Incubus apresenta álbum e instrumentos

Incubus apresenta álbum e instrumentos
julho 08 15:16 2017

Com o lançamento de seu mais recente álbum, exploraremos o equipamento usado pelo Incubus

A banda estadunidense de rock Incubus lança seu oitavo álbum de estúdio, intitulado 8, este ano. Aproveitando a oportunidade, daremos um passeio pelos instrumentos e equipamentos que usam Brandon Boyd, Mike Einziger, José Pasillas, Chris Kilmore e Ben Kenney.

Brandon Boyd (voz)

Podemos vê-lo constantemente com o microfone dinâmico Super 55, igual ao SM7B, ambos da Shure. Para as gravações em estúdio normalmente usa um SM57 da Shure, um 251 da Telefunken ou um Neumann U47, embora o microfone Neumann 269 tenha sido utilizado para a gravação do single Adolescents.

Michael Aaron “Mike” Einziger (guitarra)

Conhecido como um inovador e entusiasta do uso de pedais de efeito para guitarra em concertos ao vivo, Mike também é um ávido compositor. Já escreveu seu primeiro concerto orquestral, a escala completa intitulada End.>vacuum.

Einziger é um multi-instrumentalista e, além da guitarra, tem tocado outros instrumentos como piano, pipa, mandolina, sintetizador analógico, Fender Rhodes, Wurlitzer, entre outros, durante as gravações com o Incubus e também em seus outros projetos. Em uma turnê recente, foi visto usando uma Gibson SG Junior com captadores P-90 modificada com um captador extra para o braço e um switch selector de captador. Em 2012, Mike mudou para as guitarras Albert Lee signature da Music Man e começou a usar cordas mais leves (diminuiu até 9 depois de ter usado 13 por muitos anos) devido à necessidade de encontrar uma guitarra mais ‘confortável’ para as turnês. Declarou que isso foi necessário desde que se submeteu a uma cirurgia devido à síndrome do túnel do carpo. Mike geralmente usa combos Trem-O-Verb 2/12 da Mesa/Boogie e Twin Reverb da Fender.

Leia também:  Variedade de marcas para a banda californiana Korn

Benjamin Lee “Ben” Kenney, Sr. (baixo)

Kenney, que tocava guitarra para o grupo de hip-hop The Roots, toca ao redor de seis instrumentos diferentes, chegando a fazer duos de bateria com José Pasillas ao vivo. Focando um pouco mais nos seus baixos, Ben tem um equipamento composto por vários modelos Joe Osborn, um Skyline Bob Glaub vermelho, outro Shoreline Gold Skyline Hollowbody, um custom 44-94, Light Blue 44-94, Cherry Sunburst 55-94 com botões Gibson, um Fiesta Red 30”Jazz Bass (44-66), um 1975 Jazz Bass e um Jaguar Bass da Fender, além de um SG Bass da Gibson e um Hofner 500/1 “Beatle Bass”. Todos os seus baixos têm braço de palissandro.

Sua plataforma da Mesa/Boogie ao vivo consiste em um par de cabeçotes Big Block 750 e uma caixa Roadready de 8×10. No estúdio e para concertos solo, além de para pequenos concertos ao vivo com o Incubus, utiliza combos Mesa Walkabout 1×12 e caixas de extensão.

José Antonio Pasillas II (bateria)

José, que declara nunca haver tido um treinamento formal em bateria, é endorser da DW e da Sabian, tendo um set composto por:

Bateria DW Drums: DW Collectors Series Clear Acrylic com hardware dourado composto por três rack toms (8×5, 10×5 e 12×6), dois floor toms (16×13 e 18×14), um bumbo de 20×20, edge snare de 13×6,5, Rocket Shells Carbon Fiber Snare 14×7 e dois Octoban (14×6 e 14,5×6).

Pratos Sabian: HHX Evolution Hi-Hats de 13”, HH Raw Bell Dry Ride de 21”, AAX Studio Crash de 20”, Prototype HHX Studio Crash de 20” (criado especialmente para ele), Vault Crash de 19”, AAX Mini Chinese de 14”, HHX Chinese de 18”, AAX Splash de 8”, AAX Splash de 10” e um HHX Evolution Splash de 12”.

Leia também:  Lulu Santos é o novo endorser da NewKeepers Bags

Peles da Remo: Para os toms, conta com Emperor Clear Batter e ressonante Clear Ambassador; para o bumbo, tem um Powerstroke 3 Clear Batter e um ressonante Standard DW Head, enquanto que para o snare possui um Emperor Coated Batter e Coated Ambassador, mais o ressonante Ambassador.

Hardware: É formado por DW Three Sided Straight Drum Rack, PDSRC15V Rack Clamp x20, DWCP9700 Boom Arms x9, DWCP9300 Snare Stand x2, DWCP9100AL Pneumatic Airlift Throne x1, DWCP9000 Single Pedal x1, DWCP9900 DBL Tom Stand x1 e DWCP9500TB Hi Hat Stand x1.

Baquetas: Da Vater Percussion, com o modelo Vater 7A Wood.

Chris Kilmore (DJ/teclados)

Chris se encarrega dos teclados, turntables e do teremim. No caso do órgão, toca um Nord C2 Combo. Também se destacam o Moog Voyager, um Rhodes da Fender, um piano Wurlitzer, um órgão Hammond B3 e o sintetizador MD4000D da Mellotron, entre outros.

Comentários
view more articles

About Article Author

Redacao MM
Redacao MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles