Os melhores microfones para home studio de 2020

Os melhores microfones para home studio de 2020

por 16/03/2020

Veja aqui 10 opções de microfone de várias marcas que ajudarão você a escolher o produto certo para as necessidades e o orçamento do seu home studio.

Quando se trata de comprar um microfone para o seu estúdio de gravação em casa, seja o seu primeiro ou o décimo, você deseja o melhor microfone de estúdio para uma gravação de estúdio. Há muito em que pensar, e alcançar esse equilíbrio fino pode ser complicado. Os tipos de microfones e usos podem deixar você tonto.

Você deve saber como planeja usar o microfone, isso deve ser óbvio.

Por exemplo, você pode gravar vocais para suas trilhas acústicas ou bateria no volume máximo da sua banda de nu metal e provavelmente não compraria o mesmo microfone em cada caso.

Aliás, isso é apenas o começo de sua viagem.

Há também uma horda de especificações técnicas para entender, como resposta em frequência, padrões polares e ruído próprio.

O ambiente ao redor desempenha um papel fundamental na localização do microfone ideal, além de fatores mais subjetivos, como a sensação que o microfone tem quando você o segura e sua estética.

Obviamente, não há como escapar da questão dos preços.

No entanto, graças a todas as pesquisas, testes e leituras que fizemos para produzir este review, podemos mostrar quanto você pode obter pelo seu dinheiro com esses dez microfones diferentes.

1-Microfone dinâmico cardióide Shure SM57

Se você trabalha no ramo de gravação há um tempo, deve conhecer o SM57: um dos microfones mais amados do mundo, e que continua liderando o ranking mais de 50 anos após seu lançamento original.

Qualidade de som profissional

Parte do que faz do SM57 um microfone de estúdio de primeira classe é o padrão de captação cardióide que efetivamente corta o ruído de fundo e se concentra na fonte.

Essa excelente atenuação fora do eixo leva a um som limpo e puro.

Não só isso, mas a direção de SPL deste microfone é uma loucura: você pode sentar na frente de um amplificador deslumbrante ou de uma bateria sem indicação de distorção.

Embora a performance de gravação de instrumento esteja lá cima, o Shure SM57 também é um dos favoritos entre os vocalistas.

O SM57 oferece uma resposta de freqüência mais ampla do que muitos microfones de captação vocal (40 Hz a 15 kHz) e oferece uma gravação natural e realista. Alguns vocalistas (compreensivelmente) preferem a afinação localizada disponível em outros microfones de captação vocal, mas como um SUV no estúdio, você não pode vencer o SM57.

Versatilidade

Apesar de ser o microfone de palco mais famoso da história, o SM57 está presente em estúdios de gravação em todo o mundo, desde iniciantes no YouTube até superstars premiados.

Sua enorme faixa de frequência faz com que possa ser usado para amplificadores de guitarra e bateria sem perder o ritmo, bem como vocais pesados, discursos ou qualquer aplicação intermediária.

Até a Casa Branca usa um para seus discursos presidenciais!

Qualidade de construção

A Shure possui um famoso teste projetado para mostrar a robustez de seus microfones: eles são jogados 10 vezes, desde uma altura de 3 metros, e depois disso a empresa testa o desempenho.

Não quisemos correr o risco de fazer isso, mas, de acordo com a Shure, não há absolutamente nenhuma diferença perceptível na performance. Temos o prazer de acreditar em sua palavra!

No entanto, a razão pela qual o SM57 da Shure está no topo da nossa lista não se deve à sua durabilidade sobre-humana, nem ao excelente desempenho sonoro, nem sua comprovada história ou versatilidade de 50 anos.

Mas porque você obtém todos esses recursos por pouco mais de cem dólares.

Isso se você estiver comprando um novo. Você provavelmente possa comprar um usado pela metade desse valor.

