Home

Hal Leonard: de legendária editora à uma distribuidora de sucesso por 06/01/2020

A Hal Leonard possui uma grande variedade de métodos educacionais impressos e digitais, marcas que distribui em vários países do mundo e uma rica história que contamos a seguir

A americana Hal Leonard tem uma história particular que começa com a banda musical dos irmãos Harold “Hal” e Everett “Leonard” Edstrom e seu amigo Roger Busdicker. Quando a banda se separa, Harold abre uma loja de música, enquanto os outros dois ensinam música para bandas escolares, percebendo a necessidade de adaptar canções populares para ser tocadas por essas bandas. Ao saber dos arranjos que estavam fazendo para os alunos, professores de outras partes do país começaram a pedir suas adaptações e, assim, nasceu a ideia de abrir uma editora musical.

Com o tempo, outros métodos foram adicionados, como arranjos para coros, sistemas para aprender a tocar órgão, piano, violão e uma longa lista de adições. A popularidade da empresa cresceu além dos limites dos Estados Unidos e seus métodos estão presentes hoje em mais de 65 países.

Hal Leonard possui dois escritórios: a sede corporativa em Milwaukee, Wisconsin, e um centro de administração, produção e distribuição em Winona, Minnesota, além de outros escritórios em Boston, Austin e San Francisco, e, no exterior, na Austrália, Bélgica, China, Alemanha, Holanda, Índia, Itália, Suíça e dois no Reino Unido.

Doug Lady é seu atual vice-presidente sênior de vendas. Ele começou a tocar piano aos 7 anos e trabalha na Hal Leonard há 28, além de ter administrado sua própria loja de música em Illinois e tocado muita música ao longo de sua vida! Um de seus papéis na empresa, em 1993, foi supervisionar as vendas no mercado latino-americano, visitando vários países da região, como Argentina, Brasil, Chile e México. “Adoro a paixão musical dos latino-americanos. Do ponto de vista comercial, acho que temos muitas oportunidades de crescimento e expansão nesse mercado e estou ansioso para ver aonde o futuro nos leva.”

Doug explicou que, durante os 72 anos de história da empresa, eles ajudaram inúmeras pessoas a aprender a tocar instrumentos. “Estudos recentes mostraram que crianças que participam de música obtêm melhores resultados em outras matérias, têm taxas mais altas de graduação e têm menor probabilidade de se envolverem em crimes. Em minha opinião, a indústria da música é um dos negócios mais importantes e gratificantes para se participar, afinal, estamos ajudando a formar mais criadores de música!”, enfatizou.

 

 

A empresa

O catálogo de partituras e métodos educacionais da Hal Leonard inclui mais de 100 mil títulos. Abrange tudo, desde livros de aulas de ukulele para iniciantes até conjuntos de partituras e partes para bandas e orquestras.

Além de livros e partituras, a Hal Leonard distribui e representa mais de 50 fabricantes de instrumentos e acessórios nos Estados Unidos. Isso inclui marcas conhecidas como Avid, Blue Microphones, Morley Guitar Effects e KAT Electronic Drums, que também estão disponíveis por meio de sua rede de distribuição na América Latina.

Doug disse: “Os Estados Unidos têm sido um excelente mercado para demonstrarmos nossa estratégia de distribuição. Uma vez que encontramos sucesso nos Estados Unidos com uma marca, procuramos implementá-la em nossa distribuição em outras regiões. Esta é uma oportunidade de trabalhar mais de perto com os fabricantes que representamos e oferecer mais valor aos nossos clientes internacionais”.

O catálogo de instrumentos e acessórios que a empresa administra para a América Latina contém marcas como Flight Ukuleles, Kahua Ukuleles, bateria eletrônica KAT, efeitos de guitarra Morley e Tycoon Percussion.

Na América Latina

A atuação da Hal Leonard na nossa região é muito mais ativa do que se pode imaginar. Doug conta mais.

