Izzo recebe a Zildjian no seu portfólio por 01/02/2021

A Zildjian mudou de distribuidor no Brasil. A marca agora trabalhará com a Izzo, focando na sua expansão no país com mais lojas e presença no mercado local.

A Izzo anunciou hoje (1º de fevereiro) sua nova parceria com a reconhecida Zildjian, sendo a primeira marca de pratos no portfólio da distribuidora.

A empresa está bem organizada para assumir o compromisso e vem novidades por aí. 

A apresentação da parceria será realizada hoje no evento digital Conecta+ Música & Mercado, junto a uma entrevista com Jean Dolabella, artista Zildjian e Vic Firth.

Priscila Storino, presidente da Izzo

Priscila Storino, presidente da Izzo, Leandro Campos, gerente comercial, e Edgard Ribeiro, gerente de marketing, contam mais a seguir.

M&M: O que significa para vocês obter a representação da Zildjian no Brasil? 

Priscila: A Zildjian é uma marca que faz parte da história do mundo, criada no século 17. É uma marca que, com mais de 400 anos, ainda mantém seu caráter inovador com lançamento de diversas linhas, artistas de todos os gêneros e estilos musicais.

Estamos ampliando nossa atuação em percussão e melhorando as opções que os lojistas podem oferecer para os seus clientes, ampliando os seus negócios. A marca Zildjian tem tradição inegável que se traduz em um giro certo para os lojistas, sempre associado à qualidade e confiabilidade oferecendo uma combinação versátil, de acordo com a necessidade do cliente. Ter uma marca dos sonhos como parte de nosso portfólio significa mais uma meta alcançada.

M&M: É a primeira vez que a Izzo tem uma marca de pratos, certo? Isso vai trazer algum tipo de mudanças na empresa ou no grupo de marcas que vocês têm? 

Priscila: A aquisição da marca não afetará a estrutura da empresa, contudo amplia mais nossa categoria dentro da linha de  percussão, que hoje conta com duas marcas de desejo desse segmento: a Vic Firth e a Remo. Esta combinação será de muita valia para o lojista que conseguirá melhores condições comerciais pelo volume até um consumidor que terá a oportunidade de ter produtos antes inacessíveis.

M&M: Como será a estratégia para trabalhar com a Zildjian? 

Leandro: O primeiro passo foi identificar quais são os produtos mais relevantes para o mercado brasileiro. Sabemos que é uma marca global e nem todos os produtos de boa performance em outros países terão a mesma expressão no Brasil. O segundo passo foi apresentar à Zildjian um plano destacando a importância de se aproveitar o poder de distribuição da Izzo com o mix de produtos adequado. A partir deste alinhamento, a marca entra em nosso portfólio para compor uma tríade juntamente com a Vic Firth e a Remo e daí por diante, nossa política comercial permitirá a todos os lojistas o acesso a marca de forma acessível e democrática.

Distribuição, política comercial democrática e marketing intensivo, acreditamos que estes três pilares serão fundamentais para uma boa performance da Zildjian no Brasil. Procuraremos expandir mais a distribuição da marca no país e ter mais lojas trabalhando conosco.

M&M: Como a equipe da Izzo está se preparando para trabalhar uma marca de pratos? 

Leandro: A Izzo tem procurado agregar valor em seu portfólio por meio das marcas internacionais entretanto, o desafio é encaixar no portfólio marcas que estejam em sintonia com nosso mix e nosso DNA. A chegada da Zildjian é um exemplo perfeito deste encaixe afinal. Somos um dos fabricantes de percussão mais tradicionais do País e distribuímos dois outros gigantes, a Vic Firth e a Remo. Obviamente o time de vendas, marketing e toda a organização precisa de treinamento e este é o nosso foco de momento mas em linhas gerais, estamos preparados, com profissionais que já possuem experiência anterior em marcas concorrentes de pratos, um trabalho árduo de análise de portfólio e ouvindo os anseios de um mercado ávido para produtos de qualidade a preços justos.

M&M: O que acontecerá com o estoque de produtos que ainda está no Brasil?

Priscila: A aquisição de estoque já nacionalizado inviabilizaria a comercialização dos produtos aos preços de mercado. Obviamente este seria o melhor cenário para todos neste momento, entretanto, o sistema tributário brasileiro não permite esse tipo de negociação.

M&M: Então, quando chegará o estoque direto para a Izzo? 

Priscila: A chegada do nosso primeiro embarque está previsto para a segunda quinzena de Abril.

M&M: Que objetivos tem com essa nova parceria, talvez em um ano ainda difícil devido à pandemia e aos shows ao vivo que ainda não podem ser realizados? 

Leandro: Apostamos em relações de longo prazo, não fechamos acordos para resultados imediatos. Todos nós atravessamos um momento sem precedentes mas sabemos que muito em breve tudo isto irá passar, os grandes shows voltarão a acontecer e a humanidade celebrará a vida com muita música. Neste momento a Izzo, a Zildjian e todas as marcas do nosso portfólio estarão lá, com o que cada uma tem de melhor para juntos darmos sentido à nossa missão, transformar vidas através da música. Enquanto isso, falando estrategicamente, vamos trabalhar mais nos canais on-line e melhorar a linha de produto da Zildjian no Brasil.

M&M: Como será o marketing para a Zildjian e o trabalho com endorsers? 

Edgard: A Zildjian tem um casting muito vasto e diversificado de artistas da marca, além de uma política bem definida de endorsement. Todos os padrões e diretrizes da marca serão obedecidos, mas haverá um trabalho de curadoria e criação de conteúdo digital nacional valorizando o artista brasileiro e demonstrando a qualidade do produto. O trabalho dentro do PDV também será importante, marcando presença no centro de decisão do consumidor e auxiliando nosso cliente a vender produtos através de uma venda consultiva e saudável.

M&M: Explique mais sobre o trabalho junto com o lojista por favor.

Leandro: A presença nas lojas é importante entretanto, mais importante ainda é a presença em diversas lojas. Intensificaremos a identificação visual da marca, aproveitando um programa de trade marketing desenvolvido pela própria Zildjian. Assim como a Izzo, eles enxergam muito valor em uma marca bem exposta e organizada no ponto de venda. Isto, de certa forma, também alinha-se aos nossos investimentos em campanhas de relacionamento com as lojas, algo que se tornou marca registrada da Izzo por conta das vitoriosas campanhas do Caribe e Portugal e de impacto direto nas vendas. Falar sobre vendas é também falar sobre relacionamento e nós sabemos a importância disto.

Você pode participar grátis do evento Conecta+ Música & Mercado aqui.