Empresas técnicas e locadoras se reinventam e adaptam ao mercado de Live streaming por 18/06/2020

Live Solutions e React Brasil são dois empreendimentos recentes, fruto da parceria de diferentes empresas técnicas que estão se adaptando para fornecer soluções para eventos virtuais.

A vida digital e os eventos on-line são uma realidade, não só no mercado de música e shows, mas em todos os setores da nossa sociedade, de escolas e universidades a empresas realizando reuniões e lançamentos de produtos de forma virtual.

Na Bahia

live solutionsA Live Solutions nasceu da necessidade e da oportunidade surgida no meio de uma pandemia que nos tirou da zona de conforto, atingindo nossa saúde mental, física e econômica.

Esta é uma ideia do empresário e lighting designer Junior Luzbel, proprietário da reconhecida empresa Luzbel Tecnologia em Eventos, cuja matriz fica em Salvador (BA), mas trabalha com empresas e artistas de todo o País.

Como muitas empresas no nosso setor, a Luzbel teve de demitir alguns funcionários e reduzir a jornada de trabalho de outros. A empresa inclusive está doando todos os meses cestas básicas para funcionários freelance.

Vendo o estoque de equipamentos parado juntando poeira, além da escassez de dinheiro rondando a empresa, Junior pensou na tendência de fazer tudo virtual e projetou a Live Solutions. “O galpão estava cheio de equipamentos de ótimo nível. Sabemos que não é bom ter equipamento parado porque estraga e acabamos perdendo o nosso investimento. Além disso, precisamos trabalhar”, disse. “Hoje as pessoas estão procurando entretenimento na internet e percebemos que um novo modelo de negócio estava surgindo.”

Junior conseguiu reunir algumas das grandes empresas do mercado para oferecer soluções completas para produções e infraestrutura na internet. Além da Luzbel, o projeto conta com Cenograph, Hall Vídeo e ITS.

“As grandes companhias vinham fazendo eventos corporativos milionários, mas com essa pandemia, isso está mudando também. Para se ter uma ideia, a Audi já lançou um produto de forma virtual. Mas fazer um evento virtual não é tão fácil como parece. Há muitas coisas que você tem que entender, estudar e analisar, por exemplo, sua conexão de internet”, explicou Junior.

Segurança em primeiro lugar

A Live Solutions está funcionando dentro do Gran Hotel Stella Maris, em Salvador, onde as empresas parceiras montaram sete espaços diferentes: quatro em áreas internas, com estúdios totalmente equipados e até uma sala para videoconferências para reuniões corporativas, e três em áreas externas, para quem quiser, por exemplo, fazer sua live da piscina.

Em todos os espaços estão sendo seguidos e respeitados todos os protocolos recomendados pela OMS, incluindo distanciamento, uso de máscaras e protetores faciais para toda a equipe, túneis de desinfecção, horários diferentes para as equipes trabalharem, desinfecção correta dos ambientes e até um técnico de enfermagem para medir a temperatura de todos os envolvidos. “Se tiver alguém doente, vamos anotar os dados e passar para a Secretaria de Saúde”, afirmou. “Queremos oferecer um produto de confiança e não mediremos esforços para cumprir todas as normativas.”

Nos diferentes espaços disponíveis, a empresa está oferecendo variadas opções para fazer a live ou evento virtual, incluindo iluminação com equipamentos de última geração, sistemas de som de nível mundial, variedade em painéis de LED, estruturas (trusses) para todo tipo de montagens, projetos em 3D com programação e timecode, mobília disponível para criar a cenografia desejada e uma equipe altamente profissional em cada setor envolvido.

“Conseguimos oferecer tudo para o cliente, seja live, aulas on-line, reunião virtual, lançamento de produto, e-games, leilões e otros. Estamos tendo um bom resultado, com consultas de diferentes artistas, escolas e empresas de todos os segmentos, sempre seguindo todos os protocolos de segurança”, finalizou Junior.

Em São Paulo

react brasilOutro projeto seguindo essa linha vem da parceria de algumas reconhecidas empresas de São Paulo que reuniram suas forças e formaram a React Brasil.

As empresas Crialed Produções Visuais e Eventos, Loudness Ltda., LPL Professional Lighting e  Alliance BR uniram seus recursos para continuar fornecendo produção técnica para eventos, dessa vez virtuais.

Com atenção especial aos protocolos recomendados para manter a saúde e a segurança de todos os envolvidos contra o Covid, a React Brasil está oferecendo toda a estrutura necessária para live streaming: montagem de palco em um estúdio com tecnología audiovisual completa e solução digital para transmissão ao vivo de eventos virtuais, sejam corporativos, publicitários ou artísticos.

Caio Bertti, diretor da LPL e designer de iluminação, comentou: “A React é um novo pensamento de como trabalhar no audiovisual durante e após a pandemia. Temos que continuar trabalhando sem abrir mão da segurança de cada indivíduo. Colocamos o número mínimo de pessoas para trabalhar, demoramos mais em montar mas tudo é feito com segurança. Usamos luvas, máscaras, aventais, protetores, desinfecção, tudo foi pensado por especialistas em cada área. Até o refeitório foi mudado para respeitar o distanciamento recomendado.”

Cabe destacar que “A React começou com a live de uma pessoa que passou pelo Covid, Dinho Outro Preto do Capital Inicial. A banda acreditou no nosso projeto e viu a seriedade do nosso trabalho seguindo os protocolos para evitar a doença.”

A ideia da React é cobrar preço de custo para poder pagar cachés e salários mas em contrapartida o cliente se compromete em gastar 20% da verba dele do projeto em cestas básicas.

O que você achou?

Mais informações no Instagram da Live Solutions e no Facebook da React Brasil.