M&M: Como é o relacionamento com o mercado latino?

Doug: Especificamente na América Latina, mantemos canais de distribuição sólidos e de longa data para nosso catálogo de materiais educacionais. A educação musical sempre foi e sempre será o núcleo de nossa identidade. Acreditamos firmemente que melhores produtos educacionais criam mais músicos e mais músicos significam uma indústria mais forte de instrumentos musicais.

À medida que temos nos diversificado para outros produtos além de livros e partituras, criamos novos canais com parceiros locais para as marcas que oferecemos. Também maximizamos nosso relacionamento com parceiros existentes, oferecendo mais marcas de uma única fonte. Isso simplifica o fornecimento e cria uma melhor economia de escala para lojas e distribuidores independentes.

M&M: Tem material em espanhol e português?

Doug: A música é uma linguagem universal, não apenas no sentido de sua capacidade de comunicar emoções e ideias sem palavras, mas também no sentido das notas escritas em uma página. Um concerto de Bach, uma vez escrito, pode ser interpretado por qualquer músico, em qualquer lugar do mundo, independentemente do idioma que eles falam. Isso por si só confere aos nossos produtos um atrativo universal.

A música educacional, que inclui explicações e instruções em palavras escritas, é mais bem-sucedida para nós com a tradução. Nossos produtos traduzidos variam de métodos de piano tradicionais e estabelecidos de John Thompson e Willis Music a métodos modernos de piano de empresas como Faber Piano Adventures. Em alguns casos, especialmente no Brasil, também autorizamos a tradução e distribuição de nossos livros por parceiros locais.

M&M: Qual é a importância desse mercado para a empresa?

Doug: A América Latina nos deu artistas de jazz como Antonio Carlos Jobim e compositores prolíficos como Ernesto Lecuona, mas a tradição musical latino-americana também influenciou músicos profissionais e estudantes de música de todo o mundo. Uma comunidade musical latino-americana saudável e vibrante é boa para todos, não apenas para os negócios.

Estrategicamente, uma rede de distribuição sólida na América Latina completa o alcance global exclusivo da Hal Leonard. É um complemento importante para nossos próprios centros de distribuição internacional na Austrália, Holanda, Reino Unido e outros lugares. Quanto mais mercados atendemos, mais podemos aumentar nossa oferta de produtos e agregar novo valor a parceiros de todos os tamanhos.

M&M: Como a empresa está fazendo aqui?

Doug: Apesar de alguns dos desafios econômicos da história recente, nossas vendas na América Latina mantiveram um crescimento constante. Isso inclui livros e partituras, além de instrumentos e acessórios. No entanto, sabemos que existem mais oportunidades para nossos produtos no mercado latino-americano. Quando você tem um catálogo de mais de 100 mil itens e 50 marcas, sempre há oportunidades para fazer mais!

M&M: Tem preparado alguma ação para 2020?

Doug: Em termos de publicações, temos alguns projetos de tradução grandes em andamento. O Essential Elements, um de nossos principais planos de estudo para o mercado de educação escolar nos EUA, já encontrou um lugar em muitas salas de aula na América Latina, mas ainda não foi totalmente traduzido. Em breve teremos uma tradução do método de guitarra Vaideology, incrivelmente popular, escrito pelo próprio Steve Vai. Por fim, a Faber Piano Adventures lançará um método de piano para adultos em espanhol para complementar sua principal série de instrução para jovens iniciantes.

Nosso catálogo de produtos distribuídos também aumentará. A marca de baterias eletrônicas KAT apresentará novos modelos, o Pro Tools continuará lançando novas iterações e traremos mais marcas novas ao nosso catálogo para a América Latina de nossa distribuição nos Estados Unidos. Ganhamos prêmios na NAMM na categoria “Company to Watch” (Empresa a Observar) várias vezes na história recente, porque sempre há algo novo acontecendo na Hal Leonard!

 

 

Comentários