite, com a canção “Imaginação”.

“Improvisação Inusitada” foi para a presentação da música “Vivendo a realidade”, de Paulo Cesar Lins Almeida da E.M. Waldemar Belisário.

O prêmio “Ritmo Expressivo” foi para Paulo Eduardo, Pablo Barbosa, Welliton Chagas e Daniel da E.M. Paulo Renato, com a música “Ostentação”.

Ano que vem tem mais. Confira abaixo algumas fotos da final.