Festa Nacional da Música em Porto Alegre

Festa Nacional da Música em Porto Alegre

por 11/01/2017

Em 2016, a Festa Nacional da Música foi realizada em Porto Alegre. Foram dez dias com muitas atrações e mudanças que continuarão em 2017

Depois de mais de três décadas em Canela, a Festa Nacional da Música voltou para Porto Alegre, onde nasceu no início dos anos 80. A dimensão do evento tornou a mudança inevitável para o seu crescimento.

Gustavo Victorino (FOTO - Jackson Ciceri)

Gustavo Victorino (FOTO – Jackson Ciceri)

Como toda a mudança, ela exigiu ajustes e certamente as próximas edições terão ainda mais mudanças significativas na logística e na estrutura dos espetáculos.

A Festa 2016 manteve o sucesso e a frequência das edições anteriores, com a participação de centenas de artistas e profissionais ligados à produção musical. O incremento mais significativo foi a participação popular nos shows e eventos gratuitos espalhados por toda a cidade durante os dez dias (de 9 a 19 de outubro) da sua realização.

Pelos números oficiais da prefeitura, a soma chegou a mais de 200 mil pessoas participando diretamente do evento em praças, teatros e palcos montados pela cidade de Porto Alegre.

Dentre as atrações, houve as mais variadas propostas de música brasileira. De Marina à Turma do Pagode, de Ivan Lins a Mumuzinho, de Frejat à Alcione, de Paula Fernandes a Mr. Catra, todos participaram e interagiram com centenas de outros artistas de diversos segmentos e regiões do País.

Exposição de instrumentos e áudio

Além dos shows, o evento contou com uma exposição de instrumentos musicais e produtos de áudio no Hotel Plaza São Rafael. Gustavo Victorino, produtor executivo da Festa, explica: “O evento não tem a proposta de uma feira comercial e, por conta disso, a mostra de instrumentos tem um caráter voltado ao relacionamento e ao merchandising direto. São poucas as empresas convidadas e elas fazem do local um ponto de encontro de músicos e produtores, que ali discutem e conhecem as novidades das marcas e com elas firmam parcerias”.

Em 2016, a Casio, a Harman e a Sonotec foram as empresas convidadas, sendo que as duas últimas trouxeram suas muitas marcas para a mostra e os palcos do evento.

Homenagem para a Casio

Em 2016 a Casio recebeu uma bela homenagem e um prêmio durante o evento. A empresa participa da Festa Nacional da Música há cinco anos e durante esse período conquistou uma significativa fatia do mercado brasileiro de teclados profissionais.

Conhecida por sua múltipla linha de produtos, a empresa japonesa sacudiu o segmento de pianos elétricos e sintetizadores com inovação e um marketing agressivo e profissionalizado. “Ao lado da qualidade dos seus produtos, a Casio trouxe também um novo referencial de preços para determinados segmentos e fez por merecer a lembrança dos artistas que opinam e sugerem homenageados. A Casio virou uma nova paixão para pianistas e tecladistas brasileiros”, comentou Gustavo.

captura-de-pantalla-2017-01-11-a-las-18-15-26