Proteção BAM Cases para instrumentos chega ao Brasil

Proteção BAM Cases para instrumentos chega ao Brasil
setembro 20 08:08 2017

A BAM tem produzido estojos para instrumentos na costa atlântica da França por mais de 40 anos, fazendo 50 mil estojos à mão por ano. Agora, a empresa apresenta seus produtos no Brasil

Katja & Robert Götz

A BAM leva a arte de proteger instrumentos no seu DNA. Até têm sido reportados casos de acidentes de usuários com seus produtos em que nem o instrumento nem a pessoa sofreu danos físicos graças aos seus estojos! Os produtos possuem uma carcaça rígida ultraleve composta por uma combinação dos plásticos Airex, PVC e ABS, produzidos à mão, seguindo um processo complexo desde o início nas instalações de Dives-sur-Mer, perto de Deauville.

A composição exata do corpo dos estojos é um segredo da empresa, mas dá para perceber que as travas fecham delicadamente e sem ruído, e os produtos estão cobertos por uma camada de proteção especial. As alças são duradouras e cada parte do processo é controlada e inspecionada constantemente para garantir a qualidade da fabricação.

A empresa teve início pelas mãos do casal francês Laurence e Philippe de Trogoff. “Foi há mais de 40 anos, quando Philippe quis fabricar um barco a vela e percebeu que os materiais que estava experimentando tinham as propriedades certas para construir um estojo para sua querida guitarra”, explicou a atual proprietária Katja Goetz. Assim nasceu o primeiro protótipo, que se tornou altamente popular entre seus amigos músicos. Isso foi seguido por um pedido de patente e a criação da empresa sob o nome BAM, abreviatura de ‘Boîte-à-musique’, ou ‘caixa de música’.

A empresa hoje

Em 2011, Robert e Katja Goetz, dois profissionais na indústria da música, passaram a se encarregar do negócio, que hoje permanece ativo com distribuidores próprios nos Estados Unidos, na Rússia e na China. Também se dedicam à criação de uma loja on-line que será lançada em breve para atender clientes no mundo todo.

Leia também:  Dylan anuncia uma nova Tonante

Quando Robert e Katja começaram seu trabalho na empresa, os estojos estavam disponíveis nas cores escuras tradicionais, mas novas coleções foram criadas com diversas cores e estampas, materiais inovadores e equipados com novas características, que estão sempre em desenvolvimento, em colaboração com músicos usuários.

Dentre as linhas disponíveis, encontramos os estojos de edição limitada Paris, com estampa colorida; o Revolution, de couro preto; a série L’Etoile, considerada a bolsa Hermès de estojos para instrumentos, feita com o mais fino couro e visual de alumínio pulido exclusivo — pode ser pedido em uma variedade de cores e estilos —, além da colorida série Katyushka, com decoração russa tradicional, e o modelo Sundown-Orange, que, com sua cor laranja, foi adicionado à linha La Défense. Também podemos encontrar os estojos de carcaça mole resistentes à água da linha Performance e a série Texas, que vem em couro resistente ou pele de vaca.

“Nossos produtos se destacam pela qualidade, pelo processo de produção à mão, pelo design francês e, sobretudo, pela inovação”, destacou Katja.

Foco no Brasil

Começando com uma estratégia de expansão no mercado latino-americano, a BAM foca o Brasil. É o primeiro país da região onde buscam o parceiro correto para iniciar suas atividades. “Estamos procurando um distribuidor aqui e também pensamos na possibilidade de criar uma pequena empresa de distribuição própria. Tudo vai depender das oportunidades que encontrarmos”, disse Robert.

Para a empresa, o Brasil é um mercado muito interessante devido ao fato de que, na América Latina, a música ocupa grande parte da vida social das pessoas, trazendo muitos tipos e estilos de música diferentes, com imenso potencial para a BAM.

“Falando sobre os preços para os nossos novos parceiros, trabalhamos com os mesmos valores, seja para um luthier ou uma loja grande (on-line ou física). Mas, sim, temos diferenças quando se trata de venda no atacado, dependendo do volume”, destacaram os proprietários da empresa. “Uma coisa importante é que nunca damos exclusividade para um atacadista. Quer dizer, até agora não temos feito isso, mas poderia mudar no Brasil. Sempre se podem encontrar bons compromissos!”.

Leia também:  Lançamento Casio: teclado estudo CTK 3000 KT

Independentemente do tamanho do cliente, a BAM sempre garante o máximo nível de serviço para sua satisfação. “Não só planejamos nos expandir na América do Sul, mas também na América Central, no Caribe e no México. Todas as atividades nesses territórios serão supervisionadas pela casa matriz em Dives-sur-Mer, França”, adicionaram.

Quer conhecer os produtos pessoalmente? Visite o estande 2/J da BAM Cases na feira Expomusic!

Mais informações: bamcases.com

 

Comentários
view more articles

About Article Author

Redacao MM
Redacao MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles