Pernambuco: Associações Culturais sofrem com o isolamento institucional

Pernambuco: Associações Culturais sofrem com o isolamento institucional

por 26/04/2020

As restrições socioeconômica impostas pela Pandemia Covid-19 atingiu dois dos principais eventos culturais do sertão pernambucano: Cavalgada da Pedra do Reino e a Missa do Vaqueiro.

A Cavalgada da Pedra do Reino, realizada anualmente em São José do Belmonte no último domingo de maio, e a Missa do Vaqueiro, realizada em Serrita tradicionalmente no terceiro domingo de julho, irão ter suas respectivas edições adiadas em 2020.

A Associação Cultural da Pedra do Reino prepara a 28a edição do evento, e após reunião com a secretaria da saúde do município, decidiu pelo adiamento do evento, sem, contudo, definir data futura.

Já a Fundação Padre João Câncio irá fazer um pronunciamento ao vivo nas redes sociais no próximo dia 30 de abril para comunicar a data futura do evento, provavelmente no mês de novembro de 2020, ano que marca a 50a edição do evento cultural-religioso criado em 1970 pelo padre João Câncio, o cantor Luiz Gonzaga e o poeta Pedro Bandeira em homenagem ao vaqueiro Raimundo Jacó.

fundacao Padre João Câncio

Padre João Câncio segura microfone para que o mestre Gonzagão entoasse sua voz para os trabalhadores durante a Missa do Vaqueiro

Não bastassem as dificuldades inerentes à pandemia, as duas associações sofrem com o isolamento institucional provocado pela falta de comunicação com os órgãos públicos estaduais responsáveis pelas políticas de cultura e de turismo.

Apesar dos dois eventos fazerem parte do calendário turístico-cultural de Pernambuco, nenhum aceno de auxílio do Estado foi visto pelas duas associações culturais até o momento.