CBorges disponibiliza Suhr Guitars no mercado brasileiro por 22/12/2020

As guitarras personalizadas da Suhr estão disponíveis em nosso país por meio da CBorges, junto com amplificadores, pedais e captadores feitos nos EUA. Conheça mais a seguir.

A Suhr é uma marca americana. Suas guitarras, amplificadores, pedais e captadores são feitos em Lake Elsinore, Califórnia, por John Suhr e sua equipe de luthiers e artesãos, com uma experiência coletiva na construção de guitarras que se estende por décadas — muitos dos construtores trabalham com John há mais de 20 anos.

É importante saber que John Suhr começou sua carreira de construtor há mais de 35 anos, tocando com amigos em bares e fazendo seus próprios instrumentos para obter o som exatamente como desejava. 

As guitarras e amplificadores são feitos à mão, seguindo altos padrões de qualidade, com extrema atenção aos detalhes, unindo a habilidade de artesãos experientes, o conhecimento tecnológico e o trabalho árduo de funcionários dedicados.

Nos anos 1980, John trabalhou para Rudy Pensa no Rudy’s Music Stop em Nova York, onde nasceram as guitarras, usadas por músicos como Mark Knopfler, Eric Clapton, Peter Frampton, Lou Reed e Eddie Martinez (Robert Palmer), por só nomear alguns. 

Como realmente gostava do design de amplificador valvulado, John deixou Nova York para trabalhar com Robert Bradshaw em 1991, quando projetou os pré-amplificadores valvulados CAA 3+ e 3 + SE e CAA OD100. Quatro anos depois, ele voltou ao mundo das guitarras e aceitou um emprego como construtor principal sênior na Fender Custom Shop, fazendo guitarras personalizadas sob encomenda e atuando no desenvolvimento de novos produtos.

John Suhr, construtor e fundador da empresa

Foi em 1997 que ele decidiu abrir sua própria fábrica de guitarras personalizadas por encomenda, controlando todo o processo de construção.

Toda essa introdução é para explicar o tipo de produtos que estão disponíveis no mercado brasileiro desde 2019 por meio da CBorges. O reconhecimento e a presença da Suhr e seus designs personalizados estão crescendo no mundo todo. Quer saber por quê? Elton Borges do Nascimento, diretor da ONE Electronics (filial da Borges nos EUA) e Justin Shekoski, gerente de Marketing e Relações com Artistas da Suhr, explicam nesta entrevista.

M&M: A CBorges começou a distribuição oficial da Suhr em 2019. Como foi divulgar a marca no meio da pandemia?

Elton: Sim, começamos a distribuir os produtos da Suhr em 2019. Quando a pandemia começou,  já tínhamos disponíveis vários itens para venda, tanto guitarras quanto amplificadores, pedais, captadores e os famosos simuladores de gabinete com reactive load. Com a força que a marca Suhr tem mostrado no mercado mundial, alavancada pela qualidade, acabamento e atenção aos detalhes na construção dos seus produtos, a tarefa de divulgar a marca no meio da pandemia foi menos árdua do que pensávamos.

M&M: As guitarras já estão disponíveis no Brasil?

Elton: Por conta do prazo de entrega um pouco mais extenso, já que as guitarras Suhr são feitas artesanalmente, é difícil manter um estoque delas. Mas ainda temos alguns modelos para pronta entrega, tais como o Classic S, que nasceu em 2018 e conta com um braço vintage estilo 1960 com diapasão em rosewood ou maple, seis opções de acabamento e captadores HSS ou SSS.

M&M: E os amplificadores?

Elton: Sim, além das guitarras, também os amplificadores da Suhr são reconhecidos pelo seu timbre excepcional. Já tivemos disponíveis modelos como o Bella, o Badger e o Peter Thorn PT15 I.R., sendo esse último um amplificador com Impulse Response já embutido para saída direta para gravação à mesa de som. Um amp fantástico! Além das guitarras e dos amplificadores, a Suhr também fabrica pedais, captadores, simuladores de gabinete com reactive loads (um dos modelos já com Impulse Responses embutidos e possibilidade de carregar seus próprios I.R.), buffers e muito mais. Pedais de guitarra como Riot, Shiba Drive e Eclipse caíram no gosto dos guitarristas por seu timbre e flexibilidade.

M&M: A Suhr está em alta no mercado de guitarras, certo? Qual o diferencial dessas guitarras?

Elton: Sim, a Suhr é a marca do momento no mundo das guitarras! Atribuímos o grande sucesso da Suhr tanto no Brasil quanto no mundo à paixão da marca pela fabricação de instrumentos com timbre, acabamento, hardware e eletrônica que saem do padrão de instrumentos de linha e entregam, a cada guitarrista que adquire uma Suhr, um instrumento Custom Shop. Inclusive o guitarrista pode encomendar a sua Suhr com as especificações que desejar. É preciso aguardar um prazo para a fabricação do instrumento customizado, mas já pensou em ter uma Suhr exclusiva?

M&M: Conte sobre a distribuição no Brasil.

Elton: Já estamos trabalhando com algumas revendas pelo Brasil, mas abertos a negociar com novas revendas e aumentar ainda mais o alcance da Suhr em nosso país. Estamos trabalhando mais estreitamente com a fábrica para fortalecer ainda mais a Suhr no Brasil. Estamos confiantes de que, com o fim da pandemia e o reaquecimento do mercado como um todo, possamos executar ações físicas que trarão grande impacto ao mercado. 

Mesmo assim, já estamos colhendo ótimos frutos dessa parceria com a Suhr. Temos em nosso time de parceiros empresas sempre atentas à qualidade e à confiabilidade de seus produtos. PreSonus, RCF, Marshall, Lewitt, Audix, entre outros grandes players do mercado da música fazem parte da nossa rede de distribuição, e agora se uniu à CBorges a marca mais comentada e elogiada dos últimos anos: a Suhr Guitars!

M&M: Conte sobre a parceria da Suhr com o guitarrista brasileiro Mateus Asato. 

Justin: Em 2013, Mateus Asato recebeu sua primeira guitarra Suhr Classic Antique. Mal sabíamos na época que ele viria a se tornar um dos guitarristas mais inspiradores e requisitados do mundo. Ele já se apresentou com artistas como Tori Kelly e Jesse J, só para citar alguns.

A Suhr criou três guitarras exclusivas para Mateus, que atualmente estão disponíveis para encomenda. Ao longo dos anos de trabalho conjunto, John aprendeu os meandros da forma de tocar de Mateus e seu tom, e usou esse conhecimento para projetar o captador humbucker do guitarrista, o Asatobucker. Mais recentemente, John e Mateus se uniram novamente para projetar um conjunto de captadores para a mais nova guitarra signature do músico: a Classic T.

Esses novos captadores são chamados de M.A.T., para ponte e braço, e vêm instalados na Mateus Classic T. O futuro é muito promissor para Mateus e nós, da Suhr, estamos extremamente felizes em apoiar e colaborar com um artista tão incrível.

Elton: Sem sombra de dúvida, a Suhr Mateus Asato é o modelo de maior destaque da marca. Essa obra de arte que leva o nome do virtuosíssimo guitarrista brasileiro Mateus Asato é a nossa maior aliada na divulgação e fortalecimento da marca no Brasil.