Shure presente na 63ª cerimônia dos Prêmios Grammy por 30/03/2021

A 63ª entrega dos Prêmios Grammy foi realizada em Los Angeles e contou com microfones sem fio da linha Axient Digital, Super 55, KSM8 e SM58 da Shure.

Transmitido ao vivo da parte externa do Los Angeles Convention Center, a cerimônia dos 63º Grammy Awards ofereceu aos espectadores uma noite para celebrar a música com atuações dos maiores artistas de diferentes gêneros musicais. Gratuito para o público, o show combinou diversas apresentações com a cerimônia externa para os artistas selecionados, que estavam presentes para receber os prêmios. As 23 apresentações musicais, além da própria cerimônia, contaram com o sistema de microfones sem fio Axient Digital da Shure.

Durante toda a cerimônia, o apresentador Trevor Noah usou o transmissor de mão Axient Digital com a cápsula SM58 configurado no modo Frequency Diversity.

A lista dos grandes vencedores da noite incluiu várias mulheres de sucesso como Beyoncé, Taylor Swift, Billie Eilish, Dua Lipa e Megan Thee Stallion. Dua Lipa, que venceu o Grammy de Melhor Álbum Vocal Pop, ostentou um ornamentado transmissor de mão sem fio Axient Digital com cápsula KSM9 na cor rosa que foi trazida ao palco por DaBaby, que usava um outro transmissor de mão sem fio Axient Digital com cápsula KSM8 níquel para “Levitating”. Depois Mickey Guyton, que já fez história como a primeira mulher negra indicada como artista country solo, cantou “Black Like Me” com um transmissor de mão sem fio de mão Axient Digital KSM9.

Uma das apresentações mais quentes da noite foi de Megan Thee Stallion, a Melhor Artista da Noite, que usou um transmissor de mão sem fio Axient Digital SM58 para sua interpretação de “Body” e da vencedora do Grammy “Savage”. Stallion foi chamada mais tarde ao palco por Cardi B, que usou um microfone headset TwinPlex da Shure conectado ao quase invisível micro bodypack Axient Digital.

Como sempre, o evento prestou tributo a artistas falecidos no ano anterior e apresentou quatro atuações sinceras, com Bruno Mars (Super 55) e Anderson Paak homenageando Little Richard, Lionel Richie (SM58) homenageando Kenny Rogers, Chris Martin (SM58) e Brittany Howard (SM58) reconhecendo Gerry Marsden, e Brandi Carlile prestando tributo a John Prine, um dos artistas perdidos em 2020 para a Covid-19. Em Grammys.com, os visitantes podem ver o nome de quase mil pessoas da indústria musical, inclusive o querido Mark Brunner, vice-presidente de relacionamentos corporativos e governamentais da Shure, que faleceu no ano passado.

Um acréscimo notável ao Grammy deste ano foi o reconhecimento realizado pela Recording Academy de vários locais independentes de apresentação musical do país que foram gravemente afetados pela pandemia durante o último ano. Funcionários do emblemático Apollo Theater (Nova York), do Station Inn (Nashville), do Troubadour e do Hotel Café (ambos de Los Angeles) apresentaram os prêmios ao longo de toda a noite.

O novo formato possibilitou novamente a realização de apresentações musicais. Lil Baby fez uma comovente interpretação de “The Bigger Picture” com um Beta 58A.

“Foi fácil decidir pela Shure ao escolher qual microfone usar na apresentação de Lil Baby”, conta Tim Hibbert, engenheiro de monitor e responsável pela mixagem da transmissão de Lil Baby. “No palco ou no estúdio, posso sempre confiar na estabilidade da linha Axient Digital. Isso, aliado à estabilidade sonora de uma cápsula do Beta 58A, cria mágica pura.”

Como sempre, especialistas em produtos da Shure estiveram à disposição para garantir que todas as necessidades dos artistas fossem atendidas. “Apesar do limitado espectro disponível e da produção exigente, as operações sem fio não falharam em nenhum momento durante toda a transmissão”, destaca Cory Lorentz, gerente de relacionamento com artistas da Shure.