Software grandMA3 1.4.: novas características por 06/01/2021

A última versão 1.4 para grandMA3 foi lançada pela MA Lighting no final de 2020 e traz várias melhorias no fluxo de trabalho junto com novos recursos que mostramos aqui.

Esta versão 1.4 para grandMA3 da MA Lighting marca um grande passo na evolução do software de controle de iluminação e apresenta os novos conceitos de Recipes e MAgic (o conceito de interpolação de grade, ou “grid”, da MA).

A funcionalidade de seleção recursiva aprimorada oferece suporte a seleções de estrutura de árvore simples não apenas para aparelhos, mas para qualquer objeto. Os populares MAtricks foram expandidos de uma Ferramenta de Seleção para uma ferramenta de manipulação 3D completa para Fase, Velocidade, Fade, Delay e várias funções de Inverter Valor e Inverter Encoder. O MAtricks se integra à nova maneira de criar e ajustar Phasers. A interface de usuário simplificada, conhecida como Phaser Editor, está disponível diretamente na barra do codificador e agora contém um editor de etapas. Além de todos os Presets, os Programmer e Cue-Parts podem hospedar Recipes, uma forma criada para pré-organizar o show, mudar componentes e refazer partes individuais ou todo o show.

Além de uma janela 3D otimizada para melhor desempenho, existem diferentes modos de seleção para copiar qualquer seleção diretamente na visualização de grade (grid). Os aprimoramentos do seletor de cores para mistura de cores aditivas permitem o uso genérico de informações de cores GDTF para combinar as cores de diferentes tipos de aparelhos de iluminação.

Trabalhando no lado da reprodução, a manipulação de Sequences e Sequence Sheet foi aprimorada para fluxos de trabalho mais rápidos. E a funcionalidade de cópia aprimorada para Cues, Cue-Content e todos os outros objetos é útil para editar e ajustar posteriormente. Isso vai junto com todos os aprimoramentos do Timecode e do Timecode Editor para uma geração e edição muito mais fluidas do Timecode Show. Novos símbolos de eventos e acesso mais fácil aos marcadores de tempo permitem uma visão geral mais inteligente.

Protocolos recentemente implementados, como RDM, oferecem suporte a aprimoramentos de fluxo de trabalho para turnês de concertos e instalações fixas.