Martin Guitar e ambientalistas globais se reúnem para discutir matéria-prim

Martin Guitar e ambientalistas globais se reúnem para discutir matéria-prim

por

O 7º Encontro Bianual da Madeira, organizado pela CF Martin & Co. (Martin Guitar), foi realizado recentemente para discutir a sustentabilidade no fornecimento de matérias-primas.

O evento incluiu representantes da National Resources Canada, do World Resource Institute, do Departamento de Agricultura e da Agência de Pesquisa Ambiental dos Estados Unidos. O objetivo do encontro foi fornecer uma visão completa do estado atual de fornecimento responsável e sustentável de matérias-primas, especificamente as madeiras exóticas com as quais a Martin Guitar faz suas guitarras acústicas.

O tema de abertura revisou o estado da Martin Guitar como uma Corporação com Certificado B, um processo de certificação que inclui uma revisão de 170 pontos das práticas comerciais, inclusive seu impacto ambiental. A Martin Guitar foi nomeada Corporação com Certificado B em setembro de 2018, e se juntou à Ben & Jerry’s, Warby Parker e Patagonia.

Um painel de discussão abordou as disposições da Convenção sobre Comércio Internacional e Espécies Ameaçadas (Cites), um tratado multilateral da década de 1970 que protege plantas e animais em perigo de extinção. As disposições da Cites visam claramente supervisionar a importação e exportação de matérias-primas; entretanto, seus princípios também podem ser aplicáveis à venda e transporte de produtos acabados.

Essa interpretação mais ampla afetou a Martin Guitar (e todos os fabricantes de instrumentos musicais que usam madeira) em termos de comércio de importação/exportação e até mesmo o envio de instrumentos por mar. Esse último ponto foi discutido por Heather Noonan, da League of American Orchestras, de Nova York.

As estratégias ambientais da Martin Guitar na América do Sul foram revisadas por seus especialistas em suprimento, Albert Germick e Michael Dickinson, que usaram fotografias tiradas durante visitas ao local para ilustrar o progresso na conservação e no reflorestamento.

A Martin também anunciou planos para construir um novo depósito de 60.000 m2 no Chrin Commerce Center, fora da Rota 33, que será usado para armazenar tanto as matérias-primas quanto o produto acabado.

O próximo Martin Guitar Wood Summit foi agendado para 2021.

Foto: Frank Untermyer, da Martin Guitar (à esquerda), Ken Farr, da Natural Resources Canada (centro) e Cindy Squires, da Associação Internacional de Produtos de Madeira (à direita) plantaram uma árvore na sede da Martin Guitar em Nazareth, PA.

Comentários