Vandoren: centenária com espírito jovem

Vandoren: centenária com espírito jovem
março 27 13:38 2007

Vandoren, uma das mais tradicionais empresas do mundo no segmento de acessórios vai comemorar seus 100 anos com muitas surpresas

Comemorando seu centenário, a Vandoren deve trazer novidades em 2007 e o mercado brasileiro faz parte dos planos da empresa. “É um país muito dinâmico”, aponta o gerente comercial Emmanuel Tonnelier. Fundada em 1905 na sala de jantar do clarinetista Eugene Van Doren que, mais tarde, se uniu a Robert Van Doren, a Vandoren foi uma das pioneiras no mercado de acessórios.

Emmanuel_Tonnelier-SEm 1935, por exemplo, criou a famosa boquilha 5RV e, pouco a pouco, os produtos da marca, especialmente a linha para clarinete, foram se tornando referências no mercado. Em 1967, com a chegada de Bernard Van Doren, que herdou o talento mecânico do pai, a companhia se expandiu em dois caminhos: a modernização da fábrica e dos processos produtivos, com controle de qualidade de todo o maquinário; e o desenvolvimento de novos produtos, incluindo os voltados para saxofonistas de jazz.

Música & Mercado: Quais são as metas da Vandoren para este ano?
Emmanuel Tonnelier:  Lançaremos uma série de produtos em 2007, principalmente boquilhas para saxofone. Mas a grande novidade são os Flow Packs, em toda linha de palhetas. Trata-se de um novo sistema de embalagens que evita danos ao produto causados pela variação de umidade durante o transporte ou estocagem, por exemplo.

Como o senhor vê a concorrência com os produtos asiáticos?
As fabricantes chinesas de palhetas e boquilhas buscam hoje, acima de tudo, se consolidarem em seu próprio mercado. A Vandoren tem vendido cada vez mais para a Ásia, incluindo a China, graças à qualidade de seus produtos.

Como o senhor avalia a participação da Vandoren no mercado latino-americano?
A empresa tem uma grande preocupação em desenvolver novos mercados na Ásia e na América do Sul. Tentamos fazer o máximo possível para impulsionar esse cenário. Notamos, por exemplo, que o mercado brasileiro vem crescendo muito, é um país muito dinâmico e isso nos entusiasma.

Leia também:  Caballero Music apresenta atacado com nova visão

Leia também:

Como é a política de distribuição da empresa?
Tentamos fazer o melhor para ajudar nossos distribuidores, fornecendo catálogos e informações em seu próprio idioma. Temos oportunidades constantes de encontrá-los na França, no seu próprio país e em eventos internacionais como a NAMM, nos Estados Unidos, ou na MesseFrankfurt, na Alemanha. Mas o distribuidor é sempre o mais qualificado para avaliar o mercado local, as lojas e músicos, onde exibir os produtos e inserir anúncios.

Como a empresa define a estratégia de lançamento de novos produtos?
É sempre um lançamento mundial. Não produzimos para nenhum mercado específico, exceto se houver razões técnicas, caso da Série 13 de boquilhas para clarinete, feitas principalmente para o mercado americano. Vivemos em um mundo de comunicação, e os músicos têm gostos comuns em qualquer lugar.

Números e fatos da Vandoren

Presente em mais de 100 países. Tem como mercados mais importantes hoje a América do Norte, o Japão e a Europa. Os itens para clarinete são os mais vendidos da marca. Mas os acessórios para sax, nas linhas clássica e jazz, apontam crescimento.

 

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles