VIDA DE LOJISTA: Uma loja do Catete

VIDA DE LOJISTA: Uma loja do Catete

por 13/05/2011


Localizada no bairro do Catete, Rio de Janeiro, RJ, a Válvula Lúdica é uma loja de músicos para músicos. Com oito anos na estrada, diferencia-se pela proximidade dos sócios com produtos e clientes, que podem se sentir em casa

Por Itamar Dantas

Cláudio Renato Dias, o Claudinho, é guitarrista e violonista desde a adolescência. Técnico em eletrônica, trabalhou durante muitos anos com informática, automação bancária e operação de áudio e vídeo. Apaixonado por música desde sempre, em 2000 entrou para a faculdade de produção musical, e os planos de trabalhar profissionalmente com música se tornaram mais concretos.

Em 2002, ele atinou: “Queria estar cercado por instrumentos musicais”, lembra. E resolveu montar a loja. Para dar início ao negócio, chamou Renato Yotti, gaitista da banda que tiveram juntos, a Alma Lúdica, e amigo de longa data, que topou o desafio.

Juntos, resolveram abrir a loja no Catete, bairro de classe média do Rio de Janeiro. Ainda não havia nenhuma loja do gênero na região. “Eu tinha de me deslocar até o centro da cidade para comprar encordoamentos, por exemplo”, conta Cláudio.

Primeiros problemas

Para a dupla, o principal desafio no início do negócio foi manter as contas em dia. Segundo Claudinho, a relação com os fornecedores nacionais se dá melhor do que com os importados. “Alguns fornecedores dificultam um pouco as coisas para quem não é de grande porte. Acontece mais com os importados. Outros têm a visão de que, mesmo quem compra um pouco no início, pode vir a ser um grande comprador no futuro. Hoje tenho representantes que são bons amigos.”

A primeira filial da Válvula Lúdica ficava em uma sala do terceiro andar de um prédio misto — residencial e comercial. E, segundo o empresário, isso deu à loja um caráter mais intimista, que ainda hoje atrai muitos clientes, pois apesar de eles terem mudado para um espaço bem maior dentro de uma galeria, a proximidade com os clientes persistiu. “Isso moldou o perfil da loja. Os clientes batem papos com a gente e interagem entre si. Muitos músicos se conheceram na loja e hoje tocam juntos, ou indicam trabalhos uns para os outros. Enfim, o ambiente não é apenas comercial, acontece também o convívio humano”, orgulha-se.

Os produtos como diferencial

Inexperientes no começo, eles queriam ter um mix de produtos completo, em que o músico pudesse encontrar todas as suas necessidades. Mas não foi possível. Tiveram de direcionar as compras para a loja. “Nem as maiores lojas têm tudo. É inviável. Acho saudável para o mercado que haja lojas específicas. É bom para o consumidor e para os lojistas. Como sou guitarrista e violonista, e meu sócio é gaitista, demos preferência a esses instrumentos. Hoje trabalhamos com muitos produtos, mas é preciso estar sempre atento às tendências.” Em 2010, por exemplo, ele destaca a boa maré de vendas dos afinadores eletrônicos.

A loja também trabalha com serviços, oferecendo aos clientes reparos em guitarras e amplificadores, e vende discos de vinil. Como não possuem funcionários, os sócios se revezam para atender e realizar as outras demandas do estabelecimento. Na internet, a empresa possui o site valvulaludica.com.br, onde se pode encontrar os principais produtos e serviços prestados pela loja. O MSN é administrado pelos sócios durante o horário de funcionamento.

Perfil

Nome da Loja: Válvula Lúdica Instrumentos e Serviços Musicais Ltda.
Ano de Fundação: 2002
Proprietários: Cláudio Renato Dias/Renato Girão Yotti
Endereço da loja: Rua Corrêa Dutra, 99, lj. 4 – Catete – Rio de Janeiro, RJ
Telefone: (21) 3826-2473
Área da loja: 35 m2

Site: valvulaludica.com.br
MSN: [email protected]