Loja da Carneiro em Cachoeiro perde estoque devido às chuvas por 27/01/2020

A loja da Carneiro Instrumentos Musicais localizada em Cachoeiro de Itapemirim-ES ficou alagada por causa das fortes chuvas na região.

A Carneiro Instrumentos Musicais possui seis lojas no Espírito Santo, um dos estados que está passando difíceis consequências  devido às fortes chuvas nos últimos dias.

Como poderão ver nas fotos, a loja localizada em Cachoeiro de Itapemirim ficou totalmente alagada e perdeu grande parte do mix de produtos que estava em exposição.

 

 

A força d’agua foi tanta que as portas de metal cederam e a água entrou no local, alagando não só a superfície mas também arrastando instrumentos e outros equipamentos para o exterior da loja.

“Estamos trabalhando para reabrir e tentar, de alguma forma, voltar à nossa rotina após tamanha tragédia ocorrida,” disse o comunicado oficial da loja através da sua conta de Facebook.

“Nosso foco agora é, sem dúvida, trabalhar para a reabertura da operação, ainda sem prazo definido,” agregou Fabrício C. Dias, diretor comercial da Carneiro Instrumentos Musicais, que preferiu não falar sobre o valor em dinheiro das perdas.

Outras lojas na região foram atingidas, como a Citron Instrumentos Musicais e outras menores em distintas cidades.

Bruno, funcionário da loja da Citron em Cahoeiro de Itapemirim, disse: “A enchente foi realmente muito forte e assustadora. A maior da cidade. Muitos perderam tudo. Uma de nossas lojas foi atingida – temos duas na cidade. Água até o teto, porém havíamos tirado todos os produtos da loja e colocado no estoque, que fica no andar superior.”

Todo o estado ainda se encontra em estado de alerta máximo, apesar de que a tempestade subtropical Kurumí tenha se afastado para o oceano. A previsão meteorológica indica que as chuvas podem voltar a partir de hoje, terça-feira 28/01.

Segundo dados encontrados na internet, mais de 60 mil pessoas continuam desalojadas ou desabrigadas em Espírito Santo, com 69% das cidades capixabas afetadas.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Comentários