Fornecedores como a Amazon oferecem pacotes por cerca de US$ 250 que incluem extras úteis, como windscreens, suportes e filtros pop, para que você possa obter uma montagem de gravação de estúdio de alto nível por uma fração do que esperaria gastar.

Se você realmente se preocupa com a gravação em seu estúdio, recomendamos o SM57.

Se o orçamento estiver apertado, você poderá usá-lo para todos os seus instrumentos, mas também embalá-lo e usá-lo durante seus shows ao vivo!

Prós: Padrão de captação cardióide, duração incrível, gravação versátil de instrumentos, é um bom investimento.

Contras: Não possui afinação específica para vocais, existem microfones de mais qualidade.

2-Microfone de diafragma grande AKG C214

Se você estiver procurando um microfone de voz dedicado e tem dinheiro para gastar em equipamentos de gama média a alta, você está no lugar certo.

Segundo na nossa lista dos 10 melhores: o AKG C214.

Voz superior

Os principais pontos de discussão do C214 são o seu diafragma grande de 1” e a conhecida tecnologia AKG Bail-Plate, que se combinam para fornecer o característico som superior do microfone.

A cápsula com acabamento de borda do C214 é provavelmente a melhor do mercado e usa exatamente a mesma tecnologia que o mundialmente famoso C414, seu primo mais elegante (e consideravelmente mais caro).

Então, por que o C214 fica em segundo lugar na nossa lista, quando acabamos de admitir que também há o C414 com o melhor desempenho do mercado?

Por um lado, o C414 custa entre 2 e 3 vezes mais, com uma qualidade de áudio praticamente indistinguível do C212.

De fato, mesmo em nossos próprios testes, não conseguimos realmente perceber a diferença.

O que o C414 traz para a equação é uma variedade de padrões polares, o que significa que vai além das necessidades da maioria dos artistas de gravação.

Habilidade de gravação

Duas palavras: precisão e realismo.

Nenhum detalhe é perdido ao gravar com o C214.

A saída é suave e natural, o que significa que os artistas podem obter um som verdadeiro em suas trilhas. Ele ainda possui um pad de atenuação de 20 dB para localização de microfone próximo, além de um filtro de corte baixo. Tudo é feito de metal e é super robusto.

Se você tiver a montagem certa em casa, este microfone transformará seu som.

Infelizmente, a maioria de nós tem quartos bastante barulhentos ou reflexivos em casa. Confie em nós: se você estiver tocando ou cantando em uma sala sem tratamento acústico, o 214 capturará esses detalhes estranhos e garantirá que você os ouça.

O microfone para você?

Se você está procurando uma mixagem pesada com o filtro de corte baixo e o pad do atenuador ativados, ou está captando tranquilamente seu violão, este microfone fará o trabalho e muito mais.

Prós: Cápsula de 1” com borda terminada, pad de atenuação de 20 dB, filtro de corte baixo, som natural e verdadeiro.

Contras: Pode captar ruído ambiente, bastante caro

3-Microfone de condensador Rode NT1A

Ao comprar um microfone de condensador de diafragma grande com um orçamento apertado, os usuários devem sempre ter cuidado com seu próprio ruído, também conhecido como o zumbido irritante produzido pela eletrônica interna.

Graças ao exclusivo sistema de suspensão de dupla lira da Rode, a vibração do ruído interno é incrivelmente baixa e o NT1A afirma um nível de ruído próprio de apenas 5 dB-A.

Para se ter uma ideia, geralmente consideramos que qualquer coisa abaixo de 15 dB-A é excelente.

Quando combinado com a alta sensibilidade do microfone, você obtém um aparelho de bastante alta especificação que é capaz de gravar todas as nuances de suas trilhas vocais.

Com pouco mais de US$ 200 apenas pelo microfone, ele fica confortavelmente no “meio termo” em questão de preço.

Se você levar a sério a gravação, o NT1A é um investimento muito menor para a qualidade que você obtém.

