Virtual Riot no Hollywood Palladium com Elation Lighting

O artista de dubstep alemão Virtual Riot levou sua “Simulation Album Tour” ao Hollywood Palladium e eletrizou a multidão com seu estilo EDM apoiado por efeitos de iluminação da Elation Professional.

Dallas Gasper, da Paradox Productions and Design, projetou a plataforma com o diretor de iluminação Lorcan Clarke disponível para dirigir o show. O equipamento de iluminação foi fornecido pela 4Wall com efeitos especiais e lasers fornecidos pela Owl Vision.

Feixes, estrobos e barras de LED

Clarke criou designs de shows de laser para eventos de trance, house e techno na Irlanda antes de se mudar para a área da baía de São Francisco em 2020. Desde então, ele projetou, programou e dirigiu iluminação para a turnê americana ‘How Did We Get Here’ de Blu De Tiger em 2021, a turnê ‘Kiss & Tell’ do Sidepiece em 2022 nos EUA e os shows do Lollapalooza em 2022 do Deorro na América do Sul. Clarke codificou grande parte do show Virtual Riot no Hollywood Palladium e tinha equipamentos Elation de feixes, estrobos e barras de LED à sua disposição, além de outras barras de cores e blinders de LED.

24 aparelhos beam Elation, em grupos de quatro, serviram como as principais luzes móveis do show. As luzes pendiam centradas em seis treliças traseiras e eram flanqueadas em ambos os lados por barras de pixels. Como o teto do Palladium é um pouco baixo, a estrutura foi levemente inclinada para cima na parte inferior do palco para permitir maior visibilidade da plataforma. Doze estrobos Elation pendiam de torres de treliça, seis de cada lado de uma parede de vídeo. “Virtual Riot sendo principalmente dubstep, com alguns elementos D&B, certamente precisávamos de alguns flashes de alta potência”, disse Clarke. “Eles dão um alto impacto, especialmente com um pouco de neblina!”

Dez barras de LED Elation foram colocadas em cada lado da parede de vídeo do palco em uma formação em V lateral com o ângulo do V originado da parede de vídeo. “Estas são provavelmente minhas luzes lineares fixas favoritas. Adoro como as células parecem tão circulares nas fotos”, disse Clarke, acrescentando que as executou no modo de 33 canais para controle máximo. “Tê-las neste modo me permitiu criar alguns efeitos de bitmap e pixmap realmente únicos, especialmente porque o show foi codificado por tempo.”

Um dos looks favoritos do diretor de iluminação era como o movimento circular simétrico parecia com grupos de duas luzes. Ele também criou alguns momentos de laser onde, em vez de fazer um blackout completo de iluminação e vídeo, como normalmente é feito para grandes momentos de laser, ele simplesmente removeu o vídeo e definiu todas as barras de pixels para 1% de brilho. “Acho que o equipamento Elation funciona muito bem em níveis de baixa intensidade. Isso significava que os lasers poderiam brilhar e não desaparecer, mantendo a aparência do palco intacta!”

Fotos de Alex Varsa.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Música & Mercado
Logo
Registrar Nova Conta
Comparar itens
  • Compare Guitarras (0)
Comparar