8 tendências do mercado musical para 2022

Sinceramente, acredito que resiliência é o termo certo para descrever o momento que estamos passando, em especial no nosso ramo. O que mais acontecerá?

A loja física está com dificuldade em atrair clientes, até porque as pessoas estão com medo: medo de ficarem doentes, obviamente, medo de aglomerações, medo de experimentar instrumentos musicais, pela simples questão da contaminação, e por aí vai.

A loja virtual está sofrendo a ação de hackers: tempos atrás, grandes plataformas ficaram fora do ar por muitos dias pela ação massiva de hackers e programas que “derrubam” as páginas. 

Imagine o prejuízo que isso proporcionou para essas plataformas.

Também não podemos nos esquecer de que os distribuidores estão apelando, de forma surreal, para vender mais e mais: temos instrumentos musicais sendo ofertados em plataformas que vendem, basicamente, fraldas descartáveis.

Ou seja, há uma infinidade de situações e eventos que nos fazem crer que resiliência é, sem dúvida, a palavra que define o mercado de entretenimento, áudio, iluminação e instrumentos musicais!

Então, para que as nossas lojas físicas, virtuais e o e-commerce se mantenham competitivos, é interessante observar algumas tendências que o mercado global está apontando.

É claro que essas tendências significam adaptação, mudança radical na forma de atrair clientes e investimento na transformação digital.

Aqui vai minha lista

Algumas tendências que se encaixam muito bem para o nosso mercado:

  1. Foco em pessoas – é importante elaborar estratégias baseadas em pessoas, mesmo em se tratando de transformação digital. Os colaboradores precisam melhorar as suas habilidades digitais, potencializar o relacionamento entre eles (feedback) e, principalmente, deixar um canal aberto para que possam sugerir inovações para o seu negócio. Toda ideia nova, bem fundamentada, pode gerar inovações e avanços incríveis.
  2. Potencializar o monitoramento dos dados da empresa – a coleta de dados é fundamental para a tomada de decisão. Portanto, coletar, mensurar, armazenar, catalogar e interpretar os dados é condição primordial para o sucesso do seu negócio.
  3. Equilíbrio entre home office e trabalho presencial – ajustar a rotina, potencializar as operações e melhorar o contato com o cliente é fundamental para esta nova realidade. Você sabe quando esse tipo de problema de saúde vai acabar? Por isso, é bom estar preparado para um longo e tenebroso inverno, se isso acontecer. 
  4. Segurança cibernética – já comentei, logo no início, o problemão que plataformas grandes e famosas tiveram com a invasão de hackers. Fica a pergunta: quanto custa a violação de dados da sua loja? Segurança cibernética vai muito além da tendencia, é uma obrigação. Quem não se adequar vai sofrer, e sofrer muito!
  5. 5G – não vou me delongar, mas você já está preparado para o 5G? A sua loja está preparada para o 5G? Dados cada vez mais rápidos e precisos, controles acurados, ação instantânea de negociação entre a sua loja e o cliente, tudo isso vai ficar muito mais rápido e seguro.
  6. Saúde – a saúde física e mental se transformou na grande preocupação do momento, tanto das famílias e instituições de saúde quanto das empresas. Antigamente, alguém que chegasse à loja com uma simples gripe não gerava nenhum tipo de preocupação. Hoje, a pessoa é “convidada” a voltar para casa, se tratar e evitar o contato com outras pessoas. Planos de saúde mais flexíveis e ações organizadas dentro da empresa para monitorar os colaboradores na questão da saúde já são uma realidade. “Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa.”
  7. Varejo/e-commerce – a cada dia que passa somos atingidos por uma incrível sucessão de novidades sobre o varejo e sobre e-commerce. É saudável observar os bons resultados que ferramentas como live commerce podem proporcionar para o sucesso do seu negócio. Abrir espaço para lives que envolvam somente clientes interessados em determinado produto e esmiuçá-lo de forma completa é fantástico. Você abre caminho para vários negócios, envolvendo vários clientes, ao mesmo tempo. Uma guitarra com um visual e ferragens novas, por exemplo, pode gerar grande interesse em lives que focam os clientes aficionados por guitarra, por exemplo. Com piano, com sonorização, com teclados é a mesma coisa. Você atinge exatamente o cliente que quer conhecer especificamente aquele produto, aquela novidade. Nessa mesma linha está o marketplace. Quanto mais espaço você tiver nas redes, melhor o desempenho do seu negócio. Não imagine que somente a sua plataforma vá sustentar um processo tão gigantesco como é a venda pela internet. Amplie as suas parcerias; a nova forma de fazer marketing é por meio do marketplace.
  8. Apps – vejo pouquíssimos aplicativos que envolvam a venda de instrumentos musicais. Aplicativos de busca, de soluções, de acesso às assistências técnicas, de discussão e comportamento do mercado perante os novos lançamentos, todas essas maravilhas que vemos nos apps que ajudam vários setores do mercado.

Reparou?

As tendências para 2022 são inovadoras. Nunca imaginamos um cenário como este, em que você pode, de casa, efetuar mais vendas, mais negócios, do que se estivesse na loja física. Em casa, na tranquilidade do seu lar, você pode falar com diversos clientes ao mesmo tempo; melhor, fechar bons negócios de forma segura, ampla e eficaz. 

O mais interessante é que o processo de vendas, hoje, tem um acompanhamento que vai da saída da mercadoria do estoque, da logística, até a chegada à casa do cliente.

Tudo isso você acompanha da sua casa, da sua central de trabalho.

Eu, particularmente, estou encantado com todas as novidades que a internet está nos proporcionando. Diria que, com a pandemia, tivemos um avanço tecnológico de dez anos em um. 

Aproveite toda essa revolução para melhorar, ainda mais, o desempenho da sua empresa. A velha história: se a vida lhe der limões, faça uma limonada!

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe seu Comentário

Música & Mercado
Logo
Registrar Nova Conta
[arm_social_login]
Redefinir Senha
Comparar itens
  • Compare Guitarras (0)
Comparar