Lap Steel com shape de skate: conheça os produtos da inovadora Musicboard por 19/11/2020

A Musicboard é uma empresa que faz Lap Steel com shape de skate, unindo a paixão pelo instrumento, pelo surf e pelo skate dos criadores. Quer conhecer mais?

Originada no Havaí e geralmente confeccionada em uma tábua, a lap steel é uma guitarra de origem havaiana que possui certas peculiaridades, sendo as principais: a forma de tocar na horizontal com o emprego de uma barra feita de material metálico que percorre todas as dimensões da escala, sonoridade viva e rascante. Canções clássicas de bandas e artistas como Pink Floyd, Beatles, Neil Young e Yes foram gravadas utilizando o instrumento.

Apaixonado pela sonoridade do instrumento, por surf e skate, Thales Rosa, empresário, músico e designer, somou forças com seu primo, o luthier e músico Corellio Rosa, e juntos desenvolveram um produto inédito no mercado brasileiro: uma lap steel feita a partir de um shape de skate. A partir do lançamento, renomados músicos como Mônica Agena, Renato Galozzi, Evandro Mesquita (Blitz), Wilson Sideral, Phil (CPM22), Doca Rolim (Skank), Marcinho Eiras, Marlos da Banda Onze 20, Rodrigo Suricato (Barão Vermelho e Suricato), Faiska Borges, dentre outros, abraçaram a ideia e passaram a utilizar o produto.

Para entender um pouco sobre a Lap Steel Musicboard, conversamos com o Thales. Ele nos explicou um pouco sobre a gênese do produto, a receptividade do mercado, novidades que a empresa pretende lançar, dentre outros assuntos.

Thales Rosa

Como surgiu a ideia de fabricar Lap Steel usando shape de skate?

Thales Rosa: Nosso projeto surgiu com a gravação de um EP com trilhas sonoras para filmes de skate e surf que deu origem ao nome Musicboard. Esse projeto está nas principais plataformas digitais com o nome Thales Rosa Musicboard, o “Canal Off’ de televisão utilizou algumas de nossas trilhas em alguns programas. Juntando a paixão pelo design, música, surf e skate, eu e meu primo Corellio Rosa, que é luthier, tivemos a ideia de construir uma lap steel em um shape de skate para termos um diferencial no mercado e também para melhorar o custo de fabricação para sermos mais competitivos. Nosso propósito como marca é fazer o maior número de pessoas tocarem a Lap Steel Musicboard, que é um instrumento fascinante e pouco difundido no Brasil.

Quais foram as principais dificuldades durante o desenvolvimento do produto?

Thales Rosa: Acredito que o desconhecimento sempre é a maior dificuldade. Foram necessárias muitas adaptações, nada foi fácil. Desde o cálculo das oitavas reduzidas na escala até a fabricação do nosso shape, que é feito especialmente para nós pela Wood Light, com um reforço entre as lâminas para sustentar a afinação e não semitonar. 

Tudo foi um grande desafio, mas também foi um grande aprendizado. Posso citar como exemplo, o processo de esconder a parte elétrica do instrumento. Precisávamos criar uma peça usinada para ser termo moldada no shape para cobrir a parte elétrica e se moldar aos concaves do shape. Hoje podemos falar que dominamos o processo de construção e estamos bem felizes com isso, mas até chegar a um resultado satisfatório foi trabalhoso e um pouco demorado. 

O músico geralmente é um consumidor muito crítico. O produto foi bem aceito no mercado?

Thales Rosa: Muito legal essa pergunta. Nosso slogan é: “Uma experiência visual e sonora”. Isso diz muito sobre a Musicboard, o primeiro contato visual é sempre com desconfiança e ao mesmo tempo com um espanto positivo. Quando é tocada gera outro sentimento positivo porque o timbre e o volume de som são surpreendentes. Isso se dá por vários motivos, temos uma tensão alta em uma escala curta, usamos cordas SG Andreas Kisser (calibre 0.13) e captadores Malagoli especialmente desenvolvidos, que propiciam muito ganho nos graves e sustain. Além disso, como não existe contato dos dedos, é preciso usar um slide, que entregamos junto com o instrumento.

Com isso tudo mais o encaixe do shape no colo do músico, conseguimos a aceitação de músicos profissionais e amadores. Hoje temos o prazer de ter em nosso time nomes como: Mônica Agena, Renato Galozzi, Evandro Mesquita, Wilson Sideral, Phil (CPM22), Doca Rolim (guitarista sideman do Skank), Marcinho Eiras, Marlos (Banda Onze 20), Rodrigo Suricato e agora lançamos o modelo signature do Faiska, que para nós foi uma grata surpresa por toda a sua trajetória na música e no universo do slide. 

Vocês já pensaram em desenvolver novos instrumentos utilizando shape de skate?

Thales Rosa: Com shape de skate não, mas lançamos esse ano a Musicboard Surf e a pedaleira analógica Kosmic MB6, uma parceria que deu muito certo com o Fábio da BV Tronic Pedas. A Musicboard Surf tem o line de uma pranchinha de surf que funcionou muito bem, o corpo dela é em Cedro e quem produz é a Carrozza Guitars com usinagem em CNC. A pedaleira é um console multiefeito com Drive, Tremolo, Delay, Reverb, Simulador de Gabinete e Booster. 

O produto é customizável, isto é, pode ser fabricado seguindo as especificações do cliente?

Thales Rosa: Sim, temos a Musicboard personalizada. A primeira vantagem que acho é que o músico terá um instrumento único, com a sua arte e seu nome. Isso é muito legal porque o músico participa desde o início do processo da criação da arte, que também é feita por nós. Pode ser feito com foto, logo da banda e o que a imaginação deixar. Também é possível alterar o captador (sempre humbucker) e as tarraxas. Isso vai de cada músico, mas geralmente as personalizadas são entregues na mesma configuração das originais com a arte do músico.

Qual é a sensação de ver um instrumento fabricado pela empresa nas mãos de músicos como Faiska, Doca Rolim, Evandro Mesquita, Wilson Sideral e outros?

Thales Rosa: Cara, isso é a realização de vários sonhos juntos. Conhecer todos esses ícones, conversar com eles sobre música e vê-los em ação não tem preço.

Não me esqueço do Sideral me contando sobre o espanto do público quando ele tocou com a Musicboard pela primeira vez, pois eles levantaram os celulares para registrar o momento. Isso foi demais! Sem palavras!

Alguma novidade para este finalzinho de ano?

A novidade para o final de 2020 é um curso online de Lap Steel que estamos lançando. Muitos clientes e amigos sempre me procuraram para dar aulas, dicas etc. Daí surgiu a ideia de criarmos um método de ensino e o curso. Mesmo com essa parada do mercado por causa da pandemia nós nos movemos, produzimos muito porque sempre acreditamos no mercado nacional.

Considerações finais

Thales Rosa: Agradecer é sempre bom e faz bem. Durante nossa pequena história fomos abraçados por muitas pessoas e a maioria delas se tornaram amigos de verdade e nos acolheram, até por perceberem que nosso projeto tem uma alma leve, característica que vem dos esportes com pranchas. Lifestyle, vida simples, não conformismo com as regras do mercado e por aí vai. Juntando toda essa energia positiva só nos resta agradecer a todos que fazem parte dessa grande família. 

Maiores informações no site, loja virtual, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify da Musicboard.

 

*Autor: Álvaro Silva ([email protected]) é apaixonado por música, guitarra e luteria. Criador do blog Guitarras Made In BraSil – espaço dedicado à divulgação dos trabalhos de profissionais brasileiros que produzem guitarras, contrabaixos e violões custom shop.