Fábricas de áudio e instrumentos musicais movem sua produção para a Indonésia

Fábricas de áudio e instrumentos musicais movem sua produção para a Indonésia

por 12/03/2020

Com o aumento dos impostos nos produtos chineses pelo Governo Americano, indústria de áudio e instrumentos inicia migração para Indonésia

O aumento dos impostos nos produtos musicais (áudio e instrumentos) produzidos na China, variando de 7,5% a 25%, estão promovendo um impacto dramático nas estratégias de fornecimento, uma vez que os importadores estão correndo para transferir a produção da China para a Indonésia, Vietnã e Malásia.

Uma rápida verificação das estatísticas de importação do quarto trimestre recém-concluído mostra a rapidez com que as empresas se adaptaram às realidades de impostos de importação mais caros nos EUA.

As exportações de piano de cauda da China para os EUA caíram para uma baixa de 20 anos em 204 unidades, uma queda de 73,6% em relação ao período anterior. Por outro lado, no mesmo período, as importações da Indonésia saltaram 26,4%.

Uma das pioneiras na Indonésia, a fábrica da Cort Guitars, que produz para diversas outras marcas famosas, além da fábrica própria da Yamaha, desfrutam de uma vantagem competitiva nos Estados Unidos devido à diferença de preços pelos tributos menores.

Cenários semelhantes são evidentes nos violões, com as importações da China caindo 22,9% em comparação com um aumento de 74,7% da Indonésia. A mudança na produção da China para outros países é evidente na maioria das categorias de produtos, incluindo educação musical, percussão e áudio profissional.

Brasil pode ser beneficiado?

Nesta situação, sem o excesso de demanda, as fábricas tenderão a se tornar mais flexíveis, mas não há previsão na redução de preços.

 

**Com informações da Music Trades

 

 

Comentários

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.