Shows do Bad Bunny levam iluminação da Elation

Designer Travis Shirley especificou novas luzes Proteus Rayzor Blade da Elation para a turnê mundial “Hottest Tour” do Bad Bunny.

Bad Bunny desfrutou de uma célebre turnê com ingressos esgotados no início deste ano e atualmente está repetindo o sucesso, desta vez atingindo estádios na América do Norte e do Sul com sua “World’s Hottest Tour”.

O designer de produção/show para a turnê é Travis Shirley, que está usando a nova luz linear Proteus Rayzor Blade da Elation Professional como um cavalo de batalha de efeitos no show. Com seu último álbum “Un Verano Sin Ti” quebrando recordes, as vendas de ingressos para a turnê dispararam com o superstar porto-riquenho se esgotando nos EUA. A etapa latino-americana começou em outubro.

Shirley trabalhou pela primeira vez com Bad Bunny em dezembro passado em dois shows de sucesso em Porto Rico. Após esse sucesso, ele foi convocado para começar o trabalho de design para a “World’s Hottest Tour”, uma jornada ambiciosa pelas Américas que foi lançada em 5 de agosto em Orlando. O fornecedor de iluminação para a turnê é a Christie Lites.

Pensamento criativo

Optando por uma cenografia clássica, Shirley decidiu deslocar as telas de LED para as laterais e usar as treliças que sustentam essas telas como elementos de decoração. Desta forma, as quatro estruturas do teto foram deixadas no meio do palco em frente à borda, iluminadas com Proteus Rayzor Blade pendurado verticalmente.

A iluminação utilitária adornava o palco superior e as laterais do palco para iluminação de lado e principal sobre o palco, banda e dançarinos, enquanto no lado do palco inferior, uma treliça vertical do comprimento dos postes, aproximadamente 70 pés, foi revestida com Proteus Rayzor Blade. “Cada treliça tinha duas fileiras de Rayzor de frente para a multidão, o que realmente vestia aqueles quatro postes e ajudava a iluminar e eletrificar a atmosfera. A quantidade extrema de potência em uma linha linear completa provavelmente não foi feita antes nessa magnitude.” Shirley usa 120 das versões de um metro de comprimento do Proteus Rayzor Blade no show.

Marcando a costa com Smarty

O design de Shirley foi baseado na arte de praia do álbum mais recente de Bad Bunny, e isso foi mostrado nos elementos criativos que o designer colocou na beira do palco, transformando a borda plana na costa oeste de Porto Rico.

“Eu sabia que precisava acentuar a borda personalizada do palco”, diz Shirley, “então coloquei um monte de luzes Proteus Smarty Hybrid em uma prateleira personalizada na parte inferior do palco, o que realmente ajuda a mostrar que essa parte não é uma borda plana tradicional, mas é literalmente a curvatura da costa oeste de Porto Rico.” Os movings híbridos são usados principalmente no modo beam para varrer o público ou apontar para cima para mostrar a forma única do palco costeiro. Às vezes, um prisma é inserido e vira as lâmpadas para trás para iluminar a frente das ilhas.

A turnê de primavera de Bad Bunny foi um enorme sucesso, vendendo 575.000 ingressos. Sua atual “World’s Hottest Tour” já ultrapassou esse número com datas marcadas até dezembro. A etapa dos EUA foi concluída em 1º de outubro, após dois shows no SoFi Stadium, em Los Angeles. A etapa latino-americana começou em 21 de outubro na República Dominicana.

  • Designer de produção/show designer: Travis Shirley
  • Designer de iluminação associado, programador chefe: Chris Smith
  • Diretores de iluminação: Krizia Velez & Menga Cruz

Fotos de Todd Kaplan 

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Música & Mercado
Logo
Registrar Nova Conta
Comparar itens
  • Compare Guitarras (0)
Comparar