Lojista: Audiodriver se reestrutura para comemorar seus 10 anos 

Lojista: Audiodriver se reestrutura para comemorar seus 10 anos 

por 02/12/2019

Com uma década no mercado, a Audiodriver anuncia reestruturação do negócio com o intuito de oferecer melhor serviço e continuar crescendo nos ambientes físico e digital.

A história da Audiodriver começou de forma contrária à da maioria das lojas em nosso setor, pois seu início foi no ambiente on-line e, com o sucesso obtido, decidiu-se abrir um ponto de venda físico, hoje localizado na cidade de Curitiba (PR).

jones socio

Jones, sócio-proprietário

Jones Paulo Luz, diretor executivo da Audiodriver, conta: “A ideia de abrir uma empresa no ambiente on-line surgiu em 2007, quando estava na faculdade de economia estudando mercados digitais. Após quase um ano buscando a compreensão do que era o comércio eletrônico e como poderia ingressar nesse universo, resolvi unir a paixão pela música com essa nova realidade. Na época deparei com a pequena adesão do varejo de instrumentos musicais ao e-commerce e percebi ser uma oportunidade, porém, era ainda muito jovem e não tinha recursos para começar uma empresa. Enquanto acumulava o capital para iniciar o negócio, aproveitei o ambiente universitário para estudar mais sobre o e-commerce e no início de 2010 eu e minha sócia Regina iniciamos a abertura da empresa. Hoje muita coisa mudou. Em 2018 passamos por uma reestruturação e redefinição do negócio e em 2019 houve a reestruturação do plano de negócios. Quase dez anos após a abertura, estamos cada vez mais conectados com a missão, a visão e os valores da Audiodriver.”

Foi assim que a loja física surgiu a partir do sucesso das vendas on-line. “Muitos de nossos clientes conhecem a loja pela internet e escolhem comprar na loja física. Hoje temos um público fiel que já conhece o nosso serviço e compra recorrentemente conosco. O desafio tem sido atrair um novo público. Para isso, estamos trabalhando para criar um ambiente aconchegante, agradável e de experimentação aos nossos clientes. A reinauguração vem com um novo projeto e alterações a fim de oferecer essa experiência.”

Pois é, aí vem a novidade para o 10º aniversário. Como parte da reestruturação do negócio, a Audiodriver reinaugurará sua loja física e relançará seu site em uma nova plataforma, moderna e atualizada. “Nesses dois ambientes faremos ações para comemorar os 10 anos da empresa. Nascemos originalmente como uma empresa on-line, porém, com as mudanças no mercado, vimos a necessidade de olhar para o físico e nos posicionar para entrar na era omnichannel.”

O que encontramos na loja

Tanto no ambiente digital quanto no físico, os clientes podem encontrar as principais marcas de instrumentos musicais, acessórios, áudio e vídeo, além de um pequeno mix de projetores e iluminação. Atualmente estão disponíveis mais de 50 marcas de diversos importadores e fabricantes, como Roland, Harman, Equipo, Sonotec, Pride, Marutec, Orion, Musical Express, Izzo, Habro, Oneal, PHX, ProShows, Someco, Santo Angelo, Vogga, Michael, Turbo Music, Tecniforte, Mac Cabos, Solez, NIG, RMV, Redburn, Núcleo Musical, Meteoro, Luen, Hering, Casio, Basso, dentre outras.

regina socia

Regina, sócia-proprietária

Marcas brasileiras no destaque

Nesse mix encontramos diversas marcas nacionais, como Oneal, Rozini, RMV, Krest, Orion, Hering, Tagima (linha Brasil), Giannini (Linha Brasil), Stay, Saty, ASK, Santo Angelo, Mac Cabos, Luen, NIG, Solez, Basso, JPG, J&N e Meteoro.

Jones contou que os clientes estão atentos não só à nacionalidade da marca, como também ao local de fabricação. “É mais vantajoso para as fabricantes levar o processo de produção para fora do País, mas algumas marcas, como a Rozini, resistem em manter a produção no Brasil e isso é valorizado pelo consumidor. Músicos experientes gostam da Rozini e escolhem continuar com a marca mesmo quando precisam fazer a troca de seus instrumentos. Outras marcas, como a Tagima, têm linhas específicas que são produzidas no País, e é crescente a preferência do consumidor por essas linhas que têm o selo de brasileiras. Além de cordas, marcas especializadas em pratos, como a Orion e a Krest, também têm ganhado relevância. No setor de áudio, podemos destacar a Oneal, que, além de ser uma marca brasileira, mantém sua fábrica no interior do Paraná.”

Relacionamento na frente

Junto com todo o seu amplo mix de produtos disponíveis, a Audiodriver oferece serviços de projetos e instalação de sistema de sonorização e pequenos serviços de luthieria.
“Acreditamos que a relação com o cliente deve ir além da oferta de produtos, por isso temos nos comprometido em buscar formas de agregar valor, tanto no on-line como no off-line. A implementação de valores, como o incentivo à educação, valoriza a melhoria contínua e provoca a busca incessante pela excelência, o que faz com que possamos oferecer o atendimento de uma equipe atenta e treinada para orientar o cliente na experiência de compra. Além disso, em nosso trabalho com o e-commerce, buscamos gerar conteúdo de qualidade ao cliente. Para isso, nossa equipe é formada por profissionais multidisciplinares engajados com a missão e os valores da empresa”, agregou.

Com o objetivo de incentivar o mercado local, nesses dez anos a loja tem oferecido diferentes workshops e treinamentos e, com a reinauguração do espaço físico, intensificará essas ações, porém com uma nova modelagem, buscando maior interação com o cliente.

Equipe diferenciada

loja física

Equipe na loja física

Outro ponto destacado da loja é a equipe que trabalha tanto no ambiente físico como no virtual. Jones detalha: “Passamos por uma ampla restruturação nos últimos meses: mudamos para um centro de distribuição muito maior, ampliamos o escritório e a loja física. Porém o que mais trabalhamos foi na formação de um time engajado e comprometido com a cultura organizacional de `foco no cliente e foco no resultado`. Vivemos em constante mudança e nosso time recebe e executa muito bem tudo o que é planejado. Um de nossos lemas é de que todos os nossos processos precisam visualizar o resultado que o cliente terá no final, para isso mudamos o tempo todo. Nossos colaboradores são estimulados com a busca de conhecimento e atualização contínua e respondem muito bem! E isso acontece em todos os setores: em nossa logística, financeiro, e-commerce, atendimento, loja física, compras. Como resultado temos a valorização do cliente. Hoje posso afirmar que a forma como fazemos negócios não é a mesma maneira que fazíamos há 6 meses e que certamente não será como faremos daqui a 6 meses, e isso é resultado do engajamento de nossa equipe.”

Estratégia de negócio

Jones explicou que entre 2017 e 2018 a empresa passou por um período de muita dificuldade. “Chegamos a poucos dias de finalizar a operação. Diante disso, os dois sócios e executivos da empresa observaram a necessidade de ampliar seu conhecimento e ingressaram em um programa de pós-graduação paralelamente à contratação de uma consultoria de processos e à elaboração de um planejamento estratégico para os próximos três anos. Nos últimos 18 meses já foram mais de 100 horas de consultorias e mentorias e um grande investimento em inovação de estrutura e processos. Como resultado, tivemos um amplo crescimento em 2019. Para os próximos anos vamos seguir com a implementação de todas as etapas do atual planejamento e a criação da nova estratégia de negócio”, adiantou.

Comentários