beatBread inicia rede de investidores para potencializar a receita de seus artistas

Novo serviço permite que companhias de música, distribuidoras e investidores façam lances em catálogos e novos projetos musicais na plataforma beatBread

beatBread, a plataforma de financiamento para músicos e gravadoras independentes, anunciou uma rede exclusiva de investidores que possibilita o financiamento de empresas e profissionais de música, distribuidores e investidores ao seu capital institucional.

O novo recurso permitirá que os artistas que receberam uma oferta do beatBread escolham datas de turnês, colaboradores, parceiros de marketing e outras iniciativas para uma variedade de investidores pré-aprovados. Os investidores dentro da rede podem usar essas informações para oferecer adiantamentos em alguns ou todos os royalties associados a um contrato de artista, dando aos artistas o potencial de receber melhores condições do que as oferecidas apenas pelo processo automatizado do beatBread.

Os artistas que se qualificam para a rede de investidores podem definir seus termos mínimos e, se nenhuma combinação de ofertas de financiamento da rede atingir o limite do artista, eles poderão aceitar sua oferta original da beatBread ou desistir completamente.

“Simplificando, a beatBread está no negócio de capacitar artistas, primeiro expandindo o acesso ao capital, mantendo o controle, a propriedade e a transparência, e agora com esse novo recurso, aproveitar para obter as melhores condições possíveis”, disse o CEO da beatBread, Peter Sinclair. “Usamos algoritmos para tomar decisões de investimento, mas sabemos que alguns investidores podem preferir utilizar experiência, gosto e outros fatores subjetivos. Ambas as abordagens têm seu lugar. Se nosso próprio capital for deslocado por lances mais altos de investidores da rede, teremos sucesso em nossa missão de capacitar artistas, que merecem obter as melhores opções ao financiar suas carreiras.”

A rede de investidores da beatBread não aceita investimentos de fãs, evitando a iliquidez significativa e os riscos de marca criados pelo crowdfunding. Todos os investidores admitidos na rede têm interesse e demonstraram capacidade financeira para financiar vários artistas em escala. Esses investidores trazem fundos adicionais aos milhões já investidos ao capital institucional da beatBread.

Desde o lançamento em novembro de 2020, o beatBread aproveitou sua inovadora tecnologia chordCashAI™ para fazer repasses financeiros para quase 500 artistas e gravadoras em vários gêneros, seis continentes e em uma ampla variedade de estágios da carreira.

Os repasses oferecidos, aproveitando a abordagem algorítmica do beatBread, variam de US$ 1.000 a até US$ 2 milhões por artista, com opções para que os artistas recebam repasses consideráveis em músicas novas e inéditas. O repasse dentro da rede pode ser ainda maior. Em ambos os casos, os adiantamentos são pagos a partir de uma parte das receitas de streaming e airplay de um artista, durante um período de escolha do artista, dando ao artista total controle sobre seus parceiros de distribuição, marketing e produção e propriedade de sua música.

Mais informações sobre beatBread aqui. www.beatBread.com

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Música & Mercado
Logo
Registrar Nova Conta
Comparar itens
  • Compare Guitarras (0)
Comparar