Tascam retoma distribuição no Brasil 

Tascam retoma distribuição no Brasil 
agosto 23 13:28 2018

Com quase de 65 anos dedicados à gravação e produtos de áudio, a Tascam está de volta oficialmente ao Brasil, pelas mãos da Music Company, e anunciou lançamento de produto no País.

Por meio da distribuição exclusiva da Music Company, a Tascam aporta de novo em terras brasileiras com uma série de lançamentos e produtos dignos de sua história.

Fundada em 1953, a Tascam é a divisão de áudio profissional da Teac (Tokyo Electro Acoustic Company) e sua especialidade sempre foram os produtos voltados para gravação profissional. Desde mesas e mixers a gravadores de rolo, passando pelos famosos Portastudios e máquinas de fita digital da série DA, é difícil  encontrar algum artista que não tenha começado ou gravado em um produto Tascam. No início dos anos 2000, quase todo filme de cinema e TV era dublado em plataformas de produtos Tascam. As gerações vêm se sucedendo e a Tascam (hoje parte do grupo Gibson Brands Inc., que detém 54% das ações) vem cada vez mais focando o áudio digital profissional para quem tem o custo-benefício como opção inteligente.

Das diversas linhas, as mais bem-sucedidas são as dos gravadores portáteis da série DR, a linha de produtos para som instalado e as interfaces USB. Nos últimos anos, o desenvolvimento de produtos vem se dando de maneira a complementar o portfólio existente e, portanto, a aproximação com consumidores que não abrem mão de qualidade tem sido quase que constante.

Costumeiramente imitada, mas nunca duplicada, a Tascam tem como características fundamentais a qualidade de som e o compromisso com a durabilidade.

Em primeira mão

Model Angle Left copia

Lançamento no Brasil: Model 24

Não é a primeira vez que a Tascam escolhe o Brasil para lançar um produto global. Foi assim com o renomado gravador digital de 24 pistas MX2424 e o centro de produção SX-1. Agora a Tascam adianta o lançamento de sua série de mixers digitais e interfaces, a começar pelo Model 24. Este produto é uma potente solução para o segmento de home studios, igrejas, som ao vivo e pós-produção. O lançamento vem sendo chamado de disruptivo, já que oferece recursos excelentes e versatilidade notável em diversas aplicações de áudio.

À primeira vista pode ser confundida com um mixer digital comum, mas ao olhar mais fundo, descobre-se que esta é uma ferramenta poderosa de trabalho que  inclui um mixer analógico/digital híbrido com 22 canais, um gravador de 24 pistas e uma interface de 22”x24” num único pacote. Permite ainda endereçamento individual de entradas para gravação multipista ou em eventos ao vivo. A diferença se encontra na qualidade de som obtida por meio de seu processamento e de pré- amplificadores de alta qualidade. A mesa ainda traz Bluetooth, USB, equalizador gráfico de sete bandas para a saída principal e para os monitores, três auxiliares,  compressor com controle individual para os canais 1 a 12, gravação com funções comuns ao Portastudio e ainda possibilidade de edição posterior via Punch In e Punch Out. Os faders são de 100 mm com PFL, possuindo dois grupos e seletor de modo de reprodução por canal. Todos os canais possuem quatro bandas de equalização com varredura de médios e tecla Low Cut.

Leia também:  AES: Conheça o novo gravador digital da Roland

Visitando o Brasil

Em visita ao Brasil, o responsável da Tascam para a América Latina, Cash Yamaguchi, nos atendeu para responder a algumas perguntas.

cash copia

Cash Yamaguchi da Tascam

M&M: Há quanto tempo você está na Tascam? 

CY: Estou com a Tascam desde 1991, que foi o ano no qual a Teac iniciou o lançamento oficial das marcas Teac e Tascam na América Latina. Também foi o ano em que começou a liberalização de negócios e do comércio na região, do Chile ao México. Foi de fato um período muito excitante.

