ANAFIMA: Redução de impostos para instrumentos musicais, iluminação e áudio profissional

ANAFIMA: Redução de impostos para instrumentos musicais, iluminação e áudio profissional

por 15/03/2021

Após reunião com o Ministério da Economia, ANAFIMA – Associação Nacional da Indústria da Música – avança nos grupos de trabalho para desoneração do setor

A alteração de alíquota para a redução dos impostos de importação instrumentos, iluminação e áudio profissional tem sido tema de debate com as empresas membros da ANAFIMA nos últimos meses.

Recentemente, a associação uniu o setor para uma reunião com o Ministério da Economia para tratar do tema. “Os NCMs adequados para a desoneração já foram cuidadosamente escolhidos pelas empresas do setor, bem como os códigos e nomenclaturas que precisam ser alteradas”, explica Daniel Neves, presidente da ANAFIMA.

As empresas Yamaha, Harman do Brasil, Sonotec, Roland, Proshows, Casio, Izzo Musical, NIG/Rouxinol, Giannini, Contemporânea, Gope Percussion, Visão Musical, Eros, Tokai, Audio Technica, Shure do Brasil, GB Musical, Sennheiser, Solez, Rozini, PHX Instrumentos, Odery Drums, Pearl Drums, Staner, Luen Percussion, Golden/Eagle Guitars, Spanking, Takto, Dylan, Edifier entre outros participaram das reuniões com a ANAFIMA e posteriormente uniram em grupos de trabalho para a definição de detalhes.

Reuniao com ministerio da Economia

Ministério da Economia: reunião com ANAFIMA avança

Nesta semana a entidade terá mais cinco reuniões com os Grupos de Trabalho de cada segmento. “Uma das prioridades é respeitar o fabricante nacional, mas ao mesmo tempo ampliar o acesso ao equipamento musical no Brasil. Vale ressaltar o profissionalismo do Ministério da Economia e a forma prestativa que este atendeu nosso segmento”.

A ANAFIMA está aberta ao diálogo com demais entidades da área do áudio e instrumentos musicais para somar e constituir uma vitória uníssona. “É necessário deixar as bandeiras de lado. O interesse é muito maior do que os homens que tocam as associações. A hora é de unir”, conclui Neves.

GT Microfones

Grupo de Trabalho do setor de microfones e suportes

 

Grupo de Trabalho do setor de cordas e acessórios

Grupo de Trabalho do setor de cordas e acessórios

 

GT Percussao

Grupo de Trabalho do setor de bateria e percussão

Leia também: