Audix busca crescimento na América Latina

Audix busca crescimento na América Latina

por 27/03/2019

A marca americana de microfones Audix já está presente em vários países da região, mas busca aumentar sua imagem e levar seus produtos aos usuários com mais distribuidores e treinamento especializado.

A Audix iniciou sua história em 1984 com o objetivo de projetar, criar e fabricar produtos que contribuem para o avanço da indústria profissional de áudio, e hoje a missão permanece a mesma

Cindy Bigeh

A empresa conseguiu se posicionar como uma das principais fabricantes americanas de microfones dinâmicos e de condensador e sistemas de microfone sem fio para os mercados de som ao vivo, gravação e instalação.

Seus escritórios estão localizados perto de Portland, Oregon, de onde realizam pesquisas, design, fabricação, produção, montagem e testes finais de todos os produtos.

Seu catálogo inclui mais de 100 modelos de microfones para as indústrias de música e som instalado, com microfones dinâmicos e de condensador para vocais e instrumentos, microfones boundary, microfones de teto, microfones de mesa e sistemas sem fio.

Na América Latina, a Audix identificou uma demanda por microfones de alta qualidade com preços competitivos para serem usados ​​em uma ampla variedade de aplicações, incluindo eventos ao vivo, estúdios de gravação, conferências e instalações arquitetônicas desafiadoras: “A América Latina é o lar de meio bilhão de pessoas e, embora a economia tenha seus altos e baixos, vários acordos comerciais criam um potencial real para vantagens competitivas significativas”, explica Cindy Bigeh, diretora internacional interina de vendas e marketing, CFO e uma dos fundadores da Audix.

Distribuidores locais

Embora a empresa já tenha distribuidores em vários países latinos, planeja expandir a rede para chegar a novos mercados.

A Audix iniciou uma abordagem direta com o mercado local há mais de uma década e, no início, teve um crescimento significativo, que acabou estagnando devido ao aumento da turbulência econômica na região. “No entanto, esperamos que a confiança do consumidor se fortaleça e cresça para que o comércio reative. Enquanto isso, continuamos a trabalhar com grandes parceiros que estão fazendo o possível para criar demanda e impulsionar a compra de produtos Audix”, disse Cindy.

Atualmente, a Argentina e o Chile são as estrelas que mais se destacam na América Latina, em grande parte graças à abordagem que a empresa está adotando nas relações com artistas – alguns usuários reconhecidos são Charly García (Argentina), Alejandro Lerner (Argentina), Álvaro López (México) e Júlio Figueroa (Brasil) – e um forte programa de treinamento on-line para parceiros de distribuição. As boas expectativas estão focadas no Brasil, principalmente com o lançamento dos sistemas sem fio da empresa; e o México continua sendo um desafio, mas o trabalho está sendo feito com base em uma estratégia redefinida que aumentará a demanda.

A Audix ainda está procurando distribuidores em outros países da região e, ao falar sobre as características que as empresas devem reunir para se tornarem parceiros de distribuição, Cindy disse que ter um profundo conhecimento de áudio e microfones profissionais é definitivamente essencial. ”Para garantir que elas possam destacar os pontos fortes exclusivos dos microfones Audix de maneira competitiva, essas empresas precisam entender os concorrentes no mercado e como eles estão posicionados nele. Os distribuidores de sucesso devem ter uma rede de distribuição robusta, familiarizar-se com o setor de áudio profissional e se concentrar em produtos de alta qualidade criados com precisão”, afirmou ela.

O trabalho na região

Na América Latina, a empresa trabalha com agentes dedicados que fornecem suporte de marketing e vendas em diferentes regiões. Esses agentes são cuidadosamente selecionados para garantir a melhor parceria em cada território específico, garantindo que os representantes da Audix tenham um entendimento profundo da composição da região e das necessidades do mercado. O objetivo dominante é estar imediatamente disponível para profissionais, locadoras, organizadores de eventos e nichos de mercado.

“Os efeitos subsequentes de uma forte recessão em 2012, a volatilidade das moedas locais e altos impostos criaram um mercado no qual as pessoas, embora desejem produtos de alta qualidade, cuidem muito do seu dinheiro. A proposta de valor da Audix – microfones inovadores de alta qualidade a preços acessíveis – é uma opção perfeita para essa situação”, disse Cindy.

Além disso, ela disse que, como o que foi feito no Chile no ano passado, este ano apoiarão toda a rede latino-americana com uma variedade de oportunidades de treinamento presencial e on-line.

Fora dos treinamentos, a empresa lançará várias iniciativas estratégicas e um foco principal será criar oportunidades para os potenciais compradores experimentarem os microfones Audix antes de fazer sua compra. “Um microfone é uma ferramenta crucial e queremos dar aos profissionais a chance de experimentar nossos microfones de primeira mão e decidir com base no desempenho do produto, não no marketing do fabricante”, concluiu.