Loja: O Acústico cresce em vendas on-line e reforma loja física por 14/06/2021

Com experiência no segmento on-line, a pandemia trouxe crescimento para as vendas d’O Acústico, levando à expansão da loja física e à organização dos setores para oferecer melhores serviços aos clientes.

Localizada no bairro de Vila Guilherme, São Paulo, O Acústico nasceu em setembro de 2015, criado por Bruno Marcel Melo Ramires, proprietário. Antes da loja, em 2014, Bruno trabalhava na Cajon Pithy, na administração da fábrica e no setor comercial. “Assim que saí, peguei o meu acerto na Cajon e comecei o meu varejo on-line. No começo, tínhamos outro nome e vendíamos produtos que não eram instrumentos musicais. Um ano após o início desse trabalho, nasceu a loja O Acústico”, relembra Bruno.

Depois de quatro anos da abertura da loja física, alugaram o imóvel ao lado e se estabeleceram no ambiente virtual, que até hoje é o seu forte. 

Bruno Marcel Melo Ramires

A loja acaba de passar por uma remodelação, apesar da pandemia, o que trouxe ainda mais crescimento. “Como nosso trabalho sempre foi mais voltado para o on-line, em 2020 tivemos um boom de vendas durante todo o ano, principalmente nos meses em que todo o comércio físico estava fechado. Junto desse crescimento sentimos a necessidade de aumentar o nosso espaço físico e organizar ainda mais a nossa operação, que tinha aumentado muito.”

Com a ampliação da loja, conseguiram organizar melhor os setores e a exposição dos produtos no showroom: o térreo ficou somente para instrumentos de corda, teclado e áudio, e o primeiro andar, todo dedicado à percussão e bateria. A loja conta também com estúdio de fotografia para produtos, um setor destinado à embalagem e expedição dos envios diários e vagas de estacionamento para os clientes.

Pandemia e estratégias

Bruno conta sobre a experiência durante os primeiros meses da pandemia. “Assim que ficamos sabendo que fecharia tudo, foi um susto, uma grande incerteza. Cancelamos pedidos que ainda não tinham sido faturados pelos fornecedores, metade dos funcionários começou a trabalhar de casa. Mas de repente vimos que seria o contrário: as vendas cresceriam muito e estávamos preparados para isso. Temos um excelente relacionamento com as principais marcas com que trabalhamos e isso também nos ajudou muito nesse momento. Tínhamos o produto e toda a operação para entregar na casa do cliente, com rapidez e segurança.”

Um fator que ajudou nesse último ponto foi a implantação da entrega via motoboy no mesmo dia para São Paulo – Capital.

As marcas

A loja trabalha com as principais importadoras de instrumentos e acessórios, como  Izzo, Musical Express, Habro, Tagima, Giannini, Di Giorgio, ProShows, Sonotec, WMS e Hayamax.

“Nosso foco principal está na indústria nacional, com a qual fortalecemos nossa parceria e conseguimos ter uma relação mais próxima, e, consequentemente, melhores negócios. O que conta muito, em minha opinião, é o respeito por ambas as partes, em que um valoriza o outro. Assim, conseguimos ter um poder de venda maior com essas marcas, como Rozini, Torelli, Contemporânea, Baquetas Liverpool, entre outras.”

“Buscamos também produzir e distribuir instrumentos e acessórios diferentes no mercado, produtos artesanais e regionais. Alguns itens são feitos exclusivamente para a nossa loja, carregando o nosso logotipo, como o nosso lançamento, o Drum Set Cajon.”

O Drum Set Cajon é um acessório três em um feito no Brasil. Possui haste para prato com ajuste de altura, efeito de ganza (chocalho) e efeito de platinelas. Com esse kit, que cabe dentro da própria bag do cajon, é possível economizar espaço e peso. O braço é articulado, possibilitando ajustar a posição do prato, na distância e na altura. O kit acompanha uma placa com adesivos autocolantes e velcro, que será possível adicionar do lado direito ou esquerdo do cajon, podendo ser usado por destros e canhotos.

Como funciona o setor de lutheria na loja?

O Acústico tem um setor de lutheria que presta serviços de manutenção e regulagem de instrumentos de corda e percussão. A lutheria analisa e ajusta, quando necessário, todos os instrumentos de corda vendidos pela loja. “Nossa lutheria disponibiliza também o serviço de motoboy, que retira o instrumento na casa do cliente, executa o serviço na loja e depois entrega no mesmo local”, detalha Bruno.

O mercado hoje e amanhã

Ainda que as vendas on-line não tenham parado, Bruno sente que o consumo do setor está bem lento. “Nosso público, principalmente o profissional, está enfrentando grandes dificuldades, mas vejo um futuro promissor. Estamos fazendo diversas mudanças na empresa para conseguir manter nosso crescimento anual. Acredito que, com a vacinação da população, os shows e bares irão retomar suas atividades e o músico poderá voltar a trabalhar e a consumir nossos produtos.”

“A pandemia deu uma acelerada no processo de vendas on-line, que ainda parecia não ser fundamental para alguns negocios, mas que agora faz todo o sentido. Acredito que cada vez ficará mais difícil viver somente do comércio físico.”

“O Brasil tem muito a crescer no setor de instrumentos musicais. Com a fomentação da cultura e da musicalização infantil, principalmente nas escolas, teremos no futuro mais músicos iniciantes do que temos hoje. Sempre investimos nesse sentido. Nos últimos meses, realizamos, junto com a Torelli Musical e o Cifra Club, diversas videoaulas grátis de bateria e percussão, e lançaremos novas aulas em breve”, finalizou Bruno.

Mais informações no site, Facebook ou Instagram da loja O Acústico.