Um microfone de estúdio real

Uma dica para a gravação em casa seria garantir que sua sala seja o mais acusticamente neutra possível, com muito pouco som ambiente: além de ter um nível de ruído baixo, este microfone é muito sensível e captura todos os tipos de detalhes indesejados se você não tiver cuidado!

Áudio brilhante e atraente

O NT1A da Rode oferece um pico de presença em 12 kHz, com uma elevação em torno de 120 Hz. Se você é novo na gravação de vozes, isso significa basicamente que você experimentará um brilho e elevação em torno dessas frequências, o que pode ter um efeito bastante mais plano na trilha.

O microfone também possui agudos muito nítidos, e outros reviews na Internet estão divididos sobre se isso soma ou resta à experiência, e podemos ver de onde vem essa dúvida. Para ter certeza da decisão, recomendamos experimentá-lo pessoalmente antes de comprar.

O microfone possui um padrão polar cardióide, uma resposta de frequência de 20 Hz a 20 kHz e requer uma alimentação fantasma de 24 V ou 48 V DC para operar.

Prós: Ruído próprio ultra baixo, bom investimento, ótimo para vocalistas e instrumentos acústicos, alta sensibilidade.

Contras: Agudos minúsculos ou quase imperceptíveis, capta ruído externo.

4-Microfone USB Blue Yeti

À medida que nos aproximamos do meio da nossa lista dos 10 melhores microfones de gravação para home studio, temos o prazer de apresentar aqui várias características que estamos vendo pela primeira vez:

-É o primeiro microfone multidirecional

-É o primeiro microfone alimentado por USB

-É o primeiro microfone que se parece com um personagem de Star Wars

Um microfone USB com qualidade de estúdio. De verdade?

Reconhecemos que os microfones USB geralmente são considerados alternativas baratas aos equipamentos de gravação.

Até admitimos que a maioria dos Blue Yeti é usada para gravar podcasts ou streams. Mas ainda o mantemos em nossa lista.

E aqui está o porquê.

Primeiro, oferece quatro padrões polares diferentes: Cardióide, Estéreo, Omnidirecional e Bidirecional. Por enquanto, basta dizer, isso adiciona muita versatilidade às suas gravações,

Camadas de faixas de áudio? Use o modo cardióide.

Gravar um violão? Mude para estéreo para obter um som mais equilibrado.

É muito bom

Surpreendentemente (para a maioria dos usuários, pelo menos!), o Blue Yeti captura o som com precisão excepcional. Embora soubéssemos que era bom antes de testá-lo, mesmo assim ficamos surpresos com a clareza e o brilho do áudio. Você pode captar o som a uma distância de até 3 metros, embora seja recomendável não ficar a mais de 60 cm de distância do microfone durante o uso.

Para não ficar escrevendo muito, aqui estão algumas das características adicionais que você pode obter com o Blue Yeti:

-Botões físicos (embora um pouco fracos) para volume de fone de ouvido, seleção de padrões, mute instantâneo e ganho de microfone

-Funcionalidade “plug and play” imediata

-Fácil integração com seu software de gravação

-Saída de fone de ouvido

-Corpo sólido em metal

Ah, e você não precisa de pré-amplificadores ou qualquer outro equipamento para ter aquele som quase de qualidade de estúdio. Você pode trabalhar apenas com um laptop. Não é ridículo?

Uma questão de preço

A coisa realmente surpreendente sobre o microfone Blue Yeti é que você obtém todo esse desempenho por apenas US $ 130, incluindo suporte.

Você não encontrará no mercado outro microfone USB tão portátil, de alto desempenho, versátil e acessível como este aqui. Em caso afirmativo, informe-nos para que possamos conferir nós mesmos!

Prós: Plug and Play, quatro padrões polares, excelente qualidade de som, bom cancelamento de ruído.

Contras: Tamanho de shock mount fora do padrão, botões fracos.

