DAS Audio quer renovar sua imagem perante o mercado

DAS Audio quer renovar sua imagem perante o mercado

por

A empresa espanhola apresenta a ideologia “Sound with Soul”, refletindo sua preocupação com os usuários e a tecnologia, além de uma nova forma de trabalho no Brasil.

A DAS Audio é uma companhia de quase 50 anos que mantém suas origens fabricando 90% dos seus produtos na Espanha; desses, 95% são de desenvolvimento próprio, o que revela que a DAS depende muito pouco de outras empresas para desenvolver seus sistemas.

Nos últimos anos a DAS tem investido muito mais em tecnologia e recursos para poder proporcionar sistemas mais atualizados, notadamente nos setores MI, instalação, profissional, além de outros.

Essa evolução não só foi percebida nos seus sistemas, mas também no software desenvolvido pela empresa. Exemplo disso é o firmware DASaim, que permite que sistemas como o Aero 20 ou o Aero 40, que já têm vários anos no mercado, se tornem sistemas totalmente novos. “No Brasil, fizemos o show da virada da Globo. Foi a primeira vez na história que realizamos um show de tamanha magnitude; é o segundo maior show do País, perdendo só para o Rock in Rio, e o palco foi 100% DAS. O som foi tão bom que as pessoas pensaram que era um sistema novo, mas não era. Tratava-se apenas de uma nova tecnologia que foi incluída no sistema”, explica Leandro Arguello, diretor de vendas para a América Latina.

Trata-se de um processador que trabalha sobre as frequências digitais do sistema, permitindo que o usuário trabalhe de forma mais eficiente em estéreo através dos filtros FIR, que trabalham na fase linear das frequências, fazendo uma predição dos diferentes parâmetros necessários para a execução do sistema de forma ótima durante a aplicação. “É uma tecnologia que só duas marcas no mercado têm, e uma delas somos nós”, disse.

Mudanças na empresa

Há alguns anos, a empresa percebeu que tinha de fazer algumas mudanças na sua imagem. Leandro conta: “Por 50 anos, a DAS teve um proprietário só, sem capital estrangeiro, sem ações na bolsa, e há mais de 30 anos não usa nem um centavo do banco. É uma empresa notavelmente sólida e estamos mudando a imagem de como o mercado nos enxerga. A DAS é uma marca espanhola que continua sendo competitiva em todos os mercados mundiais. Estamos em cinco continentes, com fabricação em um país europeu, com mão de obra qualificada, competindo com fábricas que já estão produzindo na Ásia ou no México, por exemplo, e chegamos a ser competitivos em todos os mercados. Temos produtos duradouros e com muitas qualidades, mas principalmente somos uma empresa muito humana, muito próxima de seus clientes. Os clientes entendem que trabalhamos com muita alma, muita paixão, desde o momento da fabricação até o pós-venda. Em função disso, as pessoas mudam a visão sobre como está sendo transmitida a mensagem da DAS com o lema ‘Sound with Soul’ que estamos usando — som com alma —, refletindo que isto não é só um negócio”.

Buscando parceiros regionais no Brasil

Leandro conta que começou a se envolver mais com o mercado brasileiro no ano passado, depois da feira Music Show. “Minha posição estava muito mais focada na América Latina e, desde setembro, comecei a colaborar com o escritório local, por ser brasileiro, por ter trabalhando no mercado e por ser responsável por algumas estratégias de mercado na América Latina. Entendemos que ao importar e manter estoque para revender estávamos evitando que nós mesmos fôssemos competitivos. Então fizemos um estudo interno e conversamos com algumas empresas do mercado, lojas importantes, e decidimos, especialmente em relação ao que é produto para lojas e MI, não ter mais estoque no Brasil, mas sim dar a melhor condição possível do ponto de vista de importação, custos e apoio de gestão para essas empresas, esses grupos de lojas que decidissem importar diretamente de fábrica.”

Com isso, a situação no País mudou e, em vez de buscar um distribuidor nacional, a empresa está buscando parceiros regionais. A estrutura do escritório técnico e comercial seguirá trabalhando para poder ajudar os varejistas a trabalhar o produto da DAS corretamente. “O Brasil sempre foi um país difícil para importar, mas, como está acontecendo com outros países da América Latina, as lojas entenderam que importar diretamente aumenta a possibilidade de ter mais rentabilidade e oferecer um preço mais competitivo, mas se elas fazem tudo sozinhas, a demora é muito grande, então vamos a ajudá-las nessa gestão dando benefícios em relação a prazos de entrega, preços, investimento de marca, investimento para capacitação, especialmente ajudando o mercado a entender nossos produtos para decidir qual é sua melhor opção de compra”, explicou.

Para a parte de som profissional, a DAS vai trabalhar com a empresa Vitória Som, de Holambra (SP), que realizará a comercialização dos sistemas de PA e que conta com o apoio da fabricante seguindo a mesma linha de trabalho: treinamento, ações de marketing e ações comerciais junto com a equipe deles.

Com tudo isso poderíamos dizer que a DAS do Brasil virou um escritório de marketing e gestão de técnica comercial para dar o melhor suporte às empresas e lojas locais. “Acho que com essa ação haverá uma diferença favorável nos preços dos produtos de 15% ou 20%”, detalha Leandro.

A situação no Paraguai

No país vizinho, a DAS tem um distribuidor que trabalha no mercado interno na parte de instalação, eventos e outros, mas também atua com algumas lojas na fronteira. “O Paraguai é muito importante para o consumidor final que busca a oportunidade, que vai até lá comprar com dinheiro ou cartão e corre o risco de trazer para o Brasil”, explica Leandro. “A intenção no Paraguai é trabalhar como uma vitrine para que o consumidor possa ver nosso produto e, quem sabe, adquiri-lo com algum tipo de vantagem, mas não é visto como um ponto para entrar nas lojas do Brasil. Acho que somos uma das últimas marcas que aterrissou no Paraguai para fazer um trabalho na fronteira. Antes vendíamos para os usuários finais, empresas de locação ou projetos, teatros, igrejas, diretamente de Miami, mas no ano passado incorporamos esse distribuidor para realizar um trabalho interno e fornecer o serviço correto aos consumidores.”

Mais informações: dasdobrasil.com

facebook.com/dasaudiobrasil/

Comentários