M&M: Como vê a América Latina atualmente? 

CY: Tem havido curtos períodos de problemas econômicos na América Latina conforme o ciclo se repete no mundo todo, desde a abertura do mercado, em 1991. No entanto, a tendência geral dos negócios tem crescido positivamente e o dinamismo da região tem apresentado um crescimento contínuo. Acredito que estamos testemunhando um ressurgimento no otimismo dos negócios, conforme evidenciado no crescimento estável dos gastos de consumidores e de projetos públicos por toda a América Latina.

De fato, esta é uma região muito diversificada em termos de geografia, tamanho de mercado, cultura, idiomas e preferências dos consumidores. Cada país oferece uma quantidade grande de desafios e oportunidades. No ano passado, por exemplo, nossas vendas no Caribe e na América Central tiveram um forte crescimento. Entender e tomar ações proativas de acordo com cada oportunidade singular em cada região é o ponto crítico para qualquer negócio. Trabalhando junto com nossos parceiros em cada mercado, é possível oferecer um suporte ao consumidor, o que hoje é fundamental.

M&M: A Tascam é parte do Grupo Gibson e vem lançando diversos novos produtos. Quais são os principais lançamentos e para quando devemos esperar por eles?

CY: A Teac Corporation se encontra sob o guarda-chuva do Gibson Group. No entanto, toda a gestão da Teac e seus subsidiários mantiveram-se independentes, assim como a parte de pesquisa e desenvolvimento de produtos. Durante 2017 e 2018 a Tascam lançou uma série de novos produtos com tecnologia de ponta nos campos de integração de redes de áudio e mobilidade para profissionais em estúdios de gravação, gravação em campo e integração A/V (áudio e vídeo).

Leia também:  Shure e Musical Express participam juntas da primeira edição da Music Show

Dentre os lançamentos, tivemos soluções para o protocolo Dante (modelos: ML32D/16D, SSCDR250N, CD-400U, DA6400, BO-Boxes), geradores precisos de master clock (CG1000/1800/2000), gravadores DSLR (DR701D, DR70D, DR60), mixers de linha e zona (MZ372/223) e mais alguns. E vem muito mais coisa nova por aí em 2018/2019.

M&M: A América Latina possui diversas culturas, conforme você citou acima. Quais são os produtos mais vendidos e quais são aqueles em que se acreditou que teriam sucesso e não obtiveram tal desempenho?

CY: A integração de aplicativos móveis, rede wi-fi e recentemente protocolos de transmissão remotos, tal como o Dante, têm sido as características principais das tecnologias em todo o aspecto de produção musical e de áudio em geral. As tecnologias não têm fronteiras. Toda a nossa bem treinada equipe nos escritórios de Los Angeles e nossos parceiros locais devem se manter em um único objetivo, que é de servir bem nossos consumidores. E estamos comprometidos com isso.

M&M: A Tascam vem sendo reintroduzida em caráter oficial no Brasil pela Music Company. Como você enxerga o desenvolvimento desse trabalho, uma vez que o Brasil vive uma confusa situação econômica? Qual é a sua expectativa para o Brasil?

CY: Com o tamanho de seu mercado e dinamismo, o Brasil tem sido o motor econômico da América do Sul. Com o colapso do mercado de commodities, o Brasil e outros países na região têm sofrido um revés econômico forte. Mas tenho notado sinais de recuperação e me encontro otimista sobre a prospecção de negócios em toda a região.

Adiciono ao meu otimismo  esta nossa parceria com os representantes e distribuidores de cada país. Há três anos, a empresa PC Audio foi apontada como nosso novo distribuidor Tascam no Brasil. Após um relançamento bem-sucedido da marca Tascam, a PC Audio entrou nesta parceria com a Music Company no começo deste ano. Essa nova parceria abriu novas oportunidades para solidificar nossa presença nas áreas de broadcasting, áudio pro e no mercado de integração de A/V.