5-Microfone dinâmico vocal Shure SM7B

Vamos começar o review do SM7B afirmando que ele é facilmente o melhor microfone vocal de estúdio nesta lista.

Em seguida, passaremos ao porquê está no meio da nossa lista e não no topo.

Intrigado? Vamos lá!

Um microfone emocionante

Quer evidências de que este é um microfone vocal matador? Michael Jackson usou para gravar suas músicas para o álbum Thriller, uma das maiores realizações musicais de todos os tempos. No entanto, por aproximadamente US$ 400-500 cada, esta não é uma compra leve para um home studio comum.

A resposta de frequência é ampla e plana, trazendo uma reprodução vocal excepcionalmente limpa e natural, enquanto o padrão polar cardióide captura tudo na frente do microfone e praticamente nada ao seu redor. A rejeição fora do eixo faz com que o áudio seja nítido, claro e não poluído pelo som refletido em todas as superfícies, mesmo em estúdios movimentados.

Requer o toque de um técnico

Mais do que um microfone dinâmico comum, a sensibilidade do SM7B é um pouco baixa, por isso é importante combiná-lo com um pré-amplificador bem ajustado, com ganho de pelo menos 60 dB+.

Dessa forma, você poderá testemunhar o SM7B em todo o seu esplendor.

É muito para um home studio?

Falamos sobre isso brevemente, mas você realmente precisa de um pré-amplificador de classe mundial para obter o melhor som deste microfone, e isso pode custar uns US$ 1000 adicionais.

Depois, há o preço do próprio microfone: US$ 400 a 500 é muito dinheiro, especialmente quando você considera a qualidade dos outros microfones que listamos aqui.

Enquanto alguns usuários usam o SM7B para gravação de instrumentos, ele foi realmente projetado para vocalistas.

A menos que você tenha muito dinheiro e queira realmente se concentrar nas vozes, recomendamos que você compre um microfone de baixo custo e use o restante do seu orçamento para equipar outras áreas importantes do seu estúdio.

O SM7B não é classificado como baixo porque é um microfone ruim, provavelmente seja bom demais para a maioria das nossas necessidades!

Prós: Som sensacional, rejeição fora do eixo precisa, qualidade profissional de estúdio.

Contras: Requer pré-amplificador de 60 fB+ de alta qualidade, muito caro.

6-Microfone de condensador cardióide MXL 770

Vamos ser transparentes desde início e admitir que há uma queda na qualidade entre os primeiros 5 produtos e o MXL 770.

Sin embargo, también hay un gran descenso en el precio de los modelos de AKG, Shure y Rode.

No entanto, há também uma grande queda no preço dos modelos AKG, Shure e Rode.

Por tudo isso, o MXL 770 provavelmente funcionará apenas 10 a 15% menos que os microfones principais da nossa lista e por uma fração do preço.

Esse microfone é vendido por cerca de US$ 75 mas oferece desempenho comparável ao de um produto que é vendido por muito mais do que isso, sem exagerar.

O som do hip hop

Assim que tiramos ele da caixa, o MXL 770 oferece um som baixo e brilhante que atinge os corações dos artistas de hip hop, especialmente os rappers.

Esse microfone também favoreceria pianistas, qualquer vocalista e músico de cordas que procurassem uma gravação de alto desempenho com um orçamento apertado.

O mercado-alvo do 770 são geralmente artistas que estão apenas começando ou simplesmente não têm dinheiro suficiente para comprar equipamentos profissionais.

No entanto, também existem muitos profissionais experientes que adoram a simplicidade, o custo e o desempenho deste microfone.

Com graves balanceados, queda de baixa frequência e clareza de alta qualidade, é surpreendente que o 770 tenha conquistado uma média de 4,6 estrelas de mais de 450 críticas na Amazon!

O complemento perfeito para home studio

Não há dúvida de que o microfone é um componente crítico de qualquer estúdio de gravação doméstico, mas é ainda mais do que isso.

