Brandtruck cria projeto dentro de caminhão de vidro e leva música para as ruas

Brandtruck cria projeto dentro de caminhão de vidro e leva música para as ruas

por 21/08/2020

O projeto “Música na Varanda” é realizado dentro de um caminhão de vidro, onde diferentes músicos tocam pelas ruas de São Paulo.

Como muitas empresas, a Brandtruck – especializada na criação, construção e locação de trucks inteligentes para eventos – precisou se reinventar e criou o projeto “Música na Varanda” para levar música e mensagens de otimismo para os paulistanos. 

A empresa criou novas oportunidades para os músicos, pois dentro de um caminhão “de vidro” especialmente adaptado, eles podem rodar pelas ruas de São Paulo, interpretando músicas alegres e levando mensagens de otimismo.

O projeto conta com a participação dos músicos Marcia Regina Gomes, Ismaille Miranda, Dodô do Sax e o casal Fabia Dias e Rica Sant’ Anna , cujas atividades e renda foram afetadas pelo cancelamento de eventos  devido ao coronavírus.

A violinista e musicoterapeuta Marcia Regina Gomes vive apenas da música e sente na pele a interrupção de trabalhos em decorrência da pandemia. Marcia até conseguiu fazer alguns trabalhos musicais, como serenatas e apresentações para o Dia dos Namorados e Dia dos Avós, gravadas em vídeos ou online. “O grande problema é que isso não é suficiente para pagar nem o mínimo, que são as contas de consumo – água, luz, gás, internet, etc. Então, eu tive que começar a atuar também na área de comida”, conta a violinista, que passou a vender queijos, doces e marmitas. Hoje, a renda proveniente de música é só mesmo a do projeto da Brandtruck.

Dodô do Sax, como é conhecido, tinha como principais trabalhos a banda “Turma do Pagode” e o próprio projeto “Sax Live”; teve 70% das atividades suspensas, ficando apenas algumas gravações em estúdio. Também com renda exclusiva na música, Dodô teve o salário da banda diminuído drasticamente, mas continua recebendo, o que já é mais animador.

Shows em barzinhos, casa de shows e eventos corporativos, no momento, nem pensar. Então, o cantor e compositor, Ismaille Miranda, que fazia estas apresentações, vive agora com dificuldade. “Esse momento está sendo muito difícil, o que ainda gera uma renda, mesmo que baixa, são os direitos autorais de algumas músicas minhas e lives que participei como músico.”, diz. Além do truck, Ismaille neste momento, faz alguns arranjos e gravações, que ajudam a suprir com as obrigações do mês.

Já o casal de cantores e atores, Fabia Dias e Rica Sant’ Anna, além de fazerem apresentações musicais no truck, também se reinventaram e começaram a fazer serenatas presenciais para levar um pouco de amor em forma de canção. Precisaram adaptar e migrar as aulas de teatro para o online.

Até o momento, a campanha solidária “Música na Varanda” realizou cerca de 450 apresentações em bairros das zonas norte, sul, leste e oeste e a meta é chegar a 1.000 pontos de contato, à distância, é claro, até dia 8 de setembro. O projeto conta com o apoio da Crossfox Elétrica – que renovou o patrocínio da segunda etapa da ação – e da PagueVeloz. Em fase de planejamento, a ação deve se estender para outras capitais do país.