Música para quem vive de música – Volume 9

Música para quem vive de música – Volume 9

por 26/08/2020

Continuamos apresentando grandes discos e filmes para sua cultura musical. Hoje temos Babatunde Olatunji, Billy Cobham e Lula Cortês e Zé Ramalho.

Babatunde Olatunji, Drums of Passion: The Invocation, 1988

 

 

Disco do percussionista nigeriano radicado nos EUA produzido pelo baterista Mickey Hart da lendária banda Grateful Dead. Graves retumbantes e cantos hipnóticos para se atingir estados alternativos de comunhão com a Mãe África.

Billy Cobham, Spectrum, 1973

 

 

Primeiro disco solo do ex- baterista da banda potência fusion Mahavishnu. Destaque para “Stratus” com o brilhante guitarrista e ex Deep Purple Tommy Bolin, já gravada por outros monstros como Jeff Beck e Stanley Clarke. Disco obrigatório.

Lula Cortês e Zé Ramalho, Paêbiru, 1975

 

 

Marco zero da alta psicodelia brasileira, dá para se sentir no meio da floresta Amazônica depois de comer aqueles cogumelos errados. Disco raro recém redescoberto no exterior.

*Autor: Alexandre Algranti, veterano do mercado latinoamericano de eletroacústica e colecionador de discos. Contato: [email protected]