A compra de um MXL 770 oferece um microfone de alta qualidade, mas também libera seu orçamento para investir nas outras tecnologias necessárias para operar um home studio profissional.

Sério, este microfone é bom o suficiente para levar seus vocais ao topo, e se você tiver dinheiro no futuro para obter esse desempenho extra de 15%, vá em frente.

Não podemos exagerar o valor pelo dinheiro que você recebe com este microfone!

Um microfone imperfeito

Tendo dito isso, obviamente existem razões pelas quais este microfone está em sexto lugar: ele tem suas falhas, embora sejam bem menores.

Alguns usuários relatam um problema com a umidade que entra no diagrama, por exemplo. Para evitar isso, guarde-o em um ambiente muito seco.

Você também pode ter dificuldade em encontrar um “ponto ideal” consistente em termos de distância do microfone (para equilibrar o som) e precisará fazer alguns trabalhos de calibração para que o som seja bom.

No entanto, apesar de tudo isso, ainda é uma pechincha excepcional pelo preço.

Prós: Valor incomparável do dinheiro, som brilhante e grave, roll-off de baixa frequência, ótimo para vocalistas de hip-hop.

Contras: Shock mount de baixa qualidade, “Sweet spot” estreito para gravação, requer um pouco de calibração.

7-Microfone Sennheiser MD421 II

Para quem conhece microfones, o Sennheiser MD421 II é um nome familiar.

Com um legado orgulhoso e uma merecida reputação pela sua performance, é uma das melhores opções disponíveis hoje para gravar bateria, guitarra ou qualquer outro instrumento.

Tecnicamente superior

Utilizando um padrão polar cardióide, o MD421 evita o ruído ambiente, atenua efetivamente todos os sons fora do eixo e até rejeita o feedback devido aos monitores.

Também oferece um interruptor de redução de graves de 5 posições que, combinado com atenuação de ruído, possibilita aos artistas gravar em praticamente qualquer ambiente.

No entanto, recomendamos que você construa seu estúdio para ser o mais silencioso e absorvente possível, em vez de compensá-lo reativamente com o cancelamento de ruído!

O microfone possui um forte pico de presença em 10 kHz, possibilitando aos músicos adaptar seu som com mais precisão do que com a maioria dos microfones.

Em comparação com os microfones dinâmicos da concorrência, o MD421 II oferece grande versatilidade. Ele possui um high-end inusualmente impressionante, que captura otimamente até 17 kHz, e sabemos que os profissionais de estúdio costumam usá-lo para praticamente qualquer coisa: cordas suaves, guitarra elétrica pesada, bateria (principalmente toms), etc.

Com sua excelente resposta de low-end, também é popular entre os vocalistas masculinos.

Embora realmente não deva ser um grande fator para um microfone de estúdio, este Sennheiser tem uma estética bonita. Desde a cor preta profunda, à malha de metal e ao estojo de capa dura, esta é uma magnífica peça de tecnologia.

Claro que também é muito caro e o microfone tem seus problemas.

Não atende a todos os requisitos?

O primeiro problema é o clipe: é horrível. É barato, não tem um tamanho padrão e muitos usuários relatam que ele quebra com uma regularidade incrível.

Para uma peça de kit que custa mais de US$ 400, essa é uma grande decepção. A qualidade do som não está a um milhão de quilômetros do SM57 (que por si só não é o microfone com melhor som em nossa lista), mas, ao custar quatro vezes mais, é difícil dizer que representa um valor justo.

Não há dúvida de que este é um excelente microfone para músicos experientes, mas se você é um YouTuber tocando seus primeiros acordes, pode obter um microfone quase tão bom por uma fração do preço.

Prós: Reputação positiva de longa data, interruptor de redução de graves de cinco posições, excelente resposta low-end, desempenho geralmente de alta qualidade.

Contras: É caro, clipe horrível.

8-Microfone SE Electronics SE2200A II

O mercado de microfones para home studio em 2020 está cheio: muitos fabricantes, produtos muito parecidos e nunca foi tão fácil procurar pechinchas na internet.

