Bassani Representação Comercial entra no mercado da música

Bassani Representação Comercial entra no mercado da música

por 08/03/2016

A nova empresa atua principalmente no Estado de São Paulo e já conta com diferentes marcas entre as suas representadas.

A experiência da Bassani Representação está baseada na migração de conhecimento e na prática neste ramo de atuação, mas em outro setor, representando em São Paulo (capital), Grande São Paulo, Litoral Paulista e Vale do Paraíba a marca Orion Cymbals, além de gerenciar em territorio nacional e realizar a gestão comercial para a marca Krest Cymbals, a importadora Equipo e uma nova importadora que trouxe ao Brasil um conceito inédito de marcas e produtos premium, a Novità Music. Fernando Bassani, sócio e gestor administrativo, fala mais a respeito.

Fernando Bassani, sócio e gestor administrativo

Fernando Bassani, sócio e gestor administrativo

Música & Mercado: Conte sobre a ideia de criar a empresa.

FB: A ideia nasceu após alguns anos de experiência como lojista no setor de móveis e colchões. Na verdade, a Bassani Representação existe desde janeiro de 2002, mas está no mercado musical desde 2006. Nesse percurso, mudou a forma de atuação. Em vez de fechar somente contratos de representação, fechamos também contratos de gerenciamento comercial nacional.

M&M: De que se trata a reativação dessa representação comercial?

FB: Após esse período de ótimas experiências, ressurgiu em 2015 o desejo de independência da minha parte, que na verdade eu nunca havia abandonado; o desejo de trabalhar e desenvolver meu próprio plano de negócio, ou seja, fazer e tratar a representação como uma empresa, como meu próprio negócio.

M&M: Está trabalhando com a representação da Odery Drums, Studio King Brazil, Carlsbro, Multi Percussion e JL Pedais, certo? O que pode contar delas?

FB: Sim, hoje representamos essas marcas e também a Abruzzo, uma empresa especializada em imagem e tecnologia 3D. Acabamos de adicionar mais duas marcas: New Keepers Bag’s e Stagg Music! É nessas horas que medimos nossa força de atuação e aceitação no mercado, o que nos dá um orgulho enorme e renovação da motivação em continuar a atuar nesse segmento. Assim que anunciamos que não estaríamos mais trabalhando exclusivamente para a importadora Novità Music, começamos a receber convites de empresas. Temos certeza de que isso é resultado de bons relacionamentos e negócios, baseados em indicações de nossos clientes.

M&M: A representação funciona apenas em São Paulo?

FB: Sim, o plano inicial é este, atuar somente no Estado de São Paulo. Enxergar este Estado como um país. Porém, pelo momento da Multi Percussion e devido à nossa experiência em todo o território nacional, em Estados onde não há representantes, estamos trabalhando também na implantação dos produtos. Com a Abruzzo a cobertura é nacional e internacional. O produto é fantástico e modernizará a forma de expor e vender os produtos. Entrará nesse mercado como uma luva.

M&M: Como é o trabalho que está realizando para essas marcas? 

FB: Não tem segredo. Nosso trabalho é ‘visitar’. Temos cinco rotas para cobrir o atendimento em todo o Estado, incluindo a capital. Faremos duas viagens completas no primeiro semestre e duas no segundo. Nos demais períodos estaremos focados na capital, fazendo visitas pontuais em qualquer região, utilizando muitos dos recursos tecnológicos de comunicação para manter os contatos e oferecer nossas oportunidades.

M&M: E o trabalho com as lojas?

FB: Nosso trabalho com as lojas é manter a maior presença possível, respeitando a velha máxima: “Quem não é visto não é lembrado”. De maneira habilidosa, vamos fazer com que entendam e aceitem as oportunidades oferecidas pelas representadas. Temos a carteira de clientes mapeada e ações programadas a oferecer. Esse planejamento é o que nos dá mais confiança e sabor para fazer de 2016 um ano de sucesso e alcance dos objetivos.

M&M: Quais estratégias comerciais e de marketing usarão?

FB: Somos agressivos comercialmente. Fazemos com que os clientes olhem para a Bassani e vejam na concepção deles o sinal “$”. Aproveitamos e potencializamos muito as ofertas oferecidas pelas representadas. Também contratamos uma empresa — a Novembro 4 — especializada em comunicação e endomarketing que está com um plano estabelecido, inclusive para a realização de campanhas e prêmios.