A Tascam estará sendo mostrada na SET 2018 pela PC Audio/Music Company. Nesse evento, terei o prazer de anunciar que a Tascam estará oficialmente lançando um novo produto chamado Model 24, um novo gravador de 24 pistas digitais, mixer e interface. No dia 28 de agosto será feito o lançamento global do produto. Também na SET será apresentado o DA3000, um gravador master estéreo revolucionário com alta taxa de amostragem de 152 KHz PCM ou 5,6 MHz DSD com dois circuitos mono

Model Top Angle copia

Model 24

totalmente separados.

Leia também:  Encontro de Negócios: Music Company traz lançamento global da NI

M&M: Qual o futuro da Tascam na América Latina? Alguma estratégia específica ou mudanças à vista? 

CY: Com o ressurgimento do desenvolvimento econômico positivo, vejo uma guinada significante nos mercados da América Latina. Como já apontado, tenho visto isso em toda a região. Continuarei fortalecendo nossa parceria com os distribuidores locais. Tenho parceiros espetaculares em todos os países. Alguns novos e outros com os quais tenho o prazer de trabalhar há mais de 20 anos.

A estrita aderência a criar uma “experiência positiva” para o nosso consumidor tem sido a pedra fundamental dos 65 anos de história do grupo Teac. Desde a gravação em “garagens” aos estúdios profissionais, de músicos aspirantes ao sucesso a produtores de filmes e cinema, cada produto Tascam tem sido reconhecido pela alta qualidade, confiabilidade, inovação e uso fácil.

A América Latina tem sido parte integral deste objetivo de alcance global da Tascam. O futuro da empresa na América Latina é o mesmo que será nos EUA, na Europa, na Ásia e no resto do mundo. Como parte dessa iniciativa, temos fortalecido nossos treinamentos on-line por meio de suporte técnico e filmes promocionais dublados e legendados nas mídias sociais. Estou comprometido em criar esta “experiência positiva do consumidor “.

M&M: A Tascam alguma vez considerou abrir escritório em alguma cidade da América Latina?

CY: Não temos planos imediatos de abrir um escritório na região. No entanto, estamos sempre buscando formas de melhor servir nossos clientes — distribuidores e consumidores finais —, não somente em vendas, mas também em suporte e assistência técnica.

M&M: Você acredita que o áudio profissional ainda pode apresentar inovações significativas? Ou enxerga que o que  está aí já cobre quase tudo? Acredita na volta de alguma espécie de mídia?

CY: O áudio profissional tem sido, e sempre será, o berço das inovações tecnológicas desta indústria. Os formatos de mídia continuarão a se desenvolver com novas tecnologias. O DSD de 1 bit vem ganhando uma rápida aceitação entre audiófilos e o nosso modelo DA3000 tem conquistado um espaço nos melhores estúdios de gravação do mundo. Nos seus 65 anos de história, a Tascam tem sido a marca líder na vanguarda da tecnologia, tendo lançado produtos como os ganhadores de diversos prêmios: Portastudio 144 788, Tascam 80, DA88, MX2424, DM4800, DA3000 e o DA6400, para citar alguns. Nosso time de engenharia continuará comprometido em fazer da Tascam a líder na indústria de gravação.

Comentários
view more articles

About Article Author

Joey Gross Brown
Joey Gross Brown

Sólida experiência em vendas, marketing e administração geral adquirida em grandes empresas líderes de mercado, reportando-se diretamente ao conselho de administração e/ou presidência. Vinte e dois anos de experiência de gestão sólida, incluindo planejamento, execução e avaliação de pequenas, médias e grandes projetos para todos os tipos de tamanhos de empresas. fluência total em Inglês, Português e Espanhol. Líder da equipe de auto-motivado e resultado impulsionado profissional com habilidades ideais para a condução de pequenas e grandes equipes para realização alvo em qualquer tipo de ambiente.

View More Articles