Opinião: Retomada consciente dos eventos

Opinião: Retomada consciente dos eventos

por 03/09/2020

Como foi a realização do primeiro evento presencial. Quais os cuidados tomados e o que isto representa para todo setor de eventos no Brasil

Com muito planejamento e, sempre colocando a segurança das pessoas (equipe e participantes) em primeiro lugar, criamos procedimentos para que fosse possível a realização de um evento, que contou muito com a iniciativa e postura de uma marca que acreditou em toda equipe envolvida (marketing e eventos da empresa, agência de eventos e logística, hotel, empresa de recursos de audiovisual, cenografia, decoração e laboratório (testagem rápida) para lançar seu produto.

Para explicar melhor como tudo aconteceu, vale a pena exaltar a postura da marca, que não se preocupou apenas em lançar seus produtos e determinou que a segurança das pessoas estaria em primeiro lugar.

Para isso, a escolha de um local adequado, preparado e com toda equipe treinada dentro das normas de higienização (de acordo com os órgãos de vigilância sanitária) desde a entrada, passando pela cozinha com a norma ISO 22000, até a saída de cada participante, ou seja, ao chegar no hotel e deixar seu veículo, por exemplo, o manobrista já vinha com toalhas descartáveis e álcool 70% borrifando e passando no volante, porta, assento e câmbio antes de entrar no veículo e o mesmo processo era feito na devolução antes do cliente assumir a direção.

::Leia também:

A escolha da empresa de AV, além da relação de confiança, foi através do motivo como a empresa lidou com a equipe dela durante a pandemia, além da forma de higienização dos equipamentos, por exemplo, todos os microfones eram higienizados a cada uso ou toque com produtos específicos que eliminam 99,99% das bactérias, ou seja, limpeza e higienização constante.

Cada técnico, além do uso de máscaras personalizadas, usavam cordões personalizados no pescoço com uma bolsa de álcool gel 70% para higiene constante das mãos para sua própria segurança e também a de terceiros quando necessário. Houve um alinhamento entre hotel, empresa de técnica e cenografia, para que descarregassem em dias diferentes evitando coincidir o mesmo horário nas docas para não haver aglomeração ou tempo de exposição de equipe desnecessária.

A marca, junto à agência, providenciou além de verificar a temperatura, testou toda equipe e também todos os convidados do evento garantindo a segurança de todos os presentes diariamente.

O café da manhã e almoço eram servidos em mesas individuais e os participantes escolhiam suas refeições através de QR disponível em cada mesa.
Em cada sala de apresentação, haviam poltronas mantendo o distância social recomendo. O apresentador de cada sala usava seus recursos audiovisuais higienizados e máscaras com proteção de acrílico que cobriam todo o rosto.

Em resumo, para realmente termos uma retomada, precisamos de atitude como a dessa marca. Coragem, determinação e, o mais importante, consciência, pois, ela não deixou de fazer seu lançamento, não se aproveitou dos parceiros, muito pelo contrário, acabou ajudando, pois, viabilizou o evento fracionando o que antes era feito em 1 dia, fez em 3 dias, teve um custo um maior devido à todos os cuidados que teve com as vidas envolvidas em respeito aos seres humanos, que hoje em dia, está em extinção. Mas, quanto vale uma vida? Tem preço?

É esse tipo de marca que sempre me fez pensar positivo durante esse tempo todo e me faz acreditar que podemos ser melhores e que realmente tudo isso vai passar.