Dicas para ter o próprio negócio em 2016

Dicas para ter o próprio negócio em 2016

por 21/03/2016

Especialista afirma que o segredo está na dedicação e na coragem para empreender. Saiba mais com estas perguntas rápidas!

Em algum momento da vida profissional, toda pessoa já pensou em colocar um sonho em prática e se tornar dono da própria empresa. E por que não aproveitar o atual cenário econômico do País para se reinventar e dar vida ao desejo de ser um empreendedor de sucesso?

Claudio Eschecolla, diretor-geral do Grupo Hoken, tem cinco dicas para quem quer tirar o plano do negócio próprio do papel neste ano.

Qual seria o primeiro passo?

Pesquisar e entender o setor em que deseja atuar. Antes de decidir investir em um negócio, é importante pesquisar bastante a área de atuação, o perfil dos clientes que serão atendidos e os produtos oferecidos. Entendendo esses aspectos, você terá mais facilidade em visualizar o segmento com que mais se identifique. Em 2016, o cenário de instabilidade econômica deve prosseguir, por isso, é necessário buscar oportunidades para empreender em setores que mantêm o crescimento, a estabilidade e a demanda, apesar das influências do mercado.

Claudio Eschecolla, diretor-geral do Grupo Hoken

Claudio Eschecolla, diretor-geral do Grupo Hoken

É importante desenvolver o espírito empreendedor?

É fundamental que você perceba se tem as características necessárias para ser um empreendedor, como dedicação, comprometimento e facilidade para lidar com público. Além disso, ser empreendedor significa buscar sempre alternativas de realizar uma mesma atividade de maneiras diferentes, encontrando oportunidades para atender às necessidades dos clientes que ainda não foram supridas. Empreender é um processo constante de aprendizado e desenvolvimento.

Quanto tempo devemos dedicar à nossa atividade?

Certamente dedicação em tempo integral. Acreditar que por ser dono do próprio negócio terá mais tempo livre e liberdade para ir ao trabalho apenas quando desejar é uma ilusão. Como diz o ditado, é o olho do dono que garante o sucesso da empresa, ou seja, você precisará ficar atento a todos os detalhes do serviço/produto oferecido e ainda garantir que seus funcionários estejam engajados e comprometidos com a operação. Você sempre terá trabalho, mas é gratificante colher os frutos da sua dedicação e ainda ver seu investimento dar resultado.

Poderíamos dizer que planejar e estabelecer metas seria a segunda ação a seguir?

Com certeza! Se você já tem em mente o tipo de negócio que deseja ter e está disposto a se dedicar para transformar seu sonho em realidade, o próximo passo é estabelecer o planejamento para que sua empresa possa superar com sucesso o processo de maturação — fase em que a companhia está se estabelecendo no mercado e buscando o equilíbrio financeiro. Mais do que se preparar para o futuro, essa etapa é fundamental para que você possa enxergar com clareza os objetivos buscados e corrija a tempo os possíveis desvios de rota.

Que outro conselho você daria?

Invista em networking e seja otimista. Costumo dizer que o segredo do sucesso em uma companhia está em “dar as mãos” para que o trabalho gere frutos. Ou seja, além de desenvolver o espírito de equipe internamente, para que todos — desde os donos até os funcionários — sejam comprometidos com o crescimento da empresa e enxerguem o impacto dos resultados em seu desenvolvimento como indivíduo, também é fundamental a habilidade em estabelecer e motivar as conexões com pessoas do segmento, como fornecedores, concorrentes e parceiros comerciais.