EDUCAÇÃO: Série de livros para auxiliar professores a ensinar música

EDUCAÇÃO: Série de livros para auxiliar professores a ensinar música

por 11/08/2014

Conheça ‘Primeiras Notas – A Música na Sala de Aula’, uma série de livros didáticos voltados ao ensino musical para auxiliar professores na educação musical

Para tornar real a experiência da música em sala de aula de maneira acessível à compreensão de todos, a Lybbro Editora apresenta a série “Primeiras Notas – a música na sala de aula”. Com uma organização didática funcional, o conteúdo dos livros tem base nos Parâmetros Curriculares Nacionais e nas disposições contidas na Lei 11.769/08, que obriga todas as instituições de ensino a oferecerem aulas de música no Ensino Fundamental.

A lei alterou o artigo 26 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, ao qual foi inserido o parágrafo 6 que diz: “A música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, da disciplina de Arte”. Desde 2011 as escolas já deveriam ter se adaptado a essa nova realidade, mas na prática a maioria dos alunos brasileiros ainda não tem aulas de música nas escolas públicas ou particulares.

Onde a música nas escolas já é uma realidade?

Em alguns municípios do Brasil, a música nas escolas já é uma realidade. É o caso de Barra Mansa-RJ (Projeto Música nas Escolas, método Suzuki), Ilhabela-SP (Projeto de capacitação musical aos professores de arte desde 2010), Mogi das Cruzes-SP (Projeto “Tocando, cantando, fazendo música com crianças”), Barueri-SP e outros. As escolas municipais de Barueri já utilizam a série “Primeiras Notas”.

Mas qualquer professor pode dar aula de música? E o músico, sem formação pedagógica, pode lecionar na escola?

Para um dos autores Marino S. Pozzi, se um pedagogo sem formação específica não pode lecionar música, um músico não pode exercer a profissão de professor na educação infantil ou no ensino fundamental sem ter formação pedagógica. “Os pedagogos demandam de formação específica para lecionar música e os músicos precisam de formação pedagógica para tal, em qualquer nível”, comenta.

Enquanto uma solução comum não vem à tona, e, principalmente, enquanto questões de ordem pública não são solucionadas, a Lei não vem sendo cumprida possivelmente na maior parte do território nacional, e a maioria dos alunos brasileiros continua longe da oportunidade de desenvolver a linguagem musical.

Despertando o interesse pela música

Os autores da série “Primeiras Notas” detectaram os conceitos musicais introdutórios e básicos e os decodificaram de forma lúdica e didática, tornando-os acessíveis à compreensão dos alunos e professores, por meio de atividades experienciais, para que os alunos possam sentir as vibrações sonoras e por meio delas expressar seus sentimentos, enriquecendo sua experiência e expandindo seu aprendizado.

Os conceitos dos livros servem de base para o entendimento da teoria musical, e, principalmente aguçam o encantamento com a linguagem musical, o que é fundamental para despertar o interesse posterior pelo estudo aprofundado da música.

Primeiras notas

De forma lúdica e através de ilustrações divertidas, os autores propõem descontraídas brincadeiras com os sons provocando um ar de entretenimento em sala de aula, com isso os alunos acabam aprendendo, na prática, a diferenciar os sons graves dos agudos, aguçam o ouvido para perceber os timbres e intensidades, noções de ritmo, melodia, entre outros conceitos.

Quanto à estrutura e organização dos livros, os autores selecionaram um único conteúdo, apresentado em quatro tratamentos pedagógicos diferentes, aplicáveis aos respectivos ciclos educacionais.

As atividades propostas pela série de livros correspondem a 25% da carga horária referente à disciplina de Arte, não requer conhecimentos aprofundados de teoria musical por parte do corpo docente nem a utilização de instrumentos musicais. Desta forma, os professores podem aplicar o conteúdo em aulas quinzenais ou em um só bimestre, destinando a carga horária restante para as outras três linguagens da disciplina de Arte (Artes cênicas, visuais e dança).

Treinamento e capacitação dos professores

Os autores da série “Primeiras Notas desenvolveram uma metodologia de capacitação com a finalidade de preparar o educador para a mediação do processo de aprendizagem musical. A editora oferece capacitação específica para o corpo docente que for utilizar o material fornecendo os subsídios práticos e teóricos exclusivos para a aplicação das lições.

A psicopedagoga Isabel Parolin explica que os autores da obra convidam os professores a trazer à sala de aula não só um modo de ensinar música, mas uma forma de percorrer os caminhos da musicalização e da arte de diferenciar timbres, tons e ritmos. “Acredito que isso é o que se espera das aulas de música na escola: uma experiência com um mundo que tem um código próprio e que os educadores tornem essa arte acessível à compreensão de todos”, acrescenta.

Serviço

Primeiras Notas – a música na sala de aula: livro 1, 2, 3 e 4 (livro do aluno)
Primeiras Notas – a música na sala de aula: livro 1, 2, 3 e 4 (livro do professor)
Autores: Irineu Rodrigues Filho, João Batista Santana, Marino Salvatore Pozzi e Tarcísio Edson César
Ilustradora: Pryscila Vieira
Lybbro Editora

Mais informações

contato@lybbro.com.br
www.lybbro.com.br