Strinberg amplia marketshare no mercado de violões e guitarras por 18/11/2021

A Strinberg, marca distribuída pela Sonotec, amplia marketshare e presença nas lojas e nos músicos do Brasil

Muitas pessoas ainda têm uma dúvida importante a esclarecer: a Strinberg é uma marca internacional, que existe em outros países também, ou é uma marca criada pela Sonotec? 

Pois é, com sua qualidade, design, sonoridade, madeiras e outros detalhes de primeiro nivel, não é de se estranhar que a Strinberg seja considerada uma marca mundial.

Mas a verdade é que a Strinberg é uma marca de propriedade da Sonotec, idealizada para atender os músicos em geral dentro dos mais variados estilos, disponibilizando produtos com  características que “consideramos ideais para atender às necessidades do mercado de forma eclética, inclusive com abrangência ampla em toda a América”. 

“Nossa longa experiência de vários anos na distribuição de instrumentos de cordas nos trouxe subsídios e informações que nos orientam no desenvolvimento de produtos com as características desejadas pelos músicos”, comentou Alexandre Seabra, Diretor da Sonotec. 

Quer saber mais? Alexandre conta detalhes interessantes nesta entrevista.

M&M: Conte um pouco sobre a história da Strinberg.

No início dos anos 1990, quando a Sonotec iniciou esse trabalho de distribuição no Brasil, tirando proveito  dos 20 anos de experiência da empresa e motivados pela carência de oferta de bons produtos, iniciamos a produção dos primeiros instrumentos Strinberg.

Na época, os primeiros produtos eram de origem Coreana, pois era o país que se destacava na fabricação de bons produtos. A partir daí foram sucessivas ações e decisões de incremento e melhoria da linha de produtos de acordo com o momento de mercado. Até hoje mantemos uma evolução constante em nossas linhas, acompanhando as tendências.

M&M: Qual é o conceito por trás da marca?

A linha Strinberg não se limita apenas a violões. Ela é bem mais abrangente, oferecendo também guitarras, baixos, ukuleles, violas, cavaquinhos, dobros, banjos, acessórios e mais. 

O posicionamento que os produtos ocupam hoje no mercado vai ao encontro do segmento de grande demanda que agrega produtos de excelente qualidade, porém acessíveis à grande maioria dos músicos, o que define bem a expressão “bom custo-benefício”.

Mais recentemente, a linha Strinberg foi enriquecida com produtos high quality que também tiveram uma grande aceitação por parte dos artistas e músicos profissionais, justamente pela apresentação, características e alta performance dos instrumentos.

M&M: Qual é o posicionamento no mercado brasileiro?

O mercado brasileiro tem sido altamente receptivo à nossa linha de produtos, principalmente pelas características que explicamos anteriormente, mas também por todo o trabalho de suporte oferecido pela Sonotec, tanto aos lojistas como o suporte direto ao usuário final. Este tem sido um diferencial ao longo dos anos que trouxe credibilidade e sustentação para a marca.

M&M: Conte sobre as madeiras usadas.

Produzimos os instrumentos com as mais variadas opções de madeiras disponíveis no mercado: mahogany, sapele, cedar, walnut, koa, spruce, rosewood, bem como, uma gama variada de captação e pré-amplificação em que o desenvolvimento técnico e o ajuste da sonoridade ficam a cargo dos nossos técnicos e engenheiros, priorizando nossa assinatura sonora. E, claro, a execução sempre fica a cargo dos nossos fabricantes, com nossa supervisão criteriosa. Importante também citar algumas outras característica e detalhes inovadores que compõem nossa linha de produtos, como half cutaway, arm rest, ergonomia para melhor conforto e tocabilidade. 

M&M: A marca tem várias décadas no mercado. Como foi a evolução desde o começo até agora?

A marca evoluiu de forma consistente, sempre priorizando as necessidades do músico e, consequentemente, do mercado. Ao longo desses anos podemos dizer que a marca atingiu um nível de excelência que a coloca hoje entre as mais desejadas do mercado, o que nos orgulha imensamente. Mas é bom lembrar que continuamos em plena evolução e, mesmo durante o período de pandemia, conseguimos trabalhar bem nossos desenvolvimentos, introduzindo nos últimos dois anos três novas linhas de violões que já conquistaram o mercado — as linhas Forest, Black e Black Plus.

M&M: Como pensam em um novo produto Strinberg?

As ideias para novos produtos surgem do acompanhamento das tendências do mercado, da observação de características e detalhes que completem ainda mais as alternativas de produtos, tendências essas que encontramos em nossas visitas às feiras internacionais para que possamos introduzir no mercado brasileiro o que há de mais moderno no mundo em produtos, tecnologia e sonoridade.

M&M: O que pede o músico brasileiro?

O Brasil é riquíssimo, musicalmente falando e, por esse motivo, o leque de demanda é muito aberto, não sendo possível focar um produto, sonoridade ou estilo. Assim, trabalhamos nosso desenvolvimento pensando nesse objetivo amplo a ser atingido.

Também precisamos salientar que existe demanda para todos os níveis de produto e exigência, mas, claro, respeitando a proporção de quantidades que cada nível de produto requer. A demanda por produtos de melhor qualidade tem crescido e acreditamos que isso se deve também ao crescimento do nível musical e de exigência sonora do músico na atualidade.

M&M: O que podemos esperar da marca no futuro?

Podemos afirmar que a Strinberg veio para ficar e ocupar um lugar no mercado. Nosso objetivo para o futuro é a conquista do maior público de usuário possível, de forma eclética, e ter uma gama de produtos que atenda a todos esses níveis. Nós nos preparamos ao longo dos anos e hoje temos uma estrutura de produção, desenvolvimento, marketing e relacionamento que nos abre portas para essas conquistas. 

M&M: O que a Strinberg significa para a Sonotec? 

A marca Strinberg, assim como várias outras que compõem nosso catálogo atual, representa para nós uma grande conquista que alcançamos ao longo de aproximadamente 30 anos atuando como distribuidor de produtos musicais no Brasil. 

A qualidade dos produtos, nossa proposta de trabalho, nosso suporte contínuo aos parceiros comerciais e o ótimo relacionamento com o meio artístico têm nos dado a credibilidade necessária para nos manter firmes em nossos propósitos, e a evolução positiva ocorrida nos últimos anos nos faz crer que estamos no caminho certo. Podemos dizer que hoje, sem dúvida, a marca Strinberg representa uma parcela muito importante nos números da empresa.