Um dos nomes mais fortes de todo esse caos é a SE Electronics, e o SE2200A é um de seus modelos mais vendidos!

Foco no desempenho

O SE 2200A é vendido por cerca de US$ 300-400, que está na faixa intermediária em termos de preço.

Embora não seja um Neumann, ainda esperamos um desempenho impressionante se formos solicitados a investir tanto dinheiro!

Felizmente, o microfone oferece isso.

Além de injetar um pouco de calor em low-end, o som é muito natural e capta com precisão o que você estiver tocando, seja vocal, guitarra ou percussão.

Para ser específico, há um salto de presença de 10 a 15 kHz que adiciona um brilho adorável e plano. Se você usar instrumentos mais fortes, poderá pressionar o interruptor do pad atenuador para manter as coisas niveladas.

No entanto, com o SPL máximo de 140 dB, você provavelmente não terá muito com que se preocupar.

Ele também possui um botão de low-cut, para que você possa apagar qualquer ruído baixo encontrado.

Apropriado para todos os instrumentos

O microfone está disponível nos modelos cardióide e de padrão múltiples.

Recomendamos a versão somente cardióide para qualquer home studio padrão. A menos que você tenha uma configuração muito especializada ou incomum, geralmente há poucos benefícios em ter uma gravação omnidirecional.

Obviamente, se você estiver gravando várias pessoas ao mesmo tempo, é uma história diferente.

Testamos este microfone com quase todos os instrumentos que pudemos encontrar, e os resultados foram incrivelmente consistentes: tudo soa bem o tempo todo.

Além do apelo existente do microfone, o design é agradável aos olhos. Ele também vem com um mount shock (embora infelizmente não traga o filtro pop que geralmente é visto nas fotos) e está pronto para uso assim que tirá-lo da caixa.

Se você está procurando um microfone que não o surpreenda com sua qualidade, mas que funciona com a maioria dos instrumentos com pouquíssimos problemas, recomendamos o SE2200A.

Prós: Apropriado para uma variedade de instrumentos, fácil de usar, manipulação de SPL de até 140 dB.

Contras: Não traz filtro pop, um pouco caro.

9-Microfone de condensador AKG P420

O AKG P420 é o segundo microfone desta marca a chegar à nossa lista dos 10 melhores microfones de gravação para home studio.

Você pode pensar que o 420 está um passo abaixo do 214, mas, por outro lado, você deve pensar que ele foi projetado para um público completamente diferente.

Vamos ver.

Um cavalo de batalha no estúdio

No site da AKG, o P420 é descrito como adequado para “aplicações exigentes de gravação em estúdio de projeto” e é ideal para “gravação de conjunto, piano de cauda, ​​instrumentos de sopro e metais”.

Bem, depois de testarmos esse microfone, temos que concordar.

O P420 é um microfone side-address, como seria de esperar do uso pretendido na gravação de conjuntos, e contém um diafragma duplo que usa cápsulas de condensador consecutivas de 1” para testar seus vários padrões polares.

Como o design encontrado no C214, que é mais caro, os usuários também têm acesso a um pad de atenuação de 20dB e filtro de low-cut.

Tecnologicamente, esta coisa vem com tudo o que você precisa de um ótimo microfone. Pode parecer bastante normal, mas a ênfase no equipamento de gravação deve sempre estar no desempenho, não na estética.

Desde que conversamos sobre isso, o shock mount de alta resistência, que vem de fábrica, a propósito, é excelente.

Como dissemos, ele também possui 3 padrões polares diferentes que você pode ativar com um pequeno interruptor:

-Omnidirecional

-Cardióide

-Figura 8

O que ele dá?

É muito discurso técnico que acabamos de dizer em alguns parágrafos, mas para o leigo, qual é o resultado final?

Som claro, natural e cálido.

