Schertler procura distribuidor no Brasil por 27/04/2020

O mundo dos instrumentos e do áudio profissional se une na história da Schertler, passando de captadores a caixas e amplificadores. Agora a empresa está procurando distribuidor no Brasil.

A Schertler S.A. surgiu na década de 1980, sob a liderança do baixista e fundador da empresa Stephan Schertler. O primeiro objetivo foi a pesquisa e desenvolvimento, com foco na produção de ferramentas de alta qualidade e tecnologia inovadora para substituir as impressões dos captadores piezo. Anos mais tarde, a empresa lançou uma série de amplificadores compactos e outros produtos que a levou ao cenário de áudio profissional.

A empresa

Há 33 anos a Schertler começou a produzir sistemas de captação para instrumentos acústicos e, desde então, a linha de microfones de contato e instalação fixa cresceu significativamente.

Em 2001, passou a desenvolver a linha de alto-falantes e amplificadores, que se tornou um dos principais sistemas de amplificação de instrumentos acústicos na Europa.

Drago Dujak, gerente de marketing

“O áudio profissional sempre teve uma conexão com a Schertler devido aos nossos microfones de contato DYN, usados ​​em grandes palcos para a amplificação das mais famosas orquestras. No entanto, mais recentemente (a partir de 2015), desenvolvemos uma linha de mixers analógicos modulares chamada Arthur. Isso nos levou ao mundo do áudio profissional e nos tornou conhecidos por este produto inovador e de alta qualidade”, disse Drago Dujak, gerente de marketing da empresa.

Atualmente, o catálogo da Schertler possui sensores e microfones de contato para instrumentos acústicos, alto-falantes e amplificadores acústicos, mixers, pré-amplificadores, máquinas de afinação e outros produtos interessantes, totalizando 220 itens em sua lista de preços. Veja mais detalhes nesta entrevista com Drago.

M&M: Vocês têm um escritório na Suíça e outro na Itália, mas toda a fabricação foi recentemente transferida para a Suíça, certo? Por que tomaram essa decisão?

Drago: “Feito na Suíça” não é apenas um rótulo, mas é um passo muito importante para melhorar ainda mais a qualidade da nossa produção. Tendo duas fábricas, nem sempre foi fácil coordenar com eficiência a pesquisa e o desenvolvimento, a melhoria dos produtos e ainda manter o controle de tudo. Ter tudo em um só lugar facilita as coisas. Por outro lado, na Suíça temos muitas empresas que estão no mais alto nível global na fabricação de componentes. Portanto, agora estamos nos beneficiando da mudança, trabalhando também com novos fornecedores de melhor qualidade para levar nosso produto ao próximo nível.

M&M: Conte sobre as fábricas.

Drago: Nossa fábrica está localizada no sul da Suíça, em Mendrisio, perto da fronteira com a Itália. Somos uma empresa de 17 pessoas e falamos fluentemente sete idiomas, com funcionários de todo o mundo. A produção e a montagem são realizadas principalmente em nossa fábrica, com uma produção programada moderna e altamente precisa, que depende do fluxo do mercado, para que nunca tenhamos estoque excessivo nem percamos uma entrega. O atendimento ao cliente internacional também fica em Mendrisio.

M&M: Há um grande debate sobre fabricantes que vendem diretamente aos consumidores. Como isso funciona na Schertler?

Drago: Os tempos estão mudando e o mercado está se tornando mais desafiador para todos. Começamos a vender diretamente aos clientes em 2015 e estamos muito felizes com nossa decisão. Tornamos tudo muito claro para varejistas, distribuidores e usuários finais. Todo mundo sabia o que iria acontecer, no devido tempo. Na verdade, o efeito final foi que aumentamos nossa base de revendedores e estabelecemos um relacionamento muito sólido com nossos clientes por meio da transparência. Uma empresa como a nossa possui centenas de produtos. Nem todos esses produtos são perfeitos para todas as lojas. Todo mundo tem sua própria clientela e acreditamos que apenas a loja sabe exatamente do que precisa. Como agora temos todo o catálogo on-line, não pressionamos mais nossos distribuidores e eles podem escolher os produtos de que realmente precisam. Todo mundo tem mais liberdade e não há concorrência real. Gostaria de sublinhar o seguinte: ao fazer algo assim, o mais importante são a transparência e a confiança.

M&M: Os preços são iguais aos oferecidos pelos distribuidores ou dealers?

Drago: É ilegal fazer cartazes ou impor preços de PMA (preço mínimo anunciado) na Europa. No entanto, a pressão dos preços reduziu tanto os preços no varejo que as margens são extremamente estreitas para todos, inclusive para nós. Na verdade, esse efeito criou automaticamente uma situação de preços muito estável em nossos mercados. Nos Estados Unidos, temos, sim, uma política de PMA que aplicamos.

O mercado

M&M: Em que a empresa está trabalhando atualmente?

Drago: Estamos sempre focando mais o high-end, porque esse segmento é o mais próximo de nossa filosofia. Somos uma marca fabricada na Suíça e não podemos competir com itens de produção de baixo custo. Percebemos que esse segmento sofre menos do que o segmento de consumidores de preço baixo e médio, no qual a concorrência é muito grande. Por outro lado, a Schertler está desenvolvendo vários novos produtos para áudio profissional que serão lançados em meados de 2020, sempre baseados em inovação e qualidade. Fiquem ligados, teremos muitas surpresas.

M&M: Quais são os principais mercados para a empresa?

Drago: A Schertler é principalmente uma marca europeia. No entanto, Estados Unidos, Canadá, China, Japão e Austrália são mercados muito importantes para nós.

M&M: E a América Latina?

Drago: Infelizmente, nunca tivemos a oportunidade de trabalhar com sucesso no mercado latino-americano. Sem dúvida, é um mercado interessante, e temos muitos músicos latino-americanos que usam a Schertler e compram os produtos na Europa ou nos Estados Unidos. É por isso que estamos buscando ativamente cooperação na região. Portanto, se alguém estiver interessado em trabalhar conosco, não hesite em entrar em contato pelo e-mail info@schertler.swiss

Três indicados para nosso mercado

Amplificador JAM para instrumentos acústicos: Equipado com um tweeter de domo de 1” e um woofer de 8” e com uma construção base reflex de duas vias otimizada, o JAM oferece 200 W (150 W + 50 W) de potência biamplificada. O amplificador inclui uma entrada de microfone balanceada (XLR), uma entrada de microfone/instrumento não balanceada e uma entrada que oferece opções de microfone balanceada e microfone/instrumento não balanceada. As duas entradas de instrumento possuem tecnologia Bootstrap, que permite que a entrada se adapte automaticamente a qualquer impedância.

Captador magnético AG6: O captador magnético AG6 da Schertler para guitarra acústica é o primeiro modelo de uma série de captadores para instrumentos com trastes especialmente desenvolvidos e de valor acessível que combina de forma exclusiva a eletrônica Schertler com a tecnologia de bobina múltipla ativa. Os benefícios incluem comportamento transitório rápido, resposta de frequência plana e som completo em toda a faixa do instrumento. O captador compacto cabe dentro da boca do violão.

Mixer profissional analógico Arthur Prime 5: O Prime 5 é o membro mais novo da família de mixers compactos da Schertler. Possui cinco canais e foi projetado para aplicações que exigem apenas poucas entradas, por exemplo, uma gravação de voz/guitarra, uma interpretação que envolve um instrumento ou voz e teclado, ou uma configuração de conferência com dois ou três microfones e reprodução estéreo. Suas dimensões facilitam o transporte e a montagem rápida.