A importância dos rituais para as vendas

A importância dos rituais para as vendas

por 23/12/2015

Veja como um ritual de motivação pode ajudar para que seus vendedores obtenham melhores resultados

Os rituais fazem parte da vida do ser humano desde cedo. Eles estão presentes em formaturas, casamentos, despedidas, no momento que antecede um nascimento, aniversários, durante a realização de um projeto, no caso de perdas e conquistas.

Essa prática pode ter diferentes funções: dar um significado para uma ocasião importante, estreitar uma relação afetiva, fortalecer os laços entre as pessoas e expressar gratidão.

O ritual ajuda a sociedade a lidar melhor com aquilo que não é concreto e interfere na maneira como enxergamos as situações. E isso não muda no ambiente corporativo! Ao serem bem utilizados, os rituais são capazes de tornar os procedimentos diários mais eficientes.

Até porque todas as profissões possuem rotinas de trabalho, seguidas dia após dia e que fazem os profissionais agirem de maneira automática. Com o vendedor isso não é diferente, principalmente por conta das metas a serem alcançadas.

Tempo para fidelizar

É comum o profissional ficar preso aos números, pensando no que vai fazer para alavancar suas vendas, em quais estratégias utilizará para atender mais clientes e vender o máximo que puder. Esta não é uma atitude ruim, porém pode ser posta em prática de uma maneira não eficiente.

O vendedor que atende o máximo de clientes em um único dia, que conclui vendas em 5 minutos e faz com que o comprador saia rapidamente obtém bons números. Isso é ótimo, mas não basta. É preciso também obter um resultado melhor para o futuro, ou seja, um cliente fidelizado.

O profissional de vendas precisa desenvolver sua capacidade investigativa, sua capacidade de perguntar com o interesse genuíno de ajudar o comprador. Quando é bem atendido, o cliente naturalmente passa a dar valor a isso. E é aí que entra a chave para que o resultado apareça nos números: quando o cliente valoriza algo, o vendedor passa a ter direito de cobrar por isso, de pôr um preço em seu serviço ou produto e de ver seu resultado ampliado.

Rituais na empresa

No caso das vendas, os rituais quebram a rotina do vendedor, pois auxiliam a moldar comportamentos, despertar sentimentos e, consequentemente, gerar resultados.

Um exemplo presente em muitas empresas é o toque do sino após o fechamento de uma negociação, prática capaz de mobilizar colegas e superiores para recompensar o bom trabalho de um profissional.

Algo parecido acontece com as palmas após o grande feito de um dos integrantes da equipe. Além da vibração e do reconhecimento, esse hábito acaba colaborando com o espírito coletivo do grupo.

Outras maneiras de fortalecer a prática dos rituais entre os colaboradores são pelos encontros de vendas, premiações e convenções, em que a empresa fala sobre sua origem e procura alinhar os seus objetivos com todos os vendedores.

Motivação e criatividade

As pessoas são motivadas por uma série de fatores, além do dinheiro, e uma boa venda não é realizada sem que haja motivação. Um vendedor profissional também precisa criar novas oportunidades e propor soluções inovadoras.

Criatividade é um elemento fundamental quando se trata de vendas e ela não ocorre quando as pessoas estão desmotivadas. Após o longo caminho da negociação, marcado por estratégias, quedas e vitórias, os rituais devem entrar em cena para lembrar que todas as tentativas valem a pena e que é hora de se renovar para os próximos obstáculos que virão.