A capacidade do microfone de passar pelo ruído ambiente, apesar de seu longo alcance, faz com que você só ouça o que realmente toca: exatamente o que os músicos estamos procurando! Não é tão sensível quanto alguns microfones, mas para as aplicações que se destina, não é um grande problema.

Devido à grande quantidade de variação axial que acompanha o 420, você precisará fazer uma boa quantidade de P&D no posicionamento do microfone e brincar com o ambiente para obter o som ideal. No entanto, depois de encontrar o ponto exato, o resultado é de primeira classe.

Obviamente, não é necessário dizer que você pode usar esse microfone para gravações de podcast ou trilhas vocais, mas existem melhores opções nessa faixa de preço, se esse for seu objetivo principal.

Prós: Ideal para gravar instrumentos de sopro, piano de cauda ou conjuntos; excelentes especificações técnicas, extremamente versáteis, perfeito para um estúdio movimentado.

Contras: Não é ideal para vocalistas solo, a concorrência oferece produtos similares.

10-Microfone Audio-Technica AT2020 USB+

Audio-Technica é um grande nome no segmento de gravação em estúdio, por isso pode surpreender que ainda não tenhamos apresentado nenhum de seus produtos.

Isso porque, simplificando, a concorrência pelos primeiros lugares é muito difícil!

Um microfone básico de alto desempenho

O principal ponto de venda de qualquer microfone conectado a USB é sempre a simplicidade: se você pular o pré-amplificador e ir direto para a fonte, a qualidade não competirá com uma montagem calibrada mais cara. Desde que seja fácil de usar e ofereça boa qualidade, a maioria dos usuários adorará.

O AT2020 USB+ é um microfone side-address com diafragma médio, uma resposta de frequência de 20 Hz a 20 kHz e um conversor A/D de alta qualidade com uma taxa de amostragem de 16 bits, 44,1/48 kHz. Com um pequeno aumento de presença de 9 a 10 kHz, oferece som natural e completo para gravações vocais, instrumentos mais suaves e qualquer tipo de podcast.

Obviamente, quando você compra um microfone de nível básico, não obtém desempenho de estúdio profissional.

Dito isto, a qualidade de som deste microfone é irreal quando se considera seu preço. Se você estiver procurando um microfone cardióide simples, compacto e acessível, está no lugar certo.

Uma atualização muito necessária

A Audio-Technica entrou no mercado de microfones USB há alguns anos com o AT2020 original, mas estava cheio de buracos. Esta opção renovada inclui:

-um braço de posição rotativa

-um suporte de mesa para tripé

-um cabo USB de 3 metros

-uma saída direta para fones de ouvido

Podem parecer pequenas mudanças, mas, quando combinadas, este aparelho é um mundo separado das iterações anteriores. O tripé ainda é muito ruim (na verdade, não amortece as vibrações e pode ser facilmente tombado), mas, caso contrário, a qualidade de construção é excelente, com o microfone completo feito de metal durável.

Não tão estranho quanto o Blue Yeti

O AT2020 USB+ é um bom microfone, mas há uma razão pela qual colocamos o microfone USB Blue Yeti muito mais alto na lista. Por um lado, este oferece apenas o padrão polar cardióide: o Yeti oferece mais 3: estéreo, omnidirecional e bidirecional. O Yeti também possui suporte mais pesado e confiável, controle de ganho e um botão de mute físico.

No entanto, o produto da Audio-Technica é um pacote mais organizado; portanto, se você não precisar desses recursos adicionais, também poderá optar por esta opção mais bonita!

Prós: Preço acessível, Plug and Play, cabo USB de 3 metros, muito atraente.

Contras: Não é tão bom quanto o Yeti, suporte fraco.

 

Texto escrito por Digital Audio Wiz. Post original em https://www.digitalaudiowiz.com/types-of-microphones/

Tradução e adaptação do texto: Música & Mercado

Comentários

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Your data will be safe!Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.