Music China fará feira presencial em outubro para comemorar 20º edição por 01/07/2021

Music China está comemorando seu 20º aniversário em 2021 com um evento presencial que será realizado de 13 a 16 de outubro no Shanghai New International Expo Centre. 

Nas últimas duas décadas, a Music China passou de um evento humilde, com 274 expositores, para o que é hoje uma das maiores feiras de instrumentos musicais do mundo, refletindo o forte compromisso em fornecer uma plataforma eficaz para expositores e visitantes expandirem seu alcance local e internacionalmente.

Judy Cheung, diretora executiva adjunta da Messe Frankfurt (HK) Ltd, tem orgulho de ver como a Music China cresceu em importância e tamanho ao longo dos anos. Ela comenta: “Desde seu lançamento, em 2002, a Music China tem crescido a cada ano e se estabelecido rapidamente como uma plataforma de negócios renomada na indústria de instrumentos musicais, confirmando a força geral do show em gerar resultados de negócios significativos para participantes da indústria local e estrangeira, além de fornecer um excelente destino para a criação de marca, a educação e a oportunidade de fazer contatos”.

O evento deste ano terá um espaço de exposição de 115.000 m2, distribuído em dez pavilhões.

Uma das categorias que foram adicionadas em 2021 é “equipamento de gravação e estúdio”, expandindo o perfil de produtos para incluir também o mercado de streaming ao vivo, que ganhou grande popularidade na China desde o início da pandemia, bem como em muitos outros países do mundo. Cheung explicou: “Considerando as sinergias entre streaming ao vivo, gravação e instrumentos musicais, esperamos expandir o escopo de produtos para ajudar os participantes a capturar oportunidades de negócios emergentes”. Espera-se que a nova adição atraia músicos, professores de instrumentos musicais, artistas, amantes da música e formadores de opinião para explorar novas perspectivas de negócios com fornecedores no show.

Segmentos de piano e violino ainda são fortes

O mercado de educação musical da China ultrapassou os US$ 15 bilhões em 2020 e deve manter uma taxa de crescimento anual de 8%. Em particular, a indústria chinesa de pianos é um negócio enorme e em crescimento. Nas últimas décadas, aprender piano tornou-se cada vez mais popular, especialmente entre as crianças. De acordo com pesquisas recentes, existem atualmente mais de 30 milhões de crianças na China que estão aprendendo a tocar piano, com uma taxa de crescimento anual de cerca de 10%. Da mesma forma, a crescente popularidade da música clássica ocidental também criou um grande potencial para a indústria de violino no mercado chinês.

O piano tem sido a maior área de exposição da Music China, seguido do violino, há vários anos.

O potencial do mercado chinês

A indústria de instrumentos musicais está gradualmente se recuperando dos efeitos da pandemia. De fato, no segundo semestre de 2020, o valor das importações de instrumentos musicais e acessórios na China experimentou um aumento significativo: um aumento de quase 40% em novembro em relação a julho. De janeiro a novembro de 2020, o valor total das importações atingiu US$ 394 milhões. Além disso, a matéria de música tornou-se obrigatória para os exames de admissão no ensino médio em algumas áreas da China. Espera-se que a música desempenhe um papel educacional e econômico mais importante no mercado chinês, junto com o crescente poder de compra da população. Dessa forma, os participantes das indústrias nacional e estrangeira veem a Music China como uma porta de entrada ideal para explorar o enorme potencial de mercado do país.

A Music China é organizada pela Messe Frankfurt (HK) Ltd, China Musical Instruments Association e Shanghai Intex Exhibition Co Ltd. Os organizadores irão monitorar de perto a situação da pandemia e cumprir rigorosamente as diretrizes de proteção do governo local.

 

Haverá também shows ao ar livre