Robe com Hardwell em São Paulo

Robe com Hardwell em São Paulo
abril 02 14:47 2014

O DJ número 1 do mundo Hardwell levou recentemente seu aclamado show ‘I Am Hardwell’ para o Brasil com uma apresentação no Espaço das Américas em São Paulo para 8000 pessoas onde a companhia de locação de iluminação Apple Produções forneceu mais de 100 movings Robe para o design do LD holandês Andre Beekmans da The Art of Light.

A iluminação para o show, o qual é produzido pela Alda Events, foi operada por Tom Spaan da The Art of Light.

Apple, uma das principais empresas de locação no país, forneceu 25 x ROBIN Pointe, 16 x ColorSpot 1200E AT, 6 x ColorSpot 2500E AT, 14 x ColorWash 1200E AT e 42 x Robe 100 LEDBeam para a atuação que teve todos os ingressos vendidos.

O design do palco inclui uma tela de LED quadrada detrás da cabine do DJ com um a moldura adicional de LEDs ao redor integrada na estrutura real da cabine, adicionando um sentido de três dimensões na montagem. A cada lado da cabine do DJ há três ‘asas’ de tela de LED montadas em uma perspectiva de redução de tamanho – com a iluminação ocupando os espaços entre elas.

Os ColorSpot 1200E AT estavam localizados nas asas e na estrutura frontal. Os ColorSpot 2500E AT foram usados para iluminação desde o fundo forte e dramática e para iluminação principal frontal sobre Hardwell, enquanto os ColorWash 1200E AT estavam todos sobre a estrutura frontal.

Os Pointe estavam em grupos de cinco e montados nas estruturas no fundo e frente e também localizados sobre o chão do palco… para efeito máximo.

Os pequenos LEDBeam 100 estavam distribuídos por toda a montagem – nas asas, ao redor da tela central e também sobre algumas estruturas voadas no auditório para iluminação de audiência.

Leia também:  Elation oferece vídeos de treinamento Elation Educational Experience E3

Cada aparelho tinha uma função diferente no show, e todos eles tiveram um trabalho intenso segundo explica Spaan, quem usou um console grandMA2 full size para controle.

Robe I Am Hardwell Sao Paulo 2014 04

Os ColorSpot 2500E AT foram usados para iluminar a Hardwell. Três estavam sobre a estrutura frontal, com seus potentes fachos suavizados com um filtro CTO para iluminação de frente mais ‘natural’, e esta luz sutilmente trocava entre tonalidades mais cálidas e mais frias para dar continuidade ao look e ambiente do conteúdo de vídeo, este último criado especialmente para o show pela Kijkbuiskinderen.

Os outros três ColorSpot 2500E AT foram usados em posições estáticas iluminando ao DJ super estrela desde o fundo, destacando sua cabeça e ombros e combinando com o resto da iluminação. “A iluminação de fundo teatral e os ótimos efeitos que pode dar às vezes ficam perdidos em um show de música dance”, observa Spaan.

Os ColorWash 1200E AT foram usados para iluminação geral e para o ato anterior ao principal. Muitos dos shows de Hardwell são filmados ou transmitidos pela internet, por isso o iluminador sempre fica atento para ter uma iluminação dinâmica sobre a audiência, e que o espaço em general nunca seja visto como uma caixa preta pouco atraente!

Spaan descreve os ColorSpot como um “preferido de todos os tempos” para iluminação básica. Os gobos rotatórios, o shutter e os efeitos de íris são ideais para preencher arenas com um “ambiente lento e suave” em combinação com estrobo forte e destaques de íris.

Ele disse que os pequenos e altamente potentes LEDBeam 100 são ótimos pela sua simplicidade pura. “Podem mover-se MUITO rápido e com precisão, trocar de cor e são realmente maravilhosos devido aos LEDs brancos e sistema óptico. Os fachos fechados são altamente efetivos inclusive quando os aparelhos estão montados realmente perto entre eles e “O output é concentrado e incrivelmente brilhante para um aparelho tão pequeno”.

Leia também:  Robe desponta no México

Cada vez que os LEDBeam 100 aparecem entre as especificações – que variam de show em show e segundo o que o fornecedor de iluminação local tiver no estoque – são usados para efeitos de estrobo fortes, como se fossem estrobos convencionais!

Também para alguns efeitos de scanner de ‘velha escola’ que estão na moda mais uma vez na cena de iluminação para eventos de música dance eletrônica!

Ele adora os Pointe pelo “Alto impacto” que também faz que possa usá-los com juízo nos momentos épicos do show, combinando beams e spots. O zoom amplo e o prisma linear são “Ótimas adições” para este tipo de moving e “Muitas outras opções permitem um show de luzes mais versátil e muitos efeitos surpreendentes”.

Também disse que para a música dance é bom não mexer as luzes o tempo todo, pois é possível esculpir imagens definidas com a luz, e dar muita energia para o espaço fazendo músicas completas simplesmente alternando parâmetros como (por exemplo) a intensidade.

Spaan tem trabalhado com produtos da Robe durante toda sua carreira profissional como LD e programador, e sempre fica feliz quando encontra a marca entre as especificações para um show, especialmente os modelos LEDWash, LEDBeam e Pointe.

Ele qualifica a Robe como um dos melhores e mais inovadores fabricantes ‘do momento’ e um que “Fica atento às altas demandas constantes dos designers e operadores”.

Spaan – de 27 anos – foi músico e professor de música por mais de 20 anos e profissional de iluminação nos últimos 10. Ele entrou na The Art of Light – um grupo de design conhecido pela sua visão renovada e inventiva para shows visuais – como operador freelance faz três anos, dando o sentido natural de ritmo, timing e musicalidade inata do seu estilo de operação único.

Leia também:  MA Lighting estará na Prolight + Sound 2